1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Americana posta mensagem trágica antes de morrer em acidente de carro

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 6 Mar 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Taylor Sauer, de 18 anos, bateu a 130 km/h na traseira de um caminhão.
    'Dirigir e falar no Facebook não é seguro!', escreveu antes da batida.[/h]

    Uma americana de 18 anos perdeu a vida em um trágico acidente de carro segundos após postar uma última mensagem no Facebook: "Não posso discutir isto agora. Dirigir e falar no Facebook não é seguro! Haha".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Taylor Sauer enviou uma fatídica mensagem antes do acidente que tirou sua vida (Foto: Reprodução/NBC)​

    Taylor Sauer estava dirigindo a quase 130 km/h quando bateu de frente com a traseira de um caminhão-tanque em uma rodovia interestadual que liga Utah e Idaho, nos Estados Unidos. O caminhão estava andando a menos de 25 km/h em uma subida. A jovem morreu na hora, de acordo com a reportagem do "Today Show", da NBC.

    A mensagem foi postada em um comentário durante uma discussão sobre o Denver Broncos, um time de futebol americano. A investigação descobriu que Taylor estava postando mensagens no Facebook a cada 90 segundos enquanto dirigia.

    O caso ocorreu em 14 de janeiro, mas agora veio à tona com o esforço dos pais da adolescente em trazer conscientização e, mais ainda, fazer com que uma lei proíba motoristas de escrever mensagens no celular enquanto dirigem. Idaho é um dos 13 estados americanos que não têm uma lei específica nesse sentido.

    O amigo que conversava com ela, Mike, diz que não sabia que Taylor estava dirigindo até receber a última mensagem. "Sinto como se fosse minha culpa", afirmou em entrevista, com lágrimas nos olhos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O carro da jovem ficou destruído com o impacto contra o caminhão-tanque (Foto: Reprodução/NBC)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Mike, o amigo que conversava com ela pelo Facebook, disse não saber que ela estava dirigindo até a última mensagem (Foto: Reprodução/NBC)​

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sem comentários pra esse tipo de morte.

    E ainda veremos o Paganus celebrando uma missa com um iphone discretamente numa das mãos postando a cada 10 segundos o andamento da missa.
     
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    aquela coisa: pessoa sabe que não é seguro, mas "dá nada", vai lá e faz. e aí tem vezes que dá merda. eu sempre digo, o que me incomoda de verdade é quando nessas merdas acabam matando alguém que não tinha nada a ver com aquilo. tipo os engraçadinhos que enchem a cara e voltam ziguezagueando para casa e ainda falam que nossa leia que é rígida demais. :roll:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Exatamente.
    Se ela se arriscou, menos mal que ela que sofreu as consequencias e não alguem ao redor.

    Pelo menos espero que não apareçam advogados abutres querendo falar algo do motorista do caminhão.
     

Compartilhar