1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

ajuda para interpretar um samurai

Tópico em 'RPG' iniciado por Secaum, 1 Ago 2003.

  1. Secaum

    Secaum Usuário

    to jogando D&D 3ed mas to com dificuldades para interpretar um guerreiro de 6 nivel, que quer, se tornar um samurai
    ate onde eu sei um samurai fala pouco e so fala coisas sabias,
    mas é apenas issu q eu sei
    vcs podem me dar mais alguma informação sobre como interpretar um samurai

    obs. do samurai x não vale, pq eu ja vi, mas ele parace um bobão qd não esta em combate :mrgreen:
     
  2. Vinci

    Vinci Usuário

    A espada de um samurai é sua alma.
     
  3. Yurian

    Yurian Usuário

    Claro... vejamos. :twisted:


    Bom, é aquela coisa! Pra falar coisas sábias, primeiramente você precisa ser sábio, não acha? :assobio:
     
  4. Undead Kurt

    Undead Kurt Usuário

    Um samurai tem um código de honra muito forte.
    Agora vc não disse se será um samurai com mestre ou um ronin (sem mestre).
    A diferença entre os dois é que o samurai defende os ideais de seu mestre (isso está no seu código de honra), a vida de um samurai está nas mãos de seu mestre. O samurai tb pode a vir a fazer o harakiri (acho que é assim que se escreve) caso o seu mestre morra sem tê-lo livrado de sua lealdade para com o mestre.
     
  5. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Olha eu não sei muito sobre samurais... apenas que o Bushido é algo arraigado em qualquer nível social japonês e posso dar uma pincelada geral sobre esse assunto. O melhor é ler Lobo Solitário de Kazuo Koike e Goseki Kojima. (Kozure Ookami no original) (e não, não é Musashi!)

    Ah, sim... o código de honra chama-se Bushido.

    Primeira coisa é que antes de abrir a boca tem de escutar. Ou seja, enquanto estiver "querendo" ser samurai não pode abrir a boca. Ele escuta. Quem tem mania de ficar falando demais não consegue ouvir... e nesse caso pra que quer um professor se já sabe tudo? :wink:

    :eek: Ela é sua vida! A alma da espada é do seu forjador e se ela precisar ser afiada depois de um tempo... do seu amolador!

    Deve manter em mente que a forma de pensar das pessoas antes de Showa (Meiji e anteriores) era parecido com o Feudalismo Ocidental. Onde um nobre protegia suas propriedades e seu povo, enquanto o povo pagava com trabalho e comida.

    Deve-se pensar esse relacionamento como Pai e Filho. O Pai protege e o Filho obedece. Daí os nomes de Oyabun (oya=pais, bun=parte, lado) e Kobun (Ko=filhos) também utilizados na Yakuza. (Crime reflete a própria sociedade que a marginaliza... em todas as sociedades é assim)

    O Sensei é alguém que sabe de algo que você não sabe. Ele nasceu antes e por isso ficou sabendo antes. Antes que ele passe o conhecimento não compete a você abrir a boca e falar besteira.

    Tudo é regido por essa aura de autoridade no Japão. Não é porque você aprendeu que se tornou superior ao seu mestre. Você aprendeu algo que ele já domina: ele teve tempo de aprender outra coisa.

    Por isso que o dito "ele superou a seu mestre" é tão valorizado. Pois a timidez que o código impõe a todos, impede que contestemos o mestre.

    Quando o mestre (daimyou) desconfia de sua , portanto não é estranho que o samurai não tenha como contra-argumentar. O próprio ato de contra-argumentar é em si uma afronta.

    De forma que o Harakiri (forma vulgar dada apenas aos camponeses) ou melhor Seppuku (cerimonial de suicídio) é a única forma do samurai provar que continua fiel, que seu sangue não está sujo. Daí a grande importância dada às vestes brancas (para melhor verificar a pureza de seu sangue).

    Outro ponto importante são os olhos. NUNCA olhe nos olhos de um superior. Isso denota total falta de respeito, uma atitude clara de desafio. É a primeira dificuldade de estudantes brasileiros cujos pais foram trabalhar no Japão.

    Deve notar que todo o seu ser deve ser antes de SUBSERVIÊNCIA do que de comando. Somente servindo é que você prova seu valor. Um samurai sem mestre não tem honra. Lembrem-se que guerreiros só tem utilidade se for para proteger um mestre, pois eles não fazem mais nada a não ser matar. Se não tiver essa colocação, você é um marginal, um mercenário, um assassino.

    Também por que você serve dá margem a dois comportamentos com seus subalternos: ou você é um covarde que só fica lambendo o saco do daimyou, mas com seus subordinados é um imbecil, ou você sabe a importância de tratar bem seus subordinados também. Em um caso dá a margem à arrogância/prepotência dos samurais. Do outro dá margem à dignidade dos samurais.

    O que é importante. O Shogun pode ser general do exército japonês, mas os samurais é que guardam as guarnições. Dessa forma, se um subalterno for pego fazendo merda, é o nome de sua casa que fica manchado.

    Esse é um segundo ponto: antes de você vem sua família. O que você fizer pode significar não apenas seu fim. Seu filho e todos os que vierem depois serão motivo de chacota, de zombaria... se sobreviverem. Pois caso sua própria morte não seja suficiente para purgar o crime, todos devem ser exterminados.
     
  6. Celes Chere

    Celes Chere Usuário

    Bem...tudo o que a Prímula falou está especificado
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    que diz tudo sobre samurais, ninjas, sobre a cultura japonesa, etc...
    :mrgreen:
     
  7. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Samurai

    Ambos, Harakiri e Seppuku, são rituais de suicídio. No Harakiri, falando a grosso modo, a pessoa que vai se sacrificar vira-se para o sol e rasga o ventre, de modo que isto vai proporcionar uma morte lenta e dolorosa (para os praticantes deste ritual, a mrote rápida não era o suficiente para puni-los). Quanto ao Seppuku, ele era um pouco mais "misericordioso" com quem o realizava. Para explicar o Seppuku, vou usar um exemplo. Um feudo A perde a guerra contra o feudo B. O senhor do feudo B vai pedir o Seppuku do senhor do feudo A ou vai matar a todos. Se o senhor do feudo A aceitar, ele comete um Harakiri e, a pessoa que ele escolher (seu melhor aluno ou amigo, geralmente) vai pegar seu katana e quase separar a cabeça do corpo de seu senhor, para abreviar sua dor. É importante dizer que não havia decapitação. Esta, sim, era era reservada à ralé ou aos bandidos.
    Quanto à personagem samurai, há uma classe chamada Master Samurai no Sword and Fist, que, tenho quase certeza, é o que você procura, Secaum.
    Hasta la Vista.
     
  8. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Samurai

    Ambos, Hara-Kiri e Seppuku, são rituais de suicídio. No Hara-Kiri, falando a grosso modo, a pessoa que vai se sacrificar vira-se para o sol e rasga o ventre, de modo que isto vai proporcionar uma morte lenta e dolorosa (para os praticantes deste ritual, a mrote rápida não era o suficiente para puni-los). Quanto ao Seppuku, ele era um pouco mais "misericordioso" com quem o realizava. Para explicar o Seppuku, vou usar um exemplo. Um feudo A perde a guerra contra o feudo B. O senhor do feudo B vai pedir o Seppuku do senhor do feudo A ou vai matar a todos. Se o senhor do feudo A aceitar, ele comete um Hara-Kiri e, a pessoa que ele escolher (seu melhor aluno ou amigo, geralmente) vai pegar seu katana e quase separar a cabeça do corpo de seu senhor, para abreviar sua dor. É importante dizer que não havia decapitação. Esta, sim, era era reservada à ralé ou aos bandidos.
    Eu, em minha humilde estupidez sobre a língua Japonesa, acho que pode ser cortar o Hara (chakra localizado dois dedos abaixo do umbigo). Mas disso nada sei.
    Quanto à personagem samurai, há uma classe chamada Master Samurai no Sword and Fist, que, tenho quase certeza, é o que você procura, Secaum.
    Hasta la Vista.
     
  9. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Samurai

    Ambos, Hara-Kiri e Seppuku, são rituais de suicídio. No Hara-Kiri, falando a grosso modo, a pessoa que vai se sacrificar vira-se para o sol e rasga o ventre, de modo que isto vai proporcionar uma morte lenta e dolorosa (para os praticantes deste ritual, a mrote rápida não era o suficiente para puni-los). Quanto ao Seppuku, ele era um pouco mais "misericordioso" com quem o realizava. Para explicar o Seppuku, vou usar um exemplo. Um feudo A perde a guerra contra o feudo B. O senhor do feudo B vai pedir o Seppuku do senhor do feudo A ou vai matar a todos. Se o senhor do feudo A aceitar, ele comete um Hara-Kiri e, a pessoa que ele escolher (seu melhor aluno ou amigo, geralmente) vai pegar seu katana e quase separar a cabeça do corpo de seu senhor, para abreviar sua dor. É importante dizer que não havia decapitação. Esta, sim, era era reservada à ralé ou aos bandidos.
    Eu, em minha humilde estupidez sobre a língua Japonesa, acho que pode ser cortar o Hara (chakra localizado dois dedos abaixo do umbigo). Mas disso nada sei.
    Quanto à personagem samurai, há uma classe chamada Master Samurai no Sword and Fist, que, tenho quase certeza, é o que você procura, Secaum.
    Hasta la Vista.
     
  10. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    existe uma classe samurai no oriental adventures. seria uma boa ter em mãos esse livro, mas eu sei q isso nm sempre é possível.

    naum é bem sobre samurai, mas já q estamos falando da cultura feudal japonesa, vale lembrar q os ninjas naum são aquela coisa toda q aparecem em filmes ocidentais. eles matavam pelas costas sim e tinham mais habilidade em usar furtividade q samurais de fato, mas um ninja é essencialmente um guerreiro camponês (não-nobre) q estava disposto a fazer o trabalho sujo q um samurai se recusaria a fazer e um ronin cobraria caro demais.

    e falando em ronin, eles eram ex-samurais q ou fizeram algo q perderam a sua honra ou cujo senhor morreu, se tornando um "samurai" sem senhor. por naum ter mais senhores, eles eram obrigados a trabalhar para outros para sobreviver e como já tinham perdido sua honra, naum eram presos como outros samurais, podendo fazer coisas q antes naum podia (atacar pelas costas e essas coisas...) normalmente era isso q fazia alguns senhores contratarem eles para certas tarefas ao invés de usar seus próprios samurais.
     
  11. Secaum

    Secaum Usuário

    valeu pela dicas q todos deram :D :D :D

    tb pesquisei um pouco na net
    no site
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    tb fala muita coisa, e ate muita coisa das q vcs falaram

    sobre o complemento punhos e espadas, sobre mestre samurai, é ele q eu quero me tornar :mrgreen:
    mas não adiantar me tornar um, e não saber interpretar :mrgreen:

    oriental adventures é um complemento, como os punhos e espadas?se for em ingles, pra mim e meu grupo é fd. :(
     
  12. Marroc Tûk

    Marroc Tûk Usuário

    a espada de um samurai é a continuação do seu corpo! Escute muito fale pouco e seja filosófico, defenda seus ideais e seja capaz de morrer por eles! um detalhe importante, alguem te desafiou???CoRTE primeiro Pergunte para o seu subconsciente depois!
     
  13. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Ninjas

    O conceito de ninjas hoje difundido é muito distorcido do que, na realidade, é. Os assassinos/espiões fiéis a seus senhores eram os torinjas, que seriam o que nós chamamos de ninjas. Ninjas, na realidade, eram assassinos mercenários e inescrupulosos. Por exemplo: se eu pagasse 1 milhão de peças de ouro para um ninja matar meu inimigo, ele poderia ir lá e dizer pro cara: "Olha, eu tenho que te matar por 1 milhão de peças de ouro. Se você dobrar a oferta, eu poupo sua vida." Às vezes, ainda pagava-se mais para matar o contratante inicial... Isso foi um exemplo bem grosseiro, mas era mais ou menos assim...
    Se for fazer um Samurai cavaleiro, não use um Katana, mas sim um Uchigatana, que era o usado por homens a cavalo.
    Hasta la Vista.
     
  14. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    só completando, e a espada do nija era a ninja-to, mais ou menos do tamanho de uma katana, mas era reta, e de qualidade muuuito inferior....

    aliás, sabe pq a katana era uma espada tão boa?? bem, senta q lá vem história. as espadas medievais européias naum cortavam e sim esmagavam. pq? pq eles tinham q fazê-las com um metal muito duro para q ela naum se quebrasse com facilidade, mas daí naum dava pra afiar. já a katana conseguiu juntar a qualidade do metal duro pra naum quebrar com o corte do aço mole. a espada era feita do metal mole e coberto pela metade (a de trás, q ficava virada pro samurai, claro) com um metal resistente, impedindo q ela se quebrasse com facilidade. e por isso q a katana é curva, pq qdo ela é esfriada depois da forja, um metal contraia menos q o outro (dilatação metálica, é o conceito do termostato). e por isso tbm q a armadura samurai naum era tão desajeitada e pesada qdo a européia, pq ela era feita mais de couro e seda pra impedir o corte ao invés de ser totalmente de metal pra diminuir o impacto como as européias.
     
  15. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Katana

     
  16. Secaum

    Secaum Usuário

    sim, espada era faita com metais diferentes
    mas sera q com o tempo e seus intemperes (sol, chuva edesgaste)ela sempre ficar na forma curva?
    pois é, um material forjado, e ainda pos cima com metais diferentes. tende a ter mais tenções internas, oq facilita as microtrincas internamente e extarenamente nos materiais. q mais tarde se tornam dentes, e por sua fez quebra a espada
    sera q a katana era tão boa assim mas o custo disso era a sua baixa vida util?
     
  17. marton

    marton Usuário

    A ninjato era reto tambem porque facilitava o seu ocultamento... Como os ninjas frequentemente trabalhavam disfarçados, quanto menos visivel a espada, melhor pra eles..
    E eu nunca ouvi essa versao de porque as katanas sao curvas.. Que eu saiba, com a espada curva voce conseque manejar ela mais rapido, tem menos atrito com o ar, da pra voce sacar no mesmo movimento do golpe, mas que é resultado da diferenca do coeficiente de dilatacao de dois metais eu nunca tinha ouvido falar... Alias, nunca ouvi falar que katanas sao feitas com 2 metais (e meu pai viu a pouco tempo um documentario com um cara forjando uma katana e acho que nao falou nada a respeito de dois metais diferentes, era tudo de aço)
     
  18. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    bem, qm me disse isso foi meu professor de história explicando feudalismo japones.... talvez ele naum seja a fonte mais confiável, mas faz sentido o q ele falou..... as vezes existiam várias técnicas de fazer katanas.... sei lá......
     
  19. Sesshou-Maru

    Sesshou-Maru Usuário

    Katana

    Bem, uma pessoa que eu conheço, que tem conhecimentos sobre Iai-do, falou da curvatura para redução do atrito, mas eu não perguntei a ele esta coisa dos dois metais... Meu professor de Geografia ficou falando Daimío 300 vezes, e todas as vezes eu resmungava: Daimiô... Hehhh... só para constar. Eu vi um documentário sobre Japão no Domingo passado, na TV Escola, mas nada falou sobre a curvatura do Katana... Há ainda 3 lâminas mais curvas que o normal: Uchigatana (mais longa e mais curva que o katana), Tachi (mais ou menso do mesmo tamanho, no entanto mais curva, que o katana) e kodachi (mais ou menso do mesmo tamanho, no entanto mais curva, que o wakizashi).
    Por hora é só isso...
    Hasta la Vista!
     
  20. marton

    marton Usuário

    Só uma nota, perguntei hoje na aula de Kenjutsu, e a katana é realmente feita com varios metais diferentes.. Nao se chegou a um consenso se eram 2 ou 3 metais diferentes, mas sao de metais diferentes sim e por isso que ela se curva pra traz... Logo, a informaçao do Barlach procede..
    Por favor, desculpe o meu erro..
     

Compartilhar