1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Alguns dados técnicos do filme...

Tópico em 'O Senhor dos Anéis - os Filmes' iniciado por Vatho, 9 Jan 2002.

  1. Vatho

    Vatho Usuário

    E la vai....

    08/01/2002 - 17h56
    Saiba o que está por trás de "O Senhor dos Anéis"

    RICARDO PERUCHI
    Editor interino de Informática

    O filme "Senhor dos Anéis" transformou-se no maior sucesso cinematográfico do ano.

    Dirigida por Peter Jackson e baseada no livro de J.R.R. Tolkien, a produção exigiu dezenas de personagens digitais com características humanas e humanóides.

    Foram também criadas digitalmente cenas de guerra, paisagens e efeitos especiais.

    Os três filmes foram produzidos simultaneamente e necessitaram mais de 1.200 efeitos especiais.

    Mais de 150 artistas, entre modeladores, pintores digitais, animadores, editores de movimento e engenheiros de software trabalharam durante quatro anos na trilogia.

    O total de dados digitalizados ultrapassam os 100 Terabytes.

    Próximos filmes
    Vem mais por aí. O primeiro filme "A Sociedade do Anel" estreou no dia 1º de janeiro no Brasil. O segundo filme, "As duas Torres", terá a sua primeira exibição em dezembro de 2002 e o terceiro, "O retorno do Rei", em dezembro de 2003.

    A companhia neozelandesa Weta Digital, responsável pelos efeitos visuais do novo sucesso mundial de bilheteria, utilizou mais de 230 estações visuais de trabalho.

    A produtora dos efeitos especiais utilizou os servidores gráficos SGI Octane, estações de alta performance gráfica SGI Onyx2 e os servidores de alta performance SGI Origin, além de servidores SGI Linux para criar efeitos e fazer composições.

    A fornecedora das estações, a SGI (NYSE SGI), oferece soluções de visualização e gerenciamento de dados e computação de alto desempenho.

    Suas estações foram utilizadas para a armazenagem de programas e como servidores para a produção, pós produção e todos os efeitos visuais dos três filmes da trilogia.

    Além disso, dois Servidor Origin 2000, dois Arrays de Disco SGI TP9400, Robôs de Fitas StorageTek forneceram 4TB de armazenagem on-line e mais de 20 TB de armazenagem nearline foram utilizados como a solução global de repositório de dados para as estações de trabalho.

    Alta tecnologia
    Desde o início da pré produção, a Weta Digital usou a estação de trabalho visual SGI Octane com sistema operacional SGI-IRIX com o software Maya e suas próprias extensões.

    Além disso, criou tecnologia própria, como o Massive, um sistema de animação para cenas de multidão, desenvolvido para o sistema operacional SGI-IRIX.

    Com o Massive foram criadas as várias sequências de batalhas, expressões faciais, morte dos orcs, dos elfos e todas as outras fantásticas criaturas.

    Na fase de finalização e da pós produção, foram utilizadas as estações SGI-Octane2 rodando o software Discreet Flame.

    Essas estações oferecem alta resolução gráfica graças a sua placa gráfica V12, com perspectivas de cores e texturas corretas, combinação extremamente realística das cores em objetos transparentes — e visualização de textura e volume em 3D com alta qualidade.

    O trabalho de renderização da Weta foi elaborado nas estações SGI 1100 e nos servidores SGI 1200 com a plataforma Linux OS.

    Iniciando com 32 processadores dedicados, na reta final foram usados 192 servidores de processadores duais, funcionando ininterruptamente.


    Ni!
    Always look on the bright side of life!
    Monty Python

    Liv Tyler Suxz forever!
     

Compartilhar