1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Amor à Flor da Pele (Dut Yeung Nin Wa, 2000)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Sister Jack, 5 Abr 2003.

  1. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Eu estou completamente obcecado por esse filme. Eu assisti ele pela primeira vez a pouco menos de um mês atrás, e desde então eu já o vi mais de 4 vezes. O diretor do filme, Wong Kar-Wai, conseguiu me colocar em um nível de adoração que nenhum diretor da nova geração conseguiu, a não ser o Tarantino.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Depois de Amor A Flor da Pele, eu procurei outros filmes do Kar-Wai na minha locadora e encontrei Felizes Juntos, que também é extremamente interessante. Wong Kar-Wai sabe criar uma atmosfera para um filme, a fotografia tem significado. Quando ele nos mostra algo, isso tem impacto verdadeiro. Os visuais são intoxicantes. Mas o que realmente me surpreendeu em Amor A Flor da Pele foi a trilha sonora, que é totalmente devastadora. O filme tem sequências em camera lenta, acompanhadas pela trilha com violinos tocando uma melodia linda, esses momentos são o que eu procuro em um filme. Perfeição cinematográfica.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A trama é bem simples, na verdade. Se passa em Hong Kong, nos anos 60, com um homem (interpretado pelo maravilhoso ator Tony Leung) casado que divide um apartamento com uma outra família. No apartamento ao lado está uma mulher (interpretada pela deusa Maggie Cheung), que também é casada e também divide o apartamento com outra família. Nesse clima de claustrofobia da época, tanto o Tony quanto Maggie tem seus sentimentos reprimidos, escondidos no fundo. Os dois, aparentemente, tem algum tipo de dor interna que não pode ser muito bem identificado ou explicada. Solidão, talvez. Tony e Maggie descobrem, por algumas conhecidências, que a mulher dele e o marido dela estão tendo um caso. No começo, os dois não sabem o que fazer. Eles ensaiam as cenas de encontro do casal de amantes, meio que uma obsessão sobre o que os fez se apaixonar, o que fez traí-los. E isso faz com que Tony e Maggie se aproximem cada vez mais, mesmo sem notar, e um tipo de relacionamento é criado entre os dois. Mesmo sem ser concretizado.

    Mas a trama não é tão importante para o filme quanto são os personagens e a sua linguagem corporal. O jeito que eles caminham, que eles se mexem, que eles se aproximam. Os rostos de Tony e Maggie deixam mostrar a infelicidade, ainda maior e mais reprimida ainda. Mais importante ainda é o clima do filme, aquela atmosférica meio romântica, meio ousada, meio sensual dos anos 60. As sequências em camera lenta mostrando Maggie e Tony caminhando um ao lado do outro carregam mais carga erótica do que qualquer cena de sexo que se vê na maioria dos filmes. É realmente poderoso.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O filme pode ser encontrado em DVD na maioria das locadoras.

    E vai passar na TV.

    Dia 08, as 20:15, no canal CINEMAX.

    e

    Dia 12, as 18:30, no CINEMAX

    e

    Dia 23, as 22:00, no CINEMAX


    Vocês tem três chances de ver o filme, então NÃO PERCAM!!!!!!!


    EDITANDO: Ah, esqueci de mencionar que esse filme está no meu Top 15.
     
  2. Mithrellas

    Mithrellas Usuário

    Hm... vou seguir a indicação.. verei dia 8! hehehhehehe
     
  3. Fosco Cachopardo

    Fosco Cachopardo Ghost of Perdition

    Eu assisti o filme! Achei fantastico tbm! Não cheguei a ficar obcecado, mas pretendo ve-lo novamente qdo passar no cinemax, principalmente pq perdi os minutinhos iniciais.
    Eu adorei a direção! Folco, que outros filmes esse diretor fez???
    Os atores eram mto bons! Conseguiam transpassar mto bem o sentimento do personagem! gostei bastante da atriz!
    A trilha sonora é linda! e msm a o tema central seja repetido varias vzs nunca se torna enojativo, de fato vc fica esperando q toque de novo. Os boleros tbm são otimos!
     
  4. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Eu também, o Wong Kar-Wai tem elementos de Godard e de Antonioni na direção dele. Ficou lindo.

    O único outro filme que eu vi dele foi FELIZES JUNTOS, de 97, mas ele também fez AMORES EXPRESSOS, ANJOS CAÍDOS, CINZAS DO TEMPO(Kung Fu), e mais outros.


    BUMP.

    Só lembrando que amanhã a tarde vai passar novamente o filme. :wink:
     
  5. tonho

    tonho Usuário

    acabei de ve o filme
    tava de bobeira na locadora e qndo vi o nome lembrei desse post, resolvi pegar...

    duca o filme... vo ve amanha se tem os otros titulos do diretor...
    a trilha colabora mto com a trama... adorei o filme
     
  6. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Que bom. 8-)

    Pelo menos o tópico valeu pra alguma coisa.
     
  7. tonho

    tonho Usuário

    por isso q eu entro aq no Cinema
    cada um q cria um topic sobre algum filme e algumas pessoas elogiam o filme eu sempre anoto o nome aq num bloco de notas, dai tenho alugar ou ve ele de um modo alternativo ehehe :)
     
  8. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Se ninguém assistir eu desisto de fazer propaganda pra esse filme... (que, btw, já é um dos meus 10 filmes favoritos)
     
  9. V

    V Saloon Keeper

    Eu não vou assistir porque não tenho Cinemax e a Blockbuster é uma merda.

    Mas tá na lista dos "pra ver" assim que eu fizer ficha em uma locadora decente.
     
  10. VihVs_

    VihVs_ Eu não sou um

    Eu naum vou ver pq tenho prova no curso de ingles e naum tenho video pra gravar... :disgusti:
    Mas dei a notícia mesmo assim... ´fico feliz em ver as outras pessoas felizes...
     
  11. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    AVISANDO NOVAMENTE: O filme começa em 1 hora; quem tem acesso a Cinemax Prime NÃO PODE PERDER.
     
  12. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Puts.... eu estou trabalhando..... :cry:














    :think:



    Hummm.... mas eu tb não tenho Cinemax Prime

    :think:
     
  13. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Tipo, Amor A Flor da Pele não tá passando. Eu chequei na revista e nem vai passar esse mês. Parece que a Vivhs cometeu um pequeno erro.
     
  14. VihVs_

    VihVs_ Eu não sou um

    Ih.. serah q a revista da TVA tah errada??? :?

    Tah... soh tenho q me desculpar pela minha lerdeza... hehe :mrgreen:
     
  15. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Acho que você olhou a revista errada.
     
  16. VihVs_

    VihVs_ Eu não sou um

    Eh... eu olhei do mes passado.... :disgusti:
    Eh q jah tinha caido a capa e naum vi q era de Agosto. Tudo bem... erros saum normais neh? :mrgreen:
     
  17. Mas foi lá na merda que eu consegui achar o filme :dance:

    Pois é, vi o filme depois de tantas recomendações do Folco, e não me arrependi nem um pouco. :) Eu adorei. Curioso é que o filme não tem um beijo sequer, e ainda assim consegue ser muito mais romântico que milhares de outros que andam por aí. As tomadas em câmera lenta com aquela trilha no fundo são espetaculares, misturada hamonicamente com uma fotografia maravilhosa, de cores bonitas e chamativas. O final é meio que inesperado; é melancólico e poético. Enfim, um ótimo filme. :clap:
     
  18. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Aluguei e vi de novo.

    Quinta assistida.

    UAU, aprox.

    Eu ainda fico arrepiado, emocionado, etc.

    5/5

    Vou trancar uma posição para ele no meu Top 10 de todos os tempos. Eu valorizo muito mais um filme que consegue me estimular através de visuais e música do que diálogos extensos e uma trama complicada. E "Amor A Flor da Pele" ainda de quebra me fez pensar sobre porque os personagens agiram daquela forma, durante e depois do filme. Não foi porque eu quis entender os personagens, nem foi um esforço para mim, veio naturalmente. Eu lembro que li em algum lugar que o isolamento e solidão tendem de uma pessoa tendem a ocorrer em lugares mais populosos, como cidades grandes, prédios, etc. A pessoa se sente sufocada com tanto contato humano e faz o possível para se afastar, mesmo que contra a sua vontade. Eu imediatamente relacionei isso com o filme; os ambientes claustrofóbicos, cores sufocantes e fortes, corredores dos prédios apertados de Hong Kong, que na época estava sofrendo de uma densidade demográfica exageradamente alta. Não me surpreende os personagens do filme parecerem tão sós, distantes, o tempo inteiro, num ambiente como esse. O que consequentemente resulta no encontro e atração dos dois protagonistas.
     
  19. Orion

    Orion Jonas

    Amor Á Flor da Pele (Hong Kong 2000) - 87 - Wong Kar-Wai - *****

    Um dos romances mais poderosos que eu já vi. A fluidez do trabalho de Kai-War é um negócio incrível, mágico. As cenas em câmera lenta, com um fundo musical envolvente e arrebatador, permanecem na minha cabeça desde então. Eu podia ver um filme inteiro só sobre aquelas cenas, sem parar. O jogo de sedução entre os dois amantes não declarados é um negócio lindo, verdadeiro. A forma que eles utilizam para permanecerem íntegros perante a situação de abandono dos cônjugues é tímida, mas ainda sim, muito apaixonada. Amor Á Flor da Pele é um filme que fala, como o próprio título diz, não de paixão, mas de algo mais forte que isso, de amor, de busca afetiva e da felicidade por simplismente estar ao lado da pessoa amada. O modo contido como a dupla de protagonistas se ama é uma das coisas mais interessantes que eu vi ali, num sentido bem oriental, misterioso. Este foi o meu primeiro filme de Kai-War, e a direção dele é fantástica, assim como o roteiro do filme. Amor Á Flor da Pele é um filme profundo, delicado e sobretudo, lindíssimo, muitas vezes resgatando a romances do passado.
     
  20. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Eu vi pra alugar e lembrei do tópico com todas as recomendações. Alguém saberia dizer se ele é muito longo?
     

Compartilhar