1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Arqueólogos descobrem blocos com inscrições de antiga dinastia egípcia

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 27 Jun 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Uma missão de arqueólogos franceses descobriu no Egito centenas de blocos de pedra com inscrições e desenhos de cores vivas que datam da dinastia XXII (945-712 a.C.), anunciou nesta segunda-feira o Ministério de Estado para as Antiguidades.

    Descobertas na região de San el Hagar, na província de Sharqiya, no nordeste do país, as pedras foram reutilizadas por outras dinastias na construção do muro de um lago sagrado destinado ao templo do deus Mut.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Os arqueólogos devem continuar as escavações na área até localizar todos os blocos, cerca de 2 mil peças, para poder reconstruir o templo antigo do qual faziam parte seguindo as inscrições. Dos blocos recuperados, os arqueólogos limparam até agora 120 peças, das quais 78 possuem inscrições.

    Há um ano, a missão de arqueólogos franceses tenta descobrir também o lago sagrado, que tem superfície de 30 metros, largura de 12 metros e profundidade de 6 metros.

    Segundo o comunicado, a descoberta arqueológica atribui mais importância à localidade de San el Hagar, conhecida na antiguidade como o Luxor do norte do Egito.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Legal.

    Mas o tal lago sagrado está seco, não?

    E espero que os arqueólogos reconstruam o templo no Egito e não na França, como faziam antigamente roubando as peças dos países do Oriente Médio.
     
  3. Elriowiel Aranel

    Elriowiel Aranel Usuário

    Duvido muito que Zahi Hawass permita isso hoje em dia.
    Ele é atualmente a maior autoridade em arqueologia no Egito e tem brigado muito para reaver os pertences do país.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    É interessante que estando em pleno seculo XXI, depois de vários anos de muita escavação sempre haverá coisas pra serem descobertas. Esse é um lado bom!

    Mas por outro lado quando são gringos que descobrem algo que é patrimônio daquele país é que fica aquela velha dúvida: eles tem algum direito legal sobre o que estão descobrindo ou apenas são recompensados em dinheiro? (já que muitos arqueologos e escavadores de fora usam técnicas mais modernas e eficientes)

    Realmente eu tenho curiosidade pra saber como o Egito está lidando com isso pra assim evitar que boa parte de sua história seja surrupiada as escondidas.
     
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Tem muita coisa interessante para descobrir no Egito. Um tempo atrás um satélite fez imagens em infra-vermelho do solo do deserto e descobriu dezenas de estruturas no solo escondidas pelo calor que ainda não foram escavadas ou descobertas, incluindo pirâmides. Fiquei até com vontade que fizessem aqui no Brasil em cima de nossos geo-glifos na Amazônia ou em locais aonde houve aglomerados humanos densos nela XDD
     
  6. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    O egito é realmente fascinante.
     
  7. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    E muita coisa ainda está por vir.

    Um dos países que mais me encanta é o Egito, pela história, povo, cultura e culinária.
     
  8. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Bem, realmente tem a questão do investimento empregado, mas acho muito mais inteligente manter as descobertas no local, ainda mais neste caso que podem compor nem que seja boa parte de um templo.

    Se for ser explorado comercialmente de alguma maneira, é só negociar participação para o grupo que investiu e descobriu

    P.S.: Não estou dizendo que é assim, realmente não sei, estou clocando o que acho logico.
     
  9. Elriowiel Aranel

    Elriowiel Aranel Usuário

    Eu não sei exatamente como funcionam as leis do Egito e as leis Internacionais com relação à descobertas arqueológicas.

    O que eu sei é que no fim do século XIX e início do XX, muita coisa foi roubada do Egito, principalmente pela França. E, fora o que foi levado para os museus europeus, muita coisa foi roubada e contrabandeada para colecionadores particulares. Pois na época praticamente não havia leis e fiscalização sobre isso... Várias regiões do Egito foram literalmente saqueadas.
    Isso sem contar as tumbas que eram arrombadas e roubadas desde a Antiguidade.

    Por isso hoje o Egito é tão rígido nestas questões.
    Até onde eu sei, a comercialização de itens arqueológicos é proibida por se tratar de patrimônio histórico do país e da humanidade.
    Acredito que o dinheiro para as pesquisas vem de algum tipo de patrocínio. Só pesquisando mais a fundo para saber com certeza.
    Mas a recompensa costuma vir no turismo que é gerado no país e há acordos para que as peças sejam emprestadas a outros museus de outros países por certo tempo. Algumas exposições já vieram até mesmo para o Brasil [e eu não pude ir em nenhuma :cry:]
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    De certa forma até acho que bom que ainda tenha muita coisa enterrada pra ser descoberta, pois assim nos tempos atuais se evita mais esses furtos e contrabando ilegal desses tesouros.

    Hoje as técnicas de arqueologia melhoraram muito, como o Neoghoster Akira mencionou hoje se usa muito mais tecnologia (infra-vermelho, ultra-som, etc) que permite resgatar com sucesso as relíquias com muito mais cuidado sem danificar praticamente nada e em locais dificeis que ninguém nem mesmo o Indiana Jones com toda sua experiência jamais imaginaria.

    É a arqueologia se modernizando e indo mais longe, uma profissão que eu acho simplesmente fascinante.
     

Compartilhar