1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Aposentada cola foto, plastifica e inutiliza título eleitoral no interior de SP

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 1 Out 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Preocupada em cumprir a nova lei eleitoral, que exige a apresentação do título e de um documento com foto para votar no próximo domingo, a professora universitária aposentada Olga Silveira Lana, 73, de Ribeirão Preto, colou uma foto no Título de Eleitor.

    disse Olga, que, apesar de já não ser obrigada a votar devido à idade, faz questão de exercer o seu direito. Justamente por isso, ela resolveu ligar no cartório para conferir se poderia usar o "novo" documento em vez de dois.

    Foi, então, informada pelos atendentes de que não poderia votar com o título naquela situação.

    disse ontem, no 108º Cartório Eleitoral de Ribeirão --o título com a foto colada foi picotado pela atendente.

    Ontem, no último dia para retirada da 2ª via do título eleitoral, o movimento foi intenso nos seis cartórios da cidade. No maior deles, o 266º, que tem 93,7 mil eleitores, os atendentes tiveram de controlar o fluxo de pessoas fechando a porta.

    dizia um dos atendentes.

    A auxiliar de escritório Edilene Rangel Fernandes, 23, deixou para última hora a retirada da 2ª via do documento de votação.
    disse.

    Segundo a Justiça Eleitoral, o eleitor que não votar ou justificar a falta terá de pagar multa no valor de R$ 3,51. Em caso de furto, roubo ou perda do título eleitoral, o eleitor terá de registrar um boletim de ocorrência e depois justificar a ausência nas urnas ao juiz eleitoral.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar