1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Alckmin e Cardozo anunciam criação de agência para combater crime organizado

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Gorthol, 6 Nov 2012.

  1. Gorthol

    Gorthol Lacho calad! Drego morn!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, definiram nesta terça-feira, 6, ações para combater a escalada da violência no Estado. A reunião foi realizada no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual.


    Entre as medidas está a criação de uma agência que irá integrar as polícias. O grupo vai elaborar relatórios para orientar as polícias Federal e Estadual no combate ao crime organizado. O objetivo, segundo Cardozo, é asfixiar o financeiro das organizações criminosas.


    A parceria prevê ações de contenção por mar, terra e ar. As polícias vão fiscalizar os acessos ao Estado, incluindo no porto de Santos, no litoral de São Paulo, e nos aeroportos. Nas regiões identificadas como epidêmicas de crack serão instaladas base comunitárias móveis com videomonitoramento.


    A primeira reunião da agência será realizada na próxima segunda-feira. Integrarão a agência as polícias Federal, Militar e Civil Rodoviária Federal (PRF) e Estadual, Secretaria de Segurança Pública (SSP), Depem, órgão que administra as cadeias, Receita Federal, Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Secretaria da Fazenda, polícia técnico científica, Ministério Público Estadual (MPE). "Essa parceria, inclusive jurídica, entre estado e governo federal será fundamental para esse trabalho. Não devemos temer reações. Devemos perseverar nesse trabalho", afirmou Alckmin. No encontro desta terça, ficou acertado que as Forças Armadas não serão utilizadas.


    Transferências. Alckmin falou durante coletiva nesta terça sobre a importância de acelerar a transferência de líderes do PCC para presídios de segurança máxima do governo federal. Cardozo afirmou que não serão divulgadas as datas e os nomes dos presos por questões de segurança.


    Reunião. Os secretários Sidney Beraldo (Casa Civil), Antonio Ferreira Pinto (Segurança Pública) e Lourival Gomes (Administração Penitenciária), além de membros da cúpula da Polícia Federal, Polícia Militar e Polícia Civil e representantes do Ministério Público e da Administração Penitenciária também participam do encontro, que teve início por volta das 14 horas desta terça-feira.


    Só neste ano, cerca de 90 policiais foram mortos em São Paulo. Na manhã de hoje, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Ivan Sartori, reuniu-se com o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Carlos Ayres Brito, e o Corregedor Nacional de Justiça, Francisco Falcão, em Aracaju, para discutir maneiras de o Judiciário ajudar a combater a onda de violência no Estado.
    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    __________________________________________
    E aí, galera paulistana? O que vocês acham de uma informação destas?
    Será que isto virá a calhar mesmo?
    Ou será este apenas mais um projeto político-marketeiro?

    De mais a mais, tomara que isto funcione de forma a coibir o avanço da criminalidade no país como um todo e não apenas de forma regional.
    Afinal de contas, analisando mapas histórico-geográficos da criminalidade em grandes metrópoles pode-se perceber que, quando o crime organizado encontra um ponto intransponível, ele não cessa, apenas migra para as bordas. Ou seja, espero que isto cause a diminuição da bandidagem tão benéfica para São Paulo, sem, no entanto, gerar um êxodo de criminosos para os outros pólos demográficos do país.
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Véi, pior que tá não fica. Rota matando adoidado, PCC matando adoidado, e nós no meio. E só ações conjuntas podem melhorar isso. E tem que, IMO, ocupar as grandes favelas, imitar o que deu certo no Rio. Aparelhagem a Polícia tem.

    Lá onde eu moro, as duas favelas estão com toque de recolher. Depois das 20:00h vc não vê mais ninguém na rua. Nem de fim de semana. Enche o saco isso.
     
  3. Gorthol

    Gorthol Lacho calad! Drego morn!

    Cara, toque de recolher em pleno século XXI n'uma democracia ocidental é muita filhadaputagem.
    É absurdo demais!
     

Compartilhar