1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Aragorn e as Sendas dos Mortos: Crucial?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Isildur, 7 Out 2003.

  1. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    O que vocês acham? Haveria um outro meio da batalha ter sido vencida pela aliança sem a ajuda trazida por Aragorn? Após refletir um tempo eu reparei que a obra de Tolkien tem um enorme apego ao "aleatório" ou "inesperado", geralmente as coisas que fazem pender a balança para o lado dos homens ou dos elfos sempre surgem do nada ou na hora menos esperada, mas isso tira o brilho da história ou faz ela ser menos empolgante?
     
  2. Deriel

    Deriel Administrador

    A vida também é aleatória e inusitada, não teria como o livro ser diferente 8-) As Sendas dos Mortos foram cruciais para a vitória em Pelennor por dois motivos principalmente:

    a) Eliminou o perigo dos piratas, que fariam um ataque esmagador vindo pelo rio (basta ver o desânimo dos combatentes de Minas Tirith ao ver as velas dos navios)
    b) Propiciou um ataque pela ré do inimigo, mesmos endo as forças dos navios pequenas

    Com isso a Batalha virou de lado e pode ser ganha pelos Homens, o que deu tempo e utilidade as ações de Frodo e Sam.
     
  3. Riff

    Riff Usuário

    E tem aquele lado de afirmação de Aragorn, ele cumpre o q foi dito pelos seus antepassados, prova q até os mortos ele pode controlar e derrota o inimigo com suas própias armas :twisted:
     
  4. Alassante

    Alassante Usuário

    alem do que a parte das sendas dos mortos tambem confirma a ascendencia do Aragorn pois os morto so deixariam passar e so obedeceriam ao herdeiro de Isildur
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Sem contar no desanimo da frente inimiga... Eles se assustaram com o fato que até seus próprios navios estavam cheios de homens do bem rsrsr (não achei outra ciosa pra defini-lo rsrs)
     
  6. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Os Mortos tinham de cumprir seu Juramento

    E os Corsários de Umbar tomaram uma bela lição....
     
  7. Skylink

    Skylink Squirrle!

    Acho que não... Eles ainda estavam em desvantagem, mesmo após a derrota do rei bruxo. Quando viram os navios, perderam totalmente a esperança e já estavam recuando. Só depois que viram que eram aliados, que se reanimaram. Também pesa o fato de os orcs e orientais terem ficado bastante abalados vendo seus inimigos descerem de seus navios.
     
  8. Erunno

    Erunno Usuário

    Primeiramente, concordo com tudo que já foi dito e reforço dizendo que a chegada de Aragorn c/ os navios foi o que realmente renovou o animo de todos e fez com que conseguissem vencer a batalha.

    Respondendo a pergunta, na minha opinião são exatamente estas reviravoltas que tornam a obra mais empolgante e que mexem com os nossos sentimentos. Essa é uma das tantas razões pelas quais os livros de Tolkien são tão amados, a habilidade inegável que ele tinha de mexer com nossas emoções tanto quanto mexia com nosso imaginário.
     
  9. alem da superpresa q na minha opinião so enriquece a obra, tem o encio de o aragorn naum ser só akele heroizinho q faiz só oq esta "dentro das regras" dos bonsinhos, ele precisava vencer a guerra por ele, seu povo e td o mundo, e pra conseguir isso usou tds as armas q dispunha,,incluseve o pavor dos mortos, arma utilizada pelo inimigo!!!!

    eu achei fundamental essa pesagem pelo q ja citaram acima, sem eles haveria um atake fenomenal dos piratas pelo rio.....
     
  10. Deriel

    Deriel Administrador

    É importante ressaltar que Aragorn não comandava os mortos nem os comandou na batalha de Pelennor. O que ele tinha poder de fazer, e o fez, foi livrar os mortos do peso da maldição de seu antepassado sobre eles.

    Eles o seguiram pra se livrarem da maldição e cumprirem o que haviam prometido, séculos antes.
     
  11. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eles seguiram Aragorn não porque este estava mandando neles, mas sim pois ele mostrou o caminho pra se livrar da maldição e poderem descansar em paz.
     
  12. Eönwë

    Eönwë Usuário

    A passagem pelas Sendas foi mesmo importante por eliminar o perigo de Harad, mas na minha opinião ela foi muito mais importante, realmente crucial, pela afirmação de Aragorn como Rei. Ela representou o cumprimento da antiga profecia, que dizia que o herdeiro de Isildur despertaria os mortos quando sobre a terra se estendesse uma sombra terrível, e que faria o juramento ser cumprido.

    Aragorn disse aos mortos, após a passagem pelas Sendas (RdR, livro V, cap. II):

    "-Finalmente é chegada a hora. Agora vou para Pelargir, sobre o Anduin, e deveis me seguir. E, quando toda esta terra estiver livre dos servidores de Sauron, vou considerar o juramento cumprido, e tereis paz e podereis partir para sempre. Pois eu sou Elessar, herdeiro de Isildur de Gondor."

    A passagem pelas Sendas e o consequente cumprimento da profecia foí o último passo da afirmação e auto-afirmação de Aragorn como Rei, e o seu clímax como personagem.
     
  13. Riff

    Riff Usuário

    E qndo ele ordena q os mortos parem e o Gimli até fala

    Até sobre os mortos ele tem comando

    :aham:
     
  14. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Ele tinha sim comando sobre os mortos, mas eles só o obedeciam pq desse modo se livrariam da maldição. Se não obedecessem sabe-se lá até quando iam ficar por lá.
     
  15. Andúril

    Andúril Usuário

    Acho que nao

    ah cara
    eu acho que justamente essa coisa inesperada que faz o livro ser o que é. Todo mundo sabe que o final vai ser feliz, mas nao sabe como, e o tolkien sempre esperava ao último momento, quando a linha estava para estourar, qnd se chegava o reforço. Foi como gondor chamando os Eorl e os Éotheod (é isso ne?)
     
  16. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    E em que lugar exatamente fica a Senda dos Mortos? É em Rohan, certo? Mas eu procuro nos mapas e não acho...
     
  17. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Outra questão fundamental: O episódio das Sendas dos Mortos permitiu que aquele povo fosse liberto da maldição e aquela região por conseguinte deixasse de ser amaldiçoada. Assim sendo, num sentido mais amplo, junto a guerra do anel, permitiu que todo o território governado por Gondor fosse liberto das máculas do passado e permitisse o alvorecer de uma nova era.
     
  18. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Engraçado que toda essa discussão me deu uma impressão que a Senda dos Mortos é basicamente uma forma de "juntar as pontas soltas", redenção de Aragorn/Isildur.
     
  19. Deriel

    Deriel Administrador

    "Juntar pontas soltas" é uma maneira cruel e injusta de colocar. "Fechar um ciclo" seria mais adequado.

    A Segunda Era terminou, mas não muito. Inúmeros assuntos relacionados ao Anel e a Sauron ficaram em abertos, só sendo finalmente resolvidos no final (por isso mesmo "final") da Terceira Era.

    Sob essa visão, os Mortos seriam tão "ponta solta" quanto o Um Anel (perdido por aí).
     
  20. Buliwyf

    Buliwyf Usuário

    Concordo com Primula, o episódio da sSendas dos Mortos é para juntar as "pontas soltas" no que diz respeito à Aragorn e a profecia do Retorno do Rei...Obviamente não é o ápice do livro, mas é um dfos momentos mais marcantes onde é revelada toda a nobreza deste grande personagem. Agora eu fico imaginando qual a sensação dos vivos que tiveram de manter acampamento com um exército de fantasmas?



    Buliwyf, filho de Hygilliak, amigo dos anões...
     

Compartilhar