• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Aparelho para intimidade à distância é testado

Penny Lane

O Gato que Ri




Aparelho para intimidade à distância é testado



Está sendo testado nesta semana, durante o Festival de Artes de Edimburgo, na Escócia, o protótipo de um aparelho que promete comunicar intimidade para casais que vivem relacionamentos de longa distância.
A empresa Distance Lab, criadora do aparelho Mutsugoto, acredita que a tecnologia oferece maior intimidade do que outros meios de comunicação, como e-mails, telefone ou torpedos por telefone celular.
O aparelho - que usa câmeras, luzes artificiais e computadores - permite ao casal desenhar com fachos de luz sobre os corpos ou camas dos parceiros à distância.
Depois dos testes iniciais em Edimburgo, com um casal que vive entre Londres e Edimburgo, o Mutsugoto será testado em outras cidades na Europa continental.
O aparelho vem sendo desenvolvido há dois anos pela empresa sediada na Grã-Bretanha e foi co-criado pela artista plástica Tomoko Hayashi.
Deitados em suas camas, os parceiros usam anéis ativados pelo toque e que são captados por uma câmera acima deles.
Um sistema computadorizado identifica o movimento do anel quando um dos parceiros o passa sobre o próprio corpo ou sobre sua cama.
Simultaneamente, os movimentos são transmitidos e projetados em fachos de luz sobre o corpo do parceiro. As linhas mudam de cor quando se encontram.
"Estatísticas mostram que relações de longa distância são mais e mais comuns", disse Stefan Agamanolis, executivo-chefe e diretor de pesquisas do Distance Lab.
Privacidade
"Este projeto é uma reação a telefones celulares, e-mail, programas de chat na internet e outros tipos comuns de comunicação com os quais os casais vão ter problemas frequentemente, porque são muito impessoais, genéricos e tiram qualquer sensação de intimidade ou proximidade que eles possam sentir."
"Em vez de estar 'em qualquer lugar, a qualquer hora', o Mutsogoto fica baseado no espaço mais quieto e privado do quarto", diz ele.
Os testes deverão ser completados no mês que vem.
Uma das principais áreas de trabalho do Distance Lab é com tecnologias de saúde, criadas para pacientes, ou para ajudar as pessoas a se manter saudáveis.
Agamanolis afirmou que, no momento, o laboratório de pesquisas tem três grandes projetos em andamento nesta área.
O Distance Lab também está desenvolvendo um jogo virtual de luta em que as pessoas podem "se jogar" contra uma imagem em tamanho real de seu opositor, que poderia estar do outro lado do mundo.
No protótipo, as pessoas lutam contra uma silhueta projetada contra um colchão.


Fonte: BBC

________________________________________________________________

Sei lá... Tem uma galera aqui e pela internet que se relaciona virtualmente, nessas horas penso que o lance a moda antiga logo será coisa do passado, toque, contato...
Acho sinceramente importante mas parece que cada vez mais as pessoas estão distantes disso.
 

Daisy_Lee82

Humano, Demasiado
E não é?! Isso assusta... as pessoas realmente estão cada vez menos fisicamente íntimas... o que é uma pena... mas isso ressalta também possíveis problemas das pessoas em se relacionarem com outras...
Acho que aparelho nenhum substitui o contato físico...
 

Thorin III

Usuário
Por mim, fiquem com todos robôs e parafernálias do tipo, eu prefiro matéria orgânica, e isso não é restringido apenas a contato íntimo e sim a própria conversa, o convívio sadio com outras pessoas - de verdade.
 

eowathiel

dançando lambada com um
Não troco nada por um face to face... ou melhor... body to body... :lol:

compreendo que a distancia é difícil... mas nada consegue substituir o contacto físico!
 

eowathiel

dançando lambada com um
Claro! Que piada tem se não tiver alguém do seu lado? Os carinhos... as caricias... e muito mais... Será que uma luz dá para matar saudade?
 

Raphael S

Desperto
Já encomendei o meu Beta, agora é só enviar para a Milla Jojovich.

Anyway, é a "luz" no fim do túnnel para os separados :sacou:
^_^

By Raphael Silvério
Breaking the distance
 
Última edição:
Só brinco se eu puder usar o sabre vermelho igual o do Darth Vader.

Agora sério mesmo, apostar num projeto desses é dar um "tiro no escuro".

:hahanao:
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.595,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo