• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Armazenamento de dados "eterno" em 5D poderia registrar a história da humanidade

C

Calib

Visitante
Cientistas conseguem armazenar 360TB neste pequeno disco de vidro
REDAÇÃO OLHAR DIGITAL 16/02/2016 ARMAZENAMENTO CIÊNCIA

20160216123017_660_420.jpg

Uma nova técnica desenvolvida por cientistas da Universidade de Southampton, no Reino Unido, promete mudar a forma como armazenamos dados em estruturas físicas. A equipe conseguiu armazenar 360 terabytes de informação em um pequeno disco de quartzo usando lasers.

O mais impressionante, segundo os pesquisadores, é que a informação pode permanecer registrada no disco por 14 bilhões de anos. A técnica usa pulsos de laser de femtosegundo (utilizado em cirurgias de catarata) para criar camadas de nanoestruturas em um quartzo, o mineral mais abundante da Terra. O resultado, segundo os cientistas, lembra os cristais da "Fortaleza da Solidão", que, nas histórias em quadrinhos do Superman, armazenam todo o conhecimento da história do planeta Krypton.

Os dados são armazenados em cinco dimensões, segundo os cientistas: tamanho, orientação e outras três camadas de nanoestruturas separadas entre si por apenas 5 micrômetros (isto é, a milésima parte de um milímetro). Para experimentar a nova ténica, a equipe registrou diversas obras em pequenos discos de vidro, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Bíblia cristã.

Além de durar 14 bilhões de anos, o armazenamento sobrevive a temperaturas de até 190 graus celsius. Uma técnica similar foi desenvolvida em 2012, permitindo a cientistas armazenar 40 megabytes por polegada² - aproximadamente a mesma densidade de um CD de música. A ideia é que esse novo estudo ofereça uma maneira de guardar, em definitivo, a "história da humanidade".

Via Southampton University
^este link em inglês tá mais completinho :)
 
360 TB nesse disquinho é muito bom. E assim não demorará muito pra falarmos de armazenamento em PB (Petabytes) e EB (Exabytes).

E no que diz armazenar todo o conhecimento da Terra em texto aúdio e vídeo, mais a frente o Sistema Internacional de Unidades terá que homologar mais novos prefixos, pois o YB (Yottabyte) que atualmente seria um valor imenso, talvez ao final do século não seja o suficiente. Proezas que só a Informática é capaz de fazer.
 
E quando é que vão se unir à medicina e conseguir enfiar esses disquinhos no nosso cérebro?
 
Sei lá, tenho minhas dúvidas. Acho que estamos a meia caminho disso acontecer, nem longe, nem perto. Claro que testes já podem ter acontecido, mas nada muito promissor.
 
Implantes corporais? Shadowrun?

Quero é garras retráteis! :lol:
 
Lembrei de uma notícia do ano passado dizendo que algumas empresas como o Google ainda armazenam dados em fitas magnéticas. Fiquei um pouco surpreso com isso. Nem imaginava, mas parece que é uma forma barata de armazenamento. Será que a velocidade para rebobinar alcança a velocidade do som nas versões dessas empresas? :lol:

Aqui a notícia: http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2014/02/b-velha-fitab-nao-perdeu-seu-magnetismo.html

Recentemente IBM, Fujifilm e Sony andaram aprimorando esse tipo de armazenamento também.

IBM e Fujifilm criam tecnologia capaz de armazenar 220 TB em fita magnética
http://www.tecmundo.com.br/armazena...gia-capaz-armazenar-220-tb-fita-magnetica.htm
Sony cria fita magnética de 185 terabytes
http://olhardigital.uol.com.br/noticia/sony-cria-fita-magnetica-de-185-terabytes/41799

Autor da matéria disse:
A ideia é que esse novo estudo ofereça uma maneira de guardar, em definitivo, a "história da humanidade".
Só observando que isso de guardar a história da humanidade não existe já que a narrativa exige uma seleção e organização dos dados, ou seja um sujeito por trás de tudo, com seus valores e suas questões relativas ao presente e ao futuro. Quando muito, isso vai registrar milhões de dados aleatórios.
 
Última edição:

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.404,79
Termina em:
Back
Topo