1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Fafa

    Fafa Visitante

    Como os anões se reproduzem, existem anãs? Por que elas nunca aparecem? Como elas são?
    Essas são dúvidas que me atormentaram por muito tempo, e não lembro de ter lido nada que, ao menos tocasse no assunto. Alguém pode esclarecer isso? :tsc: :confuso:
     
  2. The Man T.

    The Man T. Usuário

    Eu nao consigo pensar em nenhum metodo de reproduçao a nao ser o classico (imagine, os anoes são criados a partir de esculturas q a fada azul dá vida).
    Mas eles foram criados por Aulë, q mesmo tentando faze-los parecidos com os elfos e homens, talvez tenha feito algo de diferente neles... mas a resposta exata eu num sei...
     
  3. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Eu tinha transcrito o trecho inteiro aqui, mas apagou tudo quando deu erro na hora de mandar o post... argh...

    Mas bom, tudo que você vai achar sobre isso está nos apêndices do SdA, nos Anais dos Reis, quando fala sobre o Povo de Durin. Está bem no fim, logo antes da árvore genealógica dos Reis anões.
     
  4. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Existiam anãs, indistingüíveis dos anões para outras raças. E eles faziam S-E-X-O
    :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
     
  5. Fafa

    Fafa Visitante

    Que grotesco... seria melhor os anões serem criados a partir de esculturas que a fada azul dá vida...
    hehehe
    Infelizmente não li os apêndices, é por isso que eu não sabia... Quando eu reler o livro, não esqueço dos apêndices!
     
  6. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

  7. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    Num sei quando, num sei onde e nem como, mas q eles existiem, elas existiam!
     
  8. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    anãs existiam sim e, enquanto os anõesexistiram, eles tbm. mas acontece q elas era mto poucas, menos de um terço da população total dos anões. por isso, naum era mto comum elas sairem de suas cidades, pq a sobrevivencia delas era vital para a sobrevivencia da raça inteira. além disso, elas eram iguais aos anões, aos olhos das outras raças, tinham barba, voz groça e essas coisas todas, o q deixava ainda mais difícil encontrar uma...
     
  9. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Bem, elas não deviam ser completamente iguais ao anões machos, se vcs entendem oq eu digo... senão não ia ter como eles...hummm... "procriarem".

    Uma dúvida: mesmo q elas fossem menos d um terço do total dos anões, pq nenhuma aprece nas historias, e nem nas arvores genealogicas? Isso me faz pensar q anões não se "casavam", mas simplesmente procriavam com elas e mais nada, então ninguem sequer conheceria a propria mãe. Será q estou certo?
     
  10. Carcharoth

    Carcharoth Usuário

    Não creio que os anões seriam promíscuos a esse ponto. Isso seria mais aplicável ao caso dos orcs.

    Imagino que eles supervalorizavam suas esposas, jah que nem todos as tinham e por isso as matinham em segredo absoluto.

    Esse texto do ao qual o link acima conecta mostra que realmente não havia nenhuma diferença visivel entre anões e anãs (pra membors de outras raças) e por tanto seria possível que alguns dos anões famosos das histórias tolkenianas fossem na verdade anãs heroínas....!!!
    Isso eh um pessamento mt estranho e eu nao acredito que isso ocorreria.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Vocês não leem os links pra textos da Valinor que a gente coloca aqui não? Shame on you, seus folgados!!! Tá lá no texto do Reinaldo:

    Fica claro que eles casavam. Fica claro que eles não eram promíscuos (no sentido de que as Anãs eram de todos), pq se o fossem nem casariam e nem a raça multiplicaria devagar ou diminuiria.

    :obiggraz:
     
  12. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    A lenta multiplicação de anões se dá ao fato de, além de as anãs serem poucas, nem todos os anões se casavam. E nem todas as anãs se casavam também.



    PS: Eu leio os links :mrgreen: :!: :mrgreen:
     
  13. .: Tulkas Astaldo :.

    .: Tulkas Astaldo :. De volta... talvez

    Eca!!!

    Imagina os anões namorando...

    "Ai bem, eu comi metade de sua barba..."
    "Não tem problema, eu tb comi a sua..." 8O

    :lol: :lol: :lol:
     
  14. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    que eu saiba, anões só se casam uma vez na vida e não há separação. tbm já li q as brigas entre anãos e anãs eram bem violentas....
     
  15. Sir Galaaz

    Sir Galaaz Usuário

    É claro que eles não se reproduziam muito! Aquelas Anãs barbudas, narigudas, com verrugas no nariz não deviam ser muito atraentes.
     

Compartilhar