1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Animação de 'O Pequeno Príncipe' causa polêmica na França

Tópico em 'TV' iniciado por Marcileia, 29 Nov 2010.

  1. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Ao mesmo tempo que pensei que o negócio é meio sem noção (O Pequeno Príncipe com olhos de mangá?), fiquei curiosa para assistir e ver o que vai sair...
     
  2. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    isso já é meio consensual hj em dia: ao invés d elevar a capacidade dos jovens ensinando eles a apreciarem os clássicos por meio d uma didática q demonstre pq estas obras continuam atuais, preferem superficializar, vulgarizar e fazer adaptações paralelas das obras para q as mesmas fiquem tal qual papinhas insossas para os nossos jovens cada vez + imbecilizados.
     
  3. PequenoPrincipe

    PequenoPrincipe Usuário

    'O Pequeno Príncipe' modernizado

    O Pequeno Príncipe '"modernizado": LIXO TOTAL

    José Martínez Fructuoso, herdeiro da mulher do autor de "O Pequeno Príncipe", Consuelo Suncin, mantém um conflito de interesses há anos com Olivier d'Agay, sobrinho de escritor.

    Em comunicado, José Martínez Fructuoso, dono da metade dos direitos de sucessão de Saint-Exupéry, advertiu que não permitirá "que se faça qualquer coisa" com a obra.

    Olivier d'Agay, sobrinho de escritor não entende nada de arte, e está sendo manipulado por sócios de outro país para transformar o livro clássico num desenho animado que nao tem nada a ver com os principios éticos do autor do livro. LIXO CULTURAL TOTAL.

    As pessoas responsáveis por esta idéia de "atualizar o clássico" são manipuladores sem cultura, sem respeito, que só pensam em dinheiro e enxergam a obra como mais um COMMODITY (algo que se pode comprar e vender... como o fizeram com suas proprias almas).

    Cabe a cada um de nós ignorar a imbecilidade imposta pela midia e informar os filhos, pais, amigos e colegas para que tenham muito bom senso ao usar o dinheiro que ganham e nao comprar nem assistir esses e outros LIXOS CULTURAIS.

    A Obra "O Pequeno Príncipe" é um clássico, o livro mais lido no mundo e como tal deve permanecer intocado, para que os valores ali deixados pelo autor sejam entendidos pelas novas geracoes. Mudar estes valores é ultrajar Saint-Exupéry !
     

Compartilhar