1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Antônio e Cleópatra, Shakespeare

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Anica, 29 Nov 2007.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Ok, ok... não é das mais famosas (vocês podem abrir tópicos sobre as outras se quiserem :cerva: ), mas estou abrindo aqui um espaço para falarmos dessa peça de Shakespeare.

    O que mais chamou minha atenção quando li na primeira vez, foi como a Cleópatra, apesar da aura sedutora que a História já se encarregou de promover, ainda assim em muitos mometos aparece quase como um alívio cômico, de tão exagerada em algumas reações. Mais alguém teve esta impressão??
     
  2. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Eu tive também o_O
    É engraçado pois nas tragédias esse tipo de papel cai em personagens mais humildes, como os Coveiros do Hamlet ou a Ama do Romeu e Julieta (aquela dos dentes :dente: ). E isso é engraçado, pois quando o contexto político tem as lentes focadas exclusivamente em Roma (ou longe do Egito), o palácio da Cleópatra parece uma casa de pensão doida! Pelo menos foi a impressão que eu tive, é claro; mas eu achei muito Zorra Total a Cleópatra descer os tabefes no Mensageiro e depois, umas cenas depois, quando ela o chamar, ele ficar com medo de entrar!

    Agora uma pergunta (tem spoiler):
    o Marco Antônio estava com a Cleópatra, e resolve voltar por um tempinho, ele chega até a se casar com a Otávia e ele e o César viram BFF's. Só que aí ele volta pro palácio da Cleópatra, e chega inclusive a brigar com o César (no mar, ao invés da terra, perde, a coisa fica preta etc). Só que eu não peguei direito o porquê ele volta... Ele volta do nada pra ver a Cleópatra, ou ele dá uma desculpa e vai lá ver ela... Como é isso? :vergonha:

    (ah, sim... Resolvi minha dúvida. Se alguém ainda tiver dúvidas, eu coloco a resposta para esta incrível charada)
     

Compartilhar