1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ajuda para criar um nome élfico feminino

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Lannafir, 8 Abr 2016.

  1. Lannafir

    Lannafir Usuário

    Bom, eu vou participar de uma atividade minha escola, onde estamos estudando livros, e por eles criar uma história baseada no tal livro, e eu escolhi os de Tolkien, so que não entendo muito sobre a língua, ja procurei alguns nomes para poder colocar em meu personagem mas não sei se esta correto, se é mesmo a tradução real, por que eu vi no Google kkk o nome é Lannafir: Onde vi, Lanna é senhora, e fir, trevas, e falaram que para criar um nome era so juntar duas palavras ou três... Queria saber se esta correto ou não, desde já muito obrigado!
     
  2. Eruonel

    Eruonel The Supreme Dark Lord of Wisdom

    Acredito que Morníss ou Nímor seria o mais correto, que é a junção da palavra mor = escuro e níss = mulher (fêmea de qualquer raça inteligente)
     
  3. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Rachei a cabeça pensando no nick élfico de algum usuário homem para colocar nas tags, acabei concluindo que o usuário ideal para zuar nessa situação seria eu mesmo. :flag:
     
  4. Lannafir

    Lannafir Usuário

    Triste :( terei que por qualquer coisa será? :(
     
  5. Primeiro, de forma bem resumida, há dois idiomas principais da língua élfica na Terra Média. Um é o Quenya, um idioma bem antigo utilizado pelos altos elfos, que na terceira era (o período dos filmes e do livro dos Senhor dos Anéis) já estava quase extinto.

    O outro é o Sindarin, o idioma mais utilizado na Terceira era e o mais famoso, ouvido nos filmes, canções e nos nomes mais famosos.

    Cada idioma tem a sua estrutura formadora para criação dos nomes, mas vou tentar simplificar.

    Outro ponto importante, os idiomas de Tolkien primam pela bela sonoridade, ou seja, não basta aglutinar, unir as palavras, elas têm que soar bem.

    Então vamos lá.

    Primeiro, o sufixo para feminino, não é Lanna, nem níss. Estes são substantivos. Os sufixos para dar o sentido de mulher/donzela são:

    -el
    -eth
    -il
    -gwen

    Segundo, fir- é um verbo e significa "morrer". E está ligado ao conceito dos homens (e mulheres) da Terra média, que são mortais. Logo, Firiel significa mulher mortal, ao contrário dos elfos.

    Trevas em Sindarin é "môr".

    Para "donzela das trevas" há um nome já atestado: Morwen.

    Escrever em "élfico" não é tão simples quanto parece, o mestre Tolkien criou um intrincado sistema linguístico, com suas evoluções históricas e complicações como qualquer outro idioma.
     
    • Ótimo Ótimo x 1

Compartilhar