1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Agressões a professores

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Kainof, 14 Nov 2008.

  1. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Fonte: G1 (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )

    O vídeo da notícia no SPTV:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    -------------------------------

    Foi-se o tempo da palmatória, agora o professor é que tem que ser protegido em sala de aula...

    O trabalho já é por si só desgastante, mas diante de traumas tão grandes de agressão e ameaças, são naturais o acometimento de depressão, síndrome do pânico doenças mentais similares. E esse é um problema em todas regiões do país. Eu mesmo já ouvi vários casos de colegas e etc.

    Qual a solução que pode ter para isso? Sem cair no autoritarismo extremo, afinal, há de se considerar a parte do aluno também.
     
  2. Zenaco M.

    Zenaco M. Usuário

    Como foi dito a Agressões a professores normalmente é porque o(a) professor chamou a atenção do aluno e ele não gostou e partiu para cima, isso mostra que o aluno não liga para as consequencias ja que sabe que nada vai lhe acontecer so com seu pais e responsavel, isto é culpa da lei Brasileira que proteje menor de idade, eu sou menor de idade e sou contra esta proteção ao menor, pois estes "loucos" que atacam professores(a) sabe que nada vai lhe acontecer ja que alei o proteje. Se fosse au contralio estes "loucos" ao atacar um professor(a) iria ter que respoder a justiça e não iria mas praticar este vandalismo, ou iria diminuir 75% dos ataques nas escolas contra professores(a)!!!:cool::cool::cool:
     
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    O pior é que não é só na rede pública. Esses dias um aluno da rede particular disse para a professora que ela não poderia colocá-lo para rua "por que era ele que pagava o salário dela" e o pior é que certamente se ela tirasse o filhindo da puta da sala não ia demorar a chegarem na escola os pais do anjo. Já na escola primaria que tem perto da minha casa os alunos estão roubando uns dos outros e o professores não fazem nada por que os "santos" ameaçam denunciar a escola no "Conselho Tutelar" se forem revistados. Na verdade nós estamos vivendo uma total inversão de valores no ensino. Professores mal pagos, pais que compensam a sua ausência em casa com excesso de liberdade, diretores encurralados. E o pior é que não se vislumbra nenhuma luz no fim do túnel.´

    Eu sempre fico revoltado qunado leio esse tipo de reportagem pois a minha mãe foi professora e diretora e adorava lecionar. Mas as vezes ela chegava em casa chorando de raiva devido aos sapos que era obrigada a engolir.
     
    Última edição: 14 Nov 2008
  4. Hobbit Bonzinho

    Hobbit Bonzinho Usuário

    E todos vão passar de ano pra as estatísticas ficarem certinhas e ajudar na próxima campanha do prefeito.
     
  5. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Solução? Nenhuma a curto prazo. É questão estrutural. Esse tipo de comportamente está ligado ao ensino que a criatura tem na família, e nos primeiros anos de escola.

    Se a família é desestruturada e a escola é uma bosta desde o início, não dá para esperar outra coisa.

    A curto prazo, só restam soluções paliativas: maior rigidez sobre o comportamento do discente, e talvez algum apoio judicial.
     
  6. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Mas aí entramos no problema do mais que incapaz sistema de recuperação de menores infratores (e criminosos em geral)

    Já estou começando a achar que reformas simplesmente, não bastam.
    Desse jeito andamos em círculos, corremos atrás do próprio rabo.

    Algo novo precisa ser feito, o diferente precisa ser tentado.

    Pra piorar tudo de vez, só falta entrarmos numa intensa recessão econômica. Aí seremos um país sem juízo, sem educação e sem dinheiro (algum). Então:

    GAME OVER

    Continue? 09
    insert coins
     
  7. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Por isso que eu digo que a verdadeira solução é estrutural, e qualquer ação no curto prazo é paliativa. Mas, de qualquer forma, é melhor colocar em ação o que se tem desde já, do que deixar a coisa como está.

    É burlesco acreditar que meras mudanças em leis e afins não vai solucionar a coisa. O principal ponto é a educação. Mas sacomé, é interessante manter a coisa como está.
     
  8. Lawliet_

    Lawliet_ Oni Giri

    Na minha opinião, manter as coisas como estão é conveniente para os que estão no poder, por que mudar?. Se isso continuar haverá uns que reclamam, outros que reivindicam, mas a maioria não fará nada. Mobilização conjunta é a unica solução para casos como esse. Pode-se até aprovar uma lei ou outra para punição mais severa em alunos (isso em epoca de eleição), mas acho que sempre haverá brechas, e as pessoas acabaram se acomodando demais a coisas desse tipo e continua-se a vida...
    (concordando assim com o que disse o Feanor)
     
    Última edição: 17 Nov 2008
  9. eowathiel

    eowathiel dançando lambada com um

    ehehe isso aqui em Portugal não é nenhuma novidade! As crianças estão cada vez mais mal educados...
     
  10. Goblin_Wizard

    Goblin_Wizard Hah! queimei um

    O fato é....nossa sociedade tá indo pra esse caminho.
    nao adianta agnt bota a culpa em algm...os pais, o governo, o proprio professor......se algo esta fora do lugar nao adianta simplesmente apontar para o culpado.

    Isso infelizmente eh uma realidade q agnt esta vendo acontecer. Eh uma pena q um pobre coitado desses q ker chamar a atençao e nao tem a minima noçao de educaçao ou respeito acabe agindo dessa maneira, arriscando a saude de um alvo, no caso, o professor. E a sociedade acaba dirigindo a culpa inteira nele, sem pensar q agindo dessa maneira apenas piora as coisas.......non dou nenhuma soluçao pq estou exatamente flando oq nós temos q mudar: nao podemos sair por ai botando culpa. Culpar eh facil.

    Eh triste q alguns professores precisem apanhar para a sociedade ver pra caminho que estamos indo....o problema eh q nós agimos errado diante disso. Professores q aguentem, pq isso nao vai parar tao cedo

    :osigh:
     
  11. servo de Eru

    servo de Eru Chuck Norris passa vergonha

    lamentavel saber que isso acontece e aida mais com os professores , uma profissão que deveria ser respeitada mas infelizmente não é ,um advogado que ajuda a soltar bandidos ganha muito mais que um professor.
    realmente o culpado de tudo isso é a sociedade,nesta nossa sociedade onde os ricos e bandidos mandam.o que fazer para acabar com tudo isso não tenho certeza do que fazer mas sei que ficar de braços cruzados não adianta
     
  12. Goblin_Wizard

    Goblin_Wizard Hah! queimei um

    Sim, mais ou menos isso....
    mesmo akeles q nao sabem como agir, contanto q nao culpem sem justificativas, jah estao dando uma pekena ajuda
     
  13. Arcavius

    Arcavius Ezio Auditore da Firenze

    Hmmm, acho eu que isso pode virar um comportamento cíclico. Uma geração "reprimida" de forma certa (e bem-educada e bem-sucedida por causa disso) pode soltar seus filhos, porque não acham esse aperto tão necessário, e sua forma de tratar as crias será oposta à repressão (há excessões, mas esta me parece de certa forma uma regra). Esta geração solta tem duas vertentes: os que se estrepam na vida e aprendem e os que se estrepam e não aprendem. Os que aprendem, de certa forma, podem voltar a "reprimir" (meu tio é um exemplo disso. Foi criado relaxadamente e cria a filha com rigidez), enquanto os que não aprendem continuam a criar gerações soltas. Então, podemos gerar a relação: em porcentagem, a população bem-educada, grosseiramente falando, cai a metade em cada nova geração.

    E isso me dá medo
     
  14. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Pai não dá educação, conselhos tutelares falam q os famosos "tapinhas" que ensinavam as crianças a se colocarem em seus lugares são crimes contra as crianças, então não podem ser dados... as crianças fazem o que querem dentro de casa e "montam cavalo" em seus pais....
    Bem, se eles não fazem nada, imagine os professores coitados!
     
  15. eowathiel

    eowathiel dançando lambada com um

    Mas muitas dessas crianças nascem em bairros sociais sem quaisquer condições... Com grandes problemas sociais... Já são crianças revoltadas...
     
  16. Éomer

    Éomer Well-Known Member



    Nem sempre, há casos de desrespeito de professores tanto em colégios públicos como em particulares de classe média alta ou até classe alta e nesses casos muitas vezes o professor também é obrigado a lidar com a prepotência dos pais. Nem sempre pobreza é sinônimo de falta de educação.
     
  17. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Exato.
    Aliás, em famílias de classe alta, há o velho problema da criança mimada e mal acostumada, que nunca recebe um não e acha que pode fazer tudo. E aí vira um adolescente problemático, chegando a casos extremos algumas vezes.

    O caráter independe da renda.
     
  18. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Paramos para pensar que a geração de agora é "turbinada", cheia de manias, cheia de expressões, cheia de FALTA DE EDUCAÇÃO, os pais deixam por conta das instituições de ensino a educação dos próprios filhos, e vira nisso, vira no caos, os professores já saturados de trabalho, mentalmente e fisicamente já debilitados, sensíveis a tudo então qualquer coisinha "BUM!!!" Acontece de aluno bater em professor, como também professor bater em aluno...e já ocorreram homicídios. Falta orientação familiar, um governo mais atuante e paciência para todos.
     
  19. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Minha escola é um exemplo disso. É uma escola particular, mas não-paga, para filhos de funcionários de um banco. A maioria tem uma renda boa ou excelente. Embora não haja agressões físicas a professores, estes se vêm incapacitados de dar aulas, e acabam adquirindo certa frustração. Os alunos simplesmente não permitem que aulas sejam feitas (talvez porque, pelo que me parece, boa parte são criadas para serem funcionários e nem se importam com vestibulares mais decentes), e quando um professor encaminha alguém à direção, o aluno volta com um papel e mais nada acontece. O foda é que muitos são excelentes professores no que diz respeito a sua disciplina, mas não parecem ser tão capacitados para lidar com essas situações mais extremas (o que é compreensível, professor é ensinador e não adestrador).

    Nesses casos de escolas particulares com alunos mimados e folgados, eu acho que uma política da escola mais autoritária funcionaria sim - e os pais, ao colocarem seus filhos na escola, deveriam estar de acordo com tal política. Não é uma política verdadeiramente autoritária, mas sim uma que cobre grande disciplina em sala de aula. Uniformes, cabelos, horários, para mim são questões secundárias.

    Agora no caso de escolas públicas, com alunos em condições sociais precárias, é mais complicado.
     
    Última edição: 18 Nov 2008
  20. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Crianças que tem tudo o que querem montam e desmontam em cima dos pais... pai que agrada com presentes ao invés de amor é aquele que vive ausente da vida do filho... como esse tipo de pai vai dar educação? Se esse tipo de pai não faz sua parte e a justiça não deixa as escolas fazerem algo, imaginem a anarquia!
     

Compartilhar