1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Argumentamos ou não?

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Zuleica, 27 Jul 2008.

  1. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Luis Fernando Veríssimo em um debate, tempos atrás, foi indicado a um prêmio chocante (para mim).
    Apresento aqui as razões de O. de C. para a indicação.
    Olavo de Carvalho manda "o recado" para o meu já "declarado queridinho". Ok, isso aconteceu já há tempos, mas quem conhece bem este assunto?
    Eu confesso desconhecer, até a leitura do texto, o que rendeu indicações de livros excelentes, para quem quer falar e escrever com propriedade.
    Acrescento às indicações do texto um artigo da wikipédia >
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Parece complicado? Não é. A síntese é legalzinha.

    Vou destacar aqui, que apesar de ser uma critica pesada, eu não consegui em nenhum momento ficar chateada com O. de C., achei que o tom é mais de um consultor indignado com alguém até então admirável a seus olhos. Ainda, não pretendo tirar os óculos de lente rosa, com os quais, leio Veríssimo, mas coloquei os texto do Olavo de Carvalho para o topo da pilha "ler com urgência". Penso que mais professores poderiam utilizar um "objeto de desejo" (com minhas desculpas ao Sr. Veríssimo, :oops: pelo objeto) para ensinar de tal forma que somos capazes de nos atirar ao texto como esfomeados.

    Retórica - Dialética - Erística, que coisa é essa?
    Confira: Falsíssimo Veríssimo
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    Parei de ler quando encontrei "Prêmio Imbecil Coletivo". :blah:

    Só dei uma olhada por cima, mas mesmo assim, nem comento esse artigo de 'meia pataca'. :chibata:

    O que seria um bom autor pra esse cara? :disgust:
     
  3. Izze.

    Izze. What? o.O

    Parei de ler por preguiça... Preguiça por ver que o texto é longo e preguiça de procurar metade das palavras que estão nele. Só tenho isso a dizer.
     
  4. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Liv durante muito tempo eu era avessa a qualquer crítica. Hoje já reconheço o valor de um contraponto. Um bom personagem para se firmar, para se destacar, terá um oponente de peso.
    Procuro por aí, críticos que não façam disso uma profissão. Que tenham profissão e que para nosso bem, vez ou outra façam uma boa crítica.
    Não conhecia ninguém capaz de criticar o Veríssimo, não porque ele seja unanimidade nacional, mas por ser difícil argumentar com tal inteligência.
    Esse é o motivo de dar destaque ao Sr. Olavo de Carvalho.
    O outro motivo é que ele se deu o trabalho de traduzir um livro de Schopenhauer sobre Dialética Erística, que me foi muito útil. Eu odiava ser uma vítima de argumentos de pessoas sem princípios. Todos os que pretendem atacar a ignorância que nos mantém no papel de 3º ou 5º mundo, merecem meu esforço de coloca-los em destaque.

    _____________
    E, Izze - adoro sua sinceridade e capacidade de explicitar as dificuldades que encontra. Isso me ajuda muito. Pois realmente gostaria de postar tópicos que fossem lidos.
     
  5. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    O Olavo usa o Veríssimo de bode expiatório pra poder descer a lenha em diversas pessoas, coisa que não se faz. Já vi muita coisa do Olavo de Carvalho e pouquíssima me agradou pra ser sincero.

    É muito forte a crítica, por isso acho desmedida. Não sei se sem fundamento porque não conheço o texto do Veríssimo e nem do que se trata, então fica difícil dar uma opinião mais concreta sobre o caso.

    Muito bem escrita, mas completamente ofensiva.
     

Compartilhar