1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ajudem-me por favor!

Tópico em 'E os Bardos Cantam...' iniciado por Alcarîon, 25 Jan 2008.

  1. Alcarîon

    Alcarîon Anão Barbudo

    Olá!
    Primeiramente deixe-me me aprsentar,eu sou Rodrigo,também conhecido como Alcarîon,em Quenya,e hoje vim lhes pedir uma ajudinha.

    Pois bem,eu tenho de fazer uma monografia até o final desse ano,e resolvi fazer ela sobre "A Comparação das Letras do Nightfall in Middle Earth com o Quenta Silmarillion"

    Para quem não sabe,o Nightfall In Middle Earth é um álbum do Blind Guardian,e é conceitual - ou seja,conta uma história pelas músicas.

    E eu gostaria de alguma ajuda nas análises das letras em comparação com o livro,e tomei a liberdade de criar esse tópico aqui!Por favor percebam que irei colocar nele todas minhas dúvidas,então por ventura "uparei" ele,ok?

    Bom,vou começar com minha primeira dúvida,quanto a faixa War of Wrath - nada difícil até a última estrofe.

    I had a part in everything
    Twice I destroyed the light and twice I failed
    I left ruin behind me when I returned
    But I also carried ruin with me
    She, the mistress of her own lust


    Ai que eu me complico!Eu tentei interpretar (de maneira simplória,para começar) essa fala de Morgoth,e me perdi no caminho.
    Até então eu tinha interpretado assim:

    I had a part in everything Alguma referência a sua participação na música
    Twice I destroyed the light and twice I failed Aí já me confundi um pouco - o que ele teria destruído duas vezes?A primeira deve ter sido as árvores,pois é o mal mais simbólico de Melkor.Mas e a segunda?A criação dos orcs?Corromper alguns Maiar?Ou até mesmo algo anterior,a deformação da música?E as duas falhas foram as duas derrotas nas guerras?
    I left ruin behind me when I returned Pra mim isso foi ambíguo!Ele quer dizer que deixou ruína por onde andou,causou caos?Ou que ele abandonou a sua maldade?E retornou da onde?Da prisão de sua primeira derrota?
    But I also carried ruin with me Esse verso me leva a crer que ele quis dizer que abandonou a maldade - mas nunca abandonou-a completamente,sempre a carregou consigo
    She, the mistress of her own lust
    Quem é a senhora de sua própria luxúria?A ruína.Pra mim isso foi só um comentário,sem relações com Tolkien.


    Outra coisa que percebi e que vai dificultar o meu trabalho foi que o Álbum não é "em ordem".Onde já se viu começar com a Guerra da Ira?

    Abraços.
    Rodrigo.:bamf:
     
  2. Galahan

    Galahan Lazy elven artist

    Concordo contigo nesta.

    Creio que aí ele se refere à destruição das lâmpadas dos Valar, Illuin e Ormal, as primeiras luzes no mundo. A segunda foi a destruição das árvores. Ambas foram infrutíferas pois sempre os Valar recriraram a luz, e também a luz das árvores persistiu nas Silmarils.

    Acho que o retorno a que se refere é o retorno à Terra-média. Ele deixou ruína em Valinor com a destruição das árvores e a discórdia e fraticídio entre elfos.

    Para mim os dois versos estão interligados. Morgoth se refere a Ungoliant. É dito no Silmarillion:

    Ela o ajudou em sem plano, mas ela não era submetida a ele. Ela era sua própria senhora, mas era castigada por seu próprio desejo de devorar a luz. E as Silmarils, agora as maiores fontes de luz em Arda estavam em poder de Morgoth. E com isso ele se tornou um alvo e quase pereceu ante a fúria faminta de Ungoliant se não tivesse a ajuda de seus servos, os Balrog.

    Na verdade eu acho isso o legal do álbum. É um recorte de reminiscências. Pega um gancho no final do conto que retorna ao princípio de tudo e acaba logo antes da "virada da maré". ;)

    EDITADO:

    Me lembrei de que existe um tópico com a análise do povo sobre as músicas desse álbum. Talvez te interesse.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar