1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As 120 grandes obras da Literatura Brasileira

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por imported_Rafaela, 25 Mai 2010.

  1. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Pesquisando no site do Museu da Língua Portuguesa para fazer um relatório (ok, copiar um relatório) encontrei esse texto. para fazer o download é só acessar o link do site.

    As 120 grandes obras da Literatura Brasileira
    Autor:Alfredo Bosi

    Que tal uma lista com as 120 grandes obras da Literatura Brasileira? O professor e acadêmico Alfredo Bosi listou os livros obrigatórios para qualquer um interessado em se aprofundar em nossa língua e cultura.

    Para baixar, clique
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Isso me lembra que eu preciso ler um pouco mais de Literatura Brasileira.
     
  3. kirah

    kirah Usuário

    Puxa, não li nem metade dessa lista e já achava o bastante....:timido:
     
  4. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Preciso ler mais literatura brasileira. Fato.

    Não consegui acessar a lista, tá dando erro ¬¬
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]É verdade, está dando erro mesmo. Não tem como copiar ou ver se há permissão para copiar de lá e colocar aqui?[/align]
     
  6. Excluído044

    Excluído044 Banned

  7. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Ih gente, não dá mais para entrar! :( Quando entrei o pc que eu estava usando não deixava gravar e esqueci de copiar, sorry!
     
  8. -Arnie-

    -Arnie- Usuário

    Achei em outro site.




    A Lista

    1.1 Colônia – séculos 16, 17 e 18.

    01. Pero Vaz de Caminha - Carta a Dom Manuel (1500)
    02. José de Anchieta - Autos e Poesias (1550)
    03. Padre Manuel da Nóbrega - Cartas (1553)
    04. Gabriel Soares de Sousa - Tratado descritivo do Brasil (1587)
    05. Bento Teixeira - Prosopopéia (1601)
    06. Frei Vicente do Salvador - História do Brasil (1627)
    07. Padre Antônio Vieira - Sermões (1638-1695)
    08. Gregório de Matos - Poesias – (1680)
    09. Manuel Botelho de Oliveira - Música do Parnaso (1705)
    10. Antonil (pseudônimo de João Antônio Andreoni) - Cultura e opulência do Brasil

    (1710)

    11. Nuno Marques Pereira - Compêndio narrativo do Peregrino da América (1718)
    12. Academia Brasílica dos Esquecidos (1724) e Academia Brasílica dos Renascidos

    (1759)!

    13. Cláudio Manuel da Costa - Obras poéticas (1768)
    14. Basílio da Gama - O Uraguai (1769)
    15. Fr. José de Santa Rita Durão - O Caramuru (1781)
    16. Tomás Antônio Gonzaga - Cartas chilenas (1789?)
    17. Tomás Antônio Gonzaga - Marília de Dirceu (l792)
    18. Domingos Caldas Barbosa - Viola de Lereno (1798)
    19. Silva Alvarenga - Glaura (1799)

    1.2 Século 19 – Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Simbolismo

    20. Gonçalves de Magalhães - Suspiros poéticos e saudades (1836)
    21. Martins Pena - O juiz de paz na roça (1838-1842)
    22. Joaquim Manuel de Macedo - A moreninha (1844)
    23. Gonçalves Dias – Primeiros Cantos (1846)
    24. Gonçalves Dias – Segundos Cantos e Sextilhas de Frei Antão (1848)
    25. João Francisco Lisboa - Jornal de Timon (1852-1854)
    26. Álvares de Azevedo - Obras (1853-1855)
    27. Francisco Adolfo de Varnhagen - História geral do Brasil (1854-1857)
    28. Junqueira Freire - Inspirações do claustro (1855)
    29. Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de milícias (1855)
    30. José de Alencar - O Guarani (1857)
    31. José de Alencar - O demônio familiar (1858)
    32. Luís Gama - Primeiras trovas burlescas (1859)
    33. Casimiro de Abreu - Primaveras (1859)
    34. Tavares Bastos - Cartas do Solitário (1862)
    35. Fagundes Varela - Cântico do Calvário (1865)
    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    37. Corpo-Santo - Comédias (1866)
    38. Sousândrade - O Guesa (1867-1884)
    39. Castro Alves - Vozes d’África, O navio negreiro (1868)
    40. Castro Alves - Espumas flutuantes (l870)
    41. Visconde de Taunay – Inocência (1872)
    42. Machado de Assis - A mão e a luva (1874)
    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    44. Bernardo Guimarães - A escrava Isaura (1875)
    45. Machado de Assis - Iaiá Garcia (1878)
    46. Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    47. Machado de Assis - Papéis avulsos (1882)
    48. Joaquim Nabuco - O Abolicionismo (1883)
    49. Raimundo Correia - Sinfonias (1883)
    50. Raul Pompéia - O Ateneu (1888)
    51. Olavo Bilac - Poesias (1888)
    52. Sílvio Romero - História da Literatura Brasileira (1888)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    54. Machado de Assis - Quincas Borba (1891)
    55. Cruz e Sousa - Broquéis (1893)
    56. Rui Barbosa - Cartas de Inglaterra (1896)
    57. Artur Azevedo - A Capital Federal (1897)
    58. Joaquim Nabuco - Minha formação (1898)
    59. Alphonsus de Guimaraens - Dona Mística (1899)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)

    1.3 Século 20

    61. Euclides da Cunha - Os Sertões (1902)
    62. Rui Barbosa - Réplica às defesas de redação do Projeto do Código Civil (1902)
    63. Graça Aranha - Canaã (1902)
    64. Cruz e Sousa - Últimos sonetos (1905)
    65. Capistrano de Abreu - Capítulos de história colonial (1907)
    66. Vicente de Carvalho - Poemas e canções (1908)
    67. Augusto dos Anjos - Eu (1912)
    68. Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    69. José Veríssimo - História da literatura brasileira (1916)
    70. Monteiro Lobato - Urupês (1918)
    71. Valdomiro Silveira - Os caboclos (1920)

    1.4 (Modernismo)

    72. Mário de Andrade - Paulicéia desvairada (1922)
    74. Manuel Bandeira - Ritmo dissoluto (1924)
    75. Oswald de Andrade - Memórias sentimentais de João Miramar (1924)
    76. Oswald de Andrade - Pau-Brasil (1925)
    77. Guilherme de Almeida - Raça (1925)
    73. Simões Lopes Neto - Contos gauchescos (1926)
    78. Alcântara Machado - Brás, Bexiga e Barra Funda (1927)
    79. Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    80. Cassiano Ricardo - Martim-Cererê (1928)
    81. Manuel Bandeira - Libertinagem (1930)
    82. Carlos Drummond de Andrade - Alguma poesia (1930)

    1.5 (Depois do modernismo)

    83. Raquel de Queirós - O Quinze (1930)
    84. José Lins do Rego - Menino de engenho (1932)
    85. Gilberto Freyre - Casa grande e senzala (1933)
    86. Graciliano Ramos - São Bernardo (1934)
    87. Jorge Amado - Jubiabá (1935)
    88. Sérgio Buarque de Holanda - Raízes do Brasil (1935)
    89. Érico Veríssimo - Caminhos cruzados (1935)
    90. Rubem Braga - O conde e o passarinho (1936)
    91. Dionélio Machado - Os ratos (1936)
    92. Graciliano Ramos - Angústia (1936)
    93. Otávio de Faria - Tragédia burguesa, I, Mundos mortos (1937)
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas (1938)
    94. Marques Rebelo - A Estrela sobe (1938)
    95. Murilo Mendes - A poesia em pânico (1938)
    96. Jorge de Lima - A túnica inconsútil (1938)
    97. Cecília Meireles - Viagem (1939)
    99. José Lins do Rego - Fogo morto (1943)
    100. Carlos Drummond de Andrade - A rosa do povo (1945)
    101. Guimarães Rosa - Sagarana (1946)
    102. Vinicius de Moraes - Poemas, sonetos e baladas (l946)
    103. Henriqueta Lisboa - Flor da morte (1949)
    104. Érico Veríssimo - O tempo e o vento(1949-1961)
    105. João Cabral de Melo Neto - O cão sem plumas (1950)
    106. Carlos Drummond de Andrade - Claro enigma (1951)
    107. Jorge de Lima - Invenção de Orfeu (1952)
    108. Cecília Meireles - Romanceiro da Inconfidência (1953)
    109. Graciliano Ramos - Memórias do cárcere (1953)
    110. João Cabral de Melo Neto - Morte e vida severina (1956)
    111. Guimarães Rosa - Grande sertão: veredas (1956)
    112. Guimarães Rosa - Corpo de baile (1956)
    113. Clarice Lispector - Laços de família (1960)
    114. Guimarães Rosa - Primeiras estórias (1962)
    115. João Antônio - Malagueta, Perus e Bacanaço (1963)
    116. Clarice Lispector – A paixão segundo G.H. (1964)
    117. Osman Lins - Nove Novena (1966)
    118. Antônio Callado - Quarup (1967)
    119. Haroldo de Campos - Xadrez de estrelas (1974)
    120. José Paulo Paes - Um por todos (1986)

    Amém. :pipoca:
     
  9. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Li 18 dessa lista. Faltam 102. XD

    17. Tomás Antônio Gonzaga - Marília de Dirceu (1792)
    22. Joaquim Manuel de Macedo - A moreninha (1844)
    29. Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de milícias (1855)
    30. José de Alencar - O Guarani (1857)
    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    44. Bernardo Guimarães - A escrava Isaura (1875)
    46. Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    61. Euclides da Cunha - Os Sertões (1902)
    68. Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    79. Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    86. Graciliano Ramos - São Bernardo (1934)
    89. Érico Veríssimo - Caminhos cruzados (1935)
    99. José Lins do Rego - Fogo morto (1943)
    101. Guimarães Rosa - Sagarana (1946)
    104. Érico Veríssimo - O tempo e o vento(1949-1961)
     
  10. Thorondir

    Thorondir Usuário

    Interessante. Alfredo Bosi tem muito mais base que qualquer revista Bravo!.
     
  11. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Bem, das 120 obras eu li 3 e isso só por causa da escola que pediu!!!

    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas (1938)
     
  12. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    quinze....

    22. Joaquim Manuel de Macedo - A moreninha (1844)
    29. Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de milícias (1855)
    40. Castro Alves - Espumas flutuantes (l870)
    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    46. Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    50. Raul Pompéia - O Ateneu (1888)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    67. Augusto dos Anjos - Eu (1912)
    68. Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    79. Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    83. Raquel de Queirós - O Quinze (1930)
    84. José Lins do Rego - Menino de engenho (1932)
    92. Graciliano Ramos - Angústia (1936)
    116. Clarice Lispector – A paixão segundo G.H. (1964)
     
  13. Só esses:

    21. Martins Pena - O juiz de paz na roça
    44. Bernardo Guimarães - A escrava Isaura
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro
    79. Mário de Andrade - Macunaíma
    84. José Lins do Rego - Menino de engenho
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas



    Tomei um susto quando vi que li só 7 XD!!!!!Achei que tivesse lido mais...:chibata:
     
  14. Excluído044

    Excluído044 Banned

    Nove... Nhá... A maioria leitura obrigatória...

    Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    Joaquim Nabuco - Minha formação (1898)
    Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    Érico Veríssimo - Caminhos cruzados (1935)
    Marques Rebelo - A Estrela sobe (1938)
    Henriqueta Lisboa - Flor da morte (1949)
    Guimarães Rosa - Primeiras estórias (1962)
     
  15. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    Está feia a coisa...só seis...:rofl:

    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    50. Raul Pompéia - O Ateneu (1888)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    68. Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    73. Simões Lopes Neto - Contos gauchescos (1926)
     
  16. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    Legal.

    Eu não sei se vocês continuam com problemas, mas eu consegui baixar o arquivo tranquilamente.

    Admito com humildade que tem bastante obra e autor que nunca ouvi falar. Nem na escola (Ou então me esqueci).

    A título de curiosidade, escolhi um de forma aleatória: dei uma espiada em Dionélio Machado (Os Ratos) no Estante Virtual. Os preços variam de R$10 a R$130 (!). Já Martim Cererê, de Cassiano Ricardo está baratinho. Outros nem apareceram.

    Adorei o nome da "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    "

    Estes livros mais antigos podem estar disponíveis algures na Internet... Como é o caso do Machado de Assis.
     
  17. mandah

    mandah Usuário

    Gostei dessa lista. Tem um monte de livro que estão na minha lista de livros para ler há tempos, mas até agora não consegui. :( Só li 5 até agora.

    29. Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de milícias (1855)
    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas (1938)
     
  18. Chantili

    Chantili Usuário

    Só 11 até agora...!
     
  19. nanamft

    nanamft Usuário

    Olá! Invadindo o tópico de vocês!!!
    Bem, da lista eu só li 17:

    [size=small][size=xx-small]08. Gregório de Matos - Poesias – (1680)
    22. Joaquim Manuel de Macedo - A moreninha (1844)
    30. José de Alencar - O Guarani (1857)
    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    41. Visconde de Taunay – Inocência (1872)
    42. Machado de Assis - A mão e a luva (1874)
    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    44. Bernardo Guimarães - A escrava Isaura (1875)
    46. Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    50. Raul Pompéia - O Ateneu (1888)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    54. Machado de Assis - Quincas Borba (1891)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)
    79. Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    84. José Lins do Rego - Menino de engenho (1932)
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas (1938)
    110. João Cabral de Melo Neto - Morte e vida severina (1956)[/size][/size]

    Confesso também que alguns eu já li a tanto tempo que não me recordo muito bem da história.

    A lista me fez lembrar de vários livros que já me prometi ler algum dia, mas até agora nada (rsrsrs)
     
  20. Pips

    Pips Old School.

    A maioria foi por causa da escola, então não acho que seja grande coisa levando em conta a lista completa.

    26. Álvares de Azevedo - Obras (1853-1855)
    29. Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de milícias (1855)
    30. José de Alencar - O Guarani (1857)
    36. José de Alencar - Iracema (1865)
    42. Machado de Assis - A mão e a luva (1874)
    43. José de Alencar - Senhora (1875)
    44. Bernardo Guimarães - A escrava Isaura (1875)
    46. Machado de Assis - Memórias póstumas de Brás Cubas (1881)
    50. Raul Pompéia - O Ateneu (1888)
    51. Olavo Bilac - Poesias (1888)
    53. Aluísio Azevedo - O cortiço (1890)
    54. Machado de Assis - Quincas Borba (1891)
    55. Cruz e Sousa - Broquéis (1893)
    60. Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)

    61. Euclides da Cunha - Os Sertões (1902)
    63. Graça Aranha - Canaã (1902)
    68. Lima Barreto - Triste fim de Policarpo Quaresma (1911)
    72. Mário de Andrade - Paulicéia desvairada (1922)
    78. Alcântara Machado - Brás, Bexiga e Barra Funda (1927)
    79. Mário de Andrade - Macunaíma (1928)
    81. Manuel Bandeira - Libertinagem (1930)
    82. Carlos Drummond de Andrade - Alguma poesia (1930)
    86. Graciliano Ramos - São Bernardo (1934)
    94. Graciliano Ramos - Vidas secas (1938)
    101. Guimarães Rosa - Sagarana (1946)
    104. Érico Veríssimo - O tempo e o vento(1949-1961)
    111. Guimarães Rosa - Grande sertão: veredas (1956)
    112. Guimarães Rosa - Corpo de baile (1956)
    113. Clarice Lispector - Laços de família (1960)
    114. Guimarães Rosa - Primeiras estórias (1962)
    116. Clarice Lispector – A paixão segundo G.H. (1964)
     

Compartilhar