1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Adoração a Goku de Dragon Ball = Teologia Católica = Mariolatria: Semelhanças

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 3 Set 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O movimento de adoração ao personagem animado GOKU (da série de 500 episódios Dragon Ball) aparentemente começou através de ateus como uma crítica à religião. Inflamado por fãs do personagem, o movimento ganhou forma e força no FACEBOOK a ponto de se tornar blasfemo. Através das comunidades “
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ” e “
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ” as verdades bíblicas se tornam fonte de comédia profana. Isso demonstra a falta de espiritualidade geral dos tempos modernos. Tal brincadeira também leva milhares de pessoas a violarem o terceiro mandamento da Lei de Deus: “Não tomarás o nome de Deus em vão, pois o Senhor não terá por inocente quem tomar seu santo nome em vão” Êxodo 20:7.

    A profecia cristã diz que nada poderá abrir a mente da maioria do povo, exceto a queda das
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , ou seja, quando não for mais possível ser salvo.

    O desenho Dragon Ball é uma mistura de paganismo, xintoísmo e catolicismo: Goku morre, visita o Céu, ressuscita e termina o desenho como um deus. Ele é um desenho que ensina a mentira da imortalidade da alma e salvação pelas próprias obras de caridade. O personagem é naturalmente bom. Ao morrer, vai para o Céu de corpo e alma como Maria na teologia católica. Nessa luciferiana teologia, ela foi para o Céu com o corpo e alma, enquanto os demais foram para o Reino apenas de “alma”. O mesmo ocorre em Dragon Ball. Goku vive após a morte com seu corpo, enquanto a maioria das pessoas são apenas fumacinhas esvoaçantes.

    Como foi dito, o personagem é basicamente bom. Não precisa de Jesus para perdoar seus pecados e chegar ao Céu. Ele entra no paraíso pela suas próprias forças e não por causa ou pela fé no sacrifício de sangue de Jesus. É quase imune ao pecado original, senão completamente. De maneira semelhante, na teologia católica, Maria precisava ser sem pecado, para que Jesus nascesse sem pecado, ou praticamente imune a ele. Porém a teologia falha em dizer como Maria conseguiu nascer sem pecado, se sua mãe era pecadora. Pela lógica a mãe de Maria também deveria ser uma mulher imune ao pecado, bem como todas as suas ascendentes.

    Toda essa teologia sobre Maria cai por terra pois a Bíblia diz que TODOS pecaram (Romanos 3:23). A expressão ”Todos” logicamente que inclui Maria que se declarou necessitada de um SALVADOR de pecados em Lucas 1:47.

    Enfim, Dragon Ball e Marianismo são loucuras de Babilônia japonesa e católica. Para conhecer o que a BÍBLIA realmente ensina sobre a morte
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    As 2 maiores mentiras de Lúcifer para a humanidade são:

    1- O Domingo, o primeiro dia da semana, como dia de descanso e dia de adoração.

    2- A doutrina de que a alma humana é imortal, ou seja, ela sobreviveria a morte, acompanhado da doutrina da reencarnação.

    Deus, ó único Deus verdadeiro, nos ensinou que criou o mundo em 6 dias e tornou sagrado o sétimo dia, ou seja, o sábado. O sábado é o verdadeiro dia sagrado e não o domingo:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Exodo 20:8 – Quarto Mandamento da Lei de Deus: Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo.
    9 Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos,
    10 mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor, o teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades.
    11 Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou.


    Deus também ensinou que a alma humana MORRE, e JESUS ressuscitará os mortos santos na sua segunda vinda:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    I Tessalonicenses 4: 15- Dizemos a vocês, pela palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem.
    16 Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.
    17 Depois nós, os que estivermos vivos seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre.


    A mentira de que a alma sobrevive após a morte é comum no BUDISMO, NO XINTOÍSMO, NO ESPIRITISMO e nas Igrejas controladas por Lúcifer, como a Igreja Católica. Essa mentira é pregada em DRAGON BALL.

    Abaixo, um vídeo sobre a Guerra que houve no Céu entre Jesus e Lúcifer. Saiba mais e se proteja das mentiras do anjo caído (que hoje em dia são pregadas até para as crianças em forma de desenho):


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    __________________________________________________ ______

    Não quis desrespeitar ninguém, só achei muito bizarro um panfleto religioso escrever sobre Dragon Ball e comparar com o catolicismo.
     
    • LOL LOL x 4
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Por Favor, alguém chama o Paganus aqui!!! :lol:

    Seria legalo uma pessoa religiosa comentando isso. Pois, como eu sou ateu, acredito que meu julgamento seria quase que obvio para a maioria.
     
    • LOL LOL x 1
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Tem tanta blasfêmia nesse tópico que me deu câncer.
     
    • LOL LOL x 1
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Era pra ser um tópico comum de paródia mas o comentário pode ofender. É legal (divertido) chamar religiosos por quê? Bullying? Sadismo?

    Não é porque uma pessoa segue uma disciplina ou acredita em algo que ela seja tola (não é assim que a banda toca no mundo real). Confundir bondade e gentileza com tolice é muito fácil além de ser um equívoco.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Excluído045

    Excluído045 Banned

    :rofl:

    Bem que achei estranho. Olha que merda de fonte! Adventismo em foco, site adventista apologético típico chamando a Igreja católica de religião satânica e defendendo a velha doutrina da santificação do sábado, rejeitada pela Igreja antiga (seguida nisso pelo catolicismo romano e ortodoxo, e protestantismo em geral).

    Sobre a crítica que fazem do Goku, existem elementos do cristianismo (com certos elementos característicos da cultura oriental, japonesa e málgama de elementos do imaginário cristão com a mitologia oriental, além de motivos cristãos, relacionando a figura mártir e ressuscitado Goku ao de Cristo. Japoneses gostam de trabalhar isso em muitas obras de anime/manga, basta ver Evangelion.

    O problema aqui é o mesmo do ‘monstro espaguetti voador’: neo-ateus babacas que se acham os picas da galáxia querendo msotrar seu desprezo e sentimento de superioridade sobre os ‘ignorantes’ religiosos, debochando do valor religioso de Jesus, sua historicidade ao compará-lo a uma obra de fantasia, ofendendo aquilo que bilhões de pessoas tem (será que ainda tem?) de mais sagrado e sendo apoiados por uma mídia e mesmo de uma opinião pública que parece aprovar cada vez mais esses ataques, em nome da ‘liberdade religiosa’, da ‘livre expressão’, etc. Vida as ‘mártires’ do Pussy Riot. :puke:

    Nesse sentido, a crítica é até válida, mas...

    que merda de fonte. :roll:
     
    Última edição: 4 Set 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Foi porque fizeram uma pergunta séria num tópico de paródia (que pra mim está no seu direito) em uma área de piada (o comentário até justificou que queria uma resposta séria com intenção real no tópico). Desse jeito não leva nem o entretenimento nem a realidade a sério.
     
  7. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Religião católica reclamando de falta de respeito e de tolerância? :uhum:
     
    • Péssimo Péssimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Bom, eu concordo com a crítica que o Paganus apontou quanto às cruzadas intelectualóides de grupos ateístas... e acho uma babaquice assim como detesto o outro lado: as cruzadas religiosas sectárias...

    Eu acredito em Deus (sou espírita)... e na própria página apontada pelo Morfindel tem um link "O Espiritismo: Obra prima do engano" (estou habituado a ver algumas investidas desse tipo). Mas sem ir longe, o próprio texto postado dá mostras de intolerância religiosa fanática e pouco racional.
    Sinceramente, eu sou fascinado por religião (embora tenha estudado menos que gostaria). Às vezes quase me arrependo de ter ido estudar História Econômica ao invés de buscar temas de cultura e religiosidade. E sou completamente pelo diálogo ecumênico. Inclusive me comunico frequentemente com um pastor protestante de Belo Horizonte que diz algo interessante (mais ou menos isso): "Alguns evangélicos acham que têm o monopólio de Deus. Deus não é católico, não é evangélico, não é kardecista... Deus é Deus. Fica-se criando um espírito sectário, quando o convite é a uma fraternidade maior."
    O Cristianismo tem um potencial universal. Lembro-me da passagem do Bom Samaritano no evangelho de Lucas no contexto de uma interpelação a Jesus feita por um Doutor da Lei. O fariseu pergunta: "Mestre, como faço para herdar a vida eterna?", ao que Jesus responde: "Que diz a Lei e os profetas?", no que é respondido: "Amará o senhor teu Deus, de todo o coração, de toda a tua alma (etc) e ao próximo como a ti mesmo". Não satisfeito, pergunta o Doutor da Lei: "Quem é o meu próximo?" E Jesus conta a parábola, em que o homem desacordado é ignorado pelo sacerdote e pelo levita... mas é um samaritano que é movido de compaixão e o auxilia. Jesus leva o próprio fariseu a reconhecer isso e arremata: "Faze o mesmo."¹ Vejo aqui o caráter universal da mensagem cristã. A salvação se dá pelo amor e pela caridade, mensagens essenciais em tantas doutrinas (mesmo fora do âmbito do cristianismo).

    Eu sinceramente olho pra piadinhas como essas de Dragon Ball e acho graça (muita graça! :lol: )
    Entendo que haja pessoas que se sintam ofendidas por tripudiarem de algo que para elas é sagrado...
    Mas uma vez mais, lembrar do evangelho de João 15, 18-21:

    "Se o mundo vos odeia, sabei que odiou a mim antes que a vós. Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: O servo não é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir. Se guardaram a minha palavra, hão de guardar também a vossa. Mas vos farão tudo isso por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou."

    A intenção não é postar trechos descontextualizados pra provar o que me convém. Apenas para mostrar que o teor do evangelho é essencialmente um tratado sobre amor e caridade. Mesmo os que descrêem em Deus podem ver nele uma filosofia de bem-viver. Se tripudiam de tua fé (e o próprio evangelista antevê situações assim), é a tua fé mesmo que te aconselha o perdão. Buscar compreender o outro frequentemente traz consigo a compaixão. Não digo que a tudo devemos aceitar passivamente. Mas que mesmo na réplica sejamos brandos e humildes. Eis aí um desafio enorme... mas é um norte. :)
    __________________
    ¹ A passagem sobre a parábola não foi transcrita, de modo que está sujeita a omissões da memória...

    Me desculpem as possíveis bobagens escritas e a forma que essa postagem levou...
    Ando meio "místico" (faltou palavra melhor) ultimamente... rs :mrgreen:
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  9. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Até porque nós sabemos que tu respeita tremendamente as pessoas que acreditam em Deus.
     
    • LOL LOL x 1
  10. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Eu discordo do Mercúcio quanto ao ecumenismo. Acho-o a pior heresia já criada desde o arianismo, mas enfim... não confundamos ecumenismo com tolerância religiosa e respeito. Respeito todas as religiões e admiro muitas delas, talvez com exceção do judaísmo, islamismo e certos 'cristianismos'. Porém, não cedo o primado da verdade da fé cristã ortodoxa a nenhuma delas. Isso não é surpresa, é um posicionamento meu, e não só meu, antigo, anti-relativista e, bem... eu acho bem mais evangélico que confundir respeito com relativismo. Isso eu acho que Cristo nunca aprovaria, como dizia o santo Padre e arcebispo de Constantinopla (séc. IV), são João Crisóstomo:

    "Não aceiteis nenhum dogma estranho à fé pelo pretexto de um falso amor"

    Nenhum amor é verdadeiro sem verdade (lembremos Caritas in veritate, Caridade na verdade, encíclica do Papa Bento XVI, cuja leitura recomendo a todos), mas a verdade, como o Mercúcio apontou, sem amor, é menos verdadeira. Porque Cristo é a verdade, e Deus é amor. Amor e Verdade são indissolúveis, inseparáveis. Por isso em nome da verdade, eu considero o ecumenismo um falso amor. Mas a apologética violenta e intolerante, como a desse site, é anti-cristianismo. Percebem? São dois extremos em que o cristianismo vive perigando cair. Estão aí os mártires que não me deixam mentir, morreram transbordando de amor pela verdade.

    Enfim...

    "Se o mundo vos odeia, sabei que odiou a mim antes que a vós. Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: O servo não é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir. Se guardaram a minha palavra, hão de guardar também a vossa. Mas vos farão tudo isso por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou."

    - - - Updated - - -

    Sim, por causa da Inquisição de séculos atrás, você tem todo o aval pra chamar Maria Santíssima de prostituta, ofender Cristo e os santos, blasfemas em altares etc. Parabéns, champz, movendo o mundo com muito amor.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    No meu caso o que me incomodou não foi o tópico, que como o Mercúcio falou é uma piada e pra mim estava no lugar certo.

    O que perturbou foi o comentário que o seguiu desvirtuando o tópico e a área chamando especificamente um usuário, para uma argumentação séria sobre religião sendo que se não me engano um dos moderadores pediu para que as argumentações nesse tipo de assunto ficassem no tópico específico (que salvo engano acho que está fora da área de piadas). Se eu pudesse colocaria todos os nossos posts a partir do Felagund e colocaria todos no tópico de religião com um link para o tópico e deixaria a área de piadas em paz. Quer dizer, o tópico está certo, mas o usuário também é responsável por aquilo que posta.

    Eu gosto de discussões com argumentação sérias mas se for na onda da bagunça e forçar a trabalhar sério em uma área confusa como a de comédia tem que honrar a arena de combate antes igual fazem os lutadores de sumô. Na terra de Tolkien ainda tem lugares em que se a pessoa faz uma pergunta séria sem querer saber realmente a resposta portando ar de gozação isso pode dar atrito sem dúvidas porque é uma descortesia com o dono do tópico, com os usuários do fórum e com quem se interessa no assunto. Por isso dei o toque para não pensarem que porque uma pessoa tem religião ela seja ao mesmo tempo ignorante na hora de um discussão.
     
    Última edição: 5 Set 2012
  12. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Se analisarmos o nível de conhecimento de um Dr. em Teologia da IC e um desses ateus de butique que são a nova praga a infestar o facebook nós percebemos que é exatamente o contrário
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Eu ainda não vejo o tópico como piada ou paródia, todo o texto pode parecer ridículo e engraçado tanto para crentes como ateus, mas o Gokuísmo é real (imagino) e esse texto se posiciona contra tal "ideologia", colocando no mesmo saco todas as outras religiões que eles acreditam serem "falsas". É uma imbecilidade ver essa movimentação de neo-ateus se proclamando "gokuístas"(?) e esse discurso religioso de "religiões falsas", mas são coisas que existem, adventistas realmente devem pensar dessa forma (eu não sei nada sobre adventismo) e devem realmente achar que é o certo "alertar" sobre "os males" de tal brincadeira/blasfêmia (gokuísmo). Eu já vi um pastor dar palestras e publicar livros unicamente voltados a "alertar" sobre o satanismo da Disney e dos filmes da Disney, do dinossauro Barney e do card Yu-Gi-Oh!, é algo que sim parece piada mas tanto o pastor como alguns crentes de tal religião acreditam mesmo nessas coisas, então não é humor de fato, apenas algo visto como ridículo por quem não acredita.

    Eu, pessoalmente, quando encontro alguém que acredita em alguma coisa que considero besteira, como por exemplo: "toda vez que o Pikachu solta um raio uma criança morre"(WTF?!), eu apenas questiono os motivos da pessoa acreditar naquilo, não é certo rir da cara de alguém, principalmente por causa de crenças.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Pois é, e pra complicar a net potencializa certas coisas e dilui outras. É a era do impacto e da desistência fácil de entender tudo.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu nem sei porque eu estou respondendo uma coisa dessa, mas vai que o Paganus pensa parecido..
    Eu chamei o Paganus pq EU QUIS. Ele tinha todo o direito de não responder, de falar que é uma bosta e só ou qualquer coisa do tipo.

    O motivo de chamar ele foi pq eu sei que ele destrincharia todo esse tema e criaria um debate interessante. O Paganus entende muito de Teologia e é sempre interessante ver ele debatendo sobre isso. pelo menos para mim.
    Falar que a minha intenção ao chamar o Paganuz aqui pode ter sido movida por Bullyng ou sadismo é ridiculo.

    E vamos parar com esse patrulhamento. Se algum moderador achar necessário mover as postagens ou qualquer coisa do tipo, que eles façam, mas não patrulhe novamente meus posts. Se não gostar, pegue e comente com algum moderador, pois uma coisa que eu não gosto é usúario regular apitando o sobre o que eu posto e argumentando dessa forma:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  16. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    O termo utilizado talvez coloque certas dificuldades...
    Quis dizer que sou completamente aberto ao diálogo inter-religioso...
    Mas aí é uma questão de posicionamento.

    O Espiritismo para mim é a verdade. Trabalha com a idéia de três revelações fundamentais: Moisés, Jesus e o Consolador, que nós tomamos como o próprio espiritismo, ressaltando o seu caráter de revelação progressiva. Reencarnacionistas que somos, acreditamos que ainda não temos condições evolutivas para atingir uma verdade plena. Mas eu identifico fragmentos da verdade em outras religiões que não a minha... pois há uma mensagem de fundo que é comum e essencial. A verdade, acredito eu, no atual estágio espiritual em que nos encontramos é sempre fragmentária (mesmo a minha verdade). Mas essa verdade fragmentária nos norteia a caminhada. E se ela nos faz homens de bem, ela deve ser valorizada.

    Chico Xavier dizia algo assim: Se o espiritismo dissesse que fora do espiritismo não há salvação, eu teria trilhado outro caminho. Graças a Deus ele diz que fora da caridade não há salvação.
    O que está em consonância com o que diz a questão 982 do Livro dos Espíritos:

    982. Será necessário que professemos o Espiritismo e creiamos nas manifestações espíritas, para termos assegurada a nossa sorte na vida futura?

    “Se assim fosse, seguir-se-ia que estariam deserdados todos os que não creem, ou que não tiveram ensejo de esclarecer-se, o que seria absurdo. Só o bem assegura a sorte futura. Ora, o bem é sempre o bem, qualquer que seja o caminho que a ele conduza.”

    Ultimamente tenho me interessado em estudar mais o evangelho do ponto de vista da cultura judaica, buscando resgatar o contexto para apreender melhor o texto. E tenho lido bibliografia produzida por católicos, protestantes e espíritas. "Analisa tudo e retém o que é bom." Se houver padres, pastores e companheiros de diversos segmentos dispostos a me ensinar, terei o maior prazer em aprender com eles, sem por isso abrir mão do que acredito.

    Mais uma coisa que observo... é que tive a oportunidade de conviver com ateus extremamente virtuosos. E em certas ocasiões vi alguns desses ateus encarnarem o "bom samaritano" quando os "sacerdotes" e "levitas" (os crentes) não o fizeram. Esse cara não está esperando ser salvo. Ele acredita que a vida acaba com o corpo. Faz o bem porque sente que é o que deve ser feito. Não acredita em Deus, mas vive a sua mensagem. Acho que o mais importante é isso.
    São ateus, mas respeitam... e não fazem disso uma seita, uma cruzada intelectualóide.

    Acho que acabo caindo sim em um relativismo, como Paganus colocou... mas no fundo disso há uma concepção filosófica que me permite enxergar as coisas assim, cujo cerne é a idéia da reencarnação.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  17. Naiara Tinuviel

    Naiara Tinuviel Usuário

    Excelente post Mercúcio. O espiritismo tem como sua máxima "Não há salvação sem caridade". Independente de religiões ou doutrinas, quem faz o bem e pratica a caridade está fazendo o mais importante. Não importa se ateu, se evangélico, se católico...o que importa é o que a pessoa pratica. E no fundo, todas as religiões cristãs possuem a verdade mais importante: praticar o bem. Agora, se todos praticam essa máxima, é que é a questão.

    A parte que você escreveu sobre o ateu fazer o bem sem pensar na salvação, pois não acredita nela foi o melhor. Você simplesmente transcreveu meu ponto de vista. Karma eterno ;)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    É preciso esclarecer que um fórum funciona de forma diferente disso. O autor do tópico não é o único post que tem prioridade de apreciação. Tudo que vem depois dele está ali para ser considerado, analisado e se o usuário decidir responder o fórum foi construído exatamente para ser assim.

    Sobre moderação um dos moderadores já comentou que anda cansado de consertar desvirtuamento de usuário. É sempre melhor escrever no tópico para conscientizar as pessoas antes de ativar os mods. Inclusive os adms odeiam ter que trabalhar nessas pendengas. Por exemplo, se a meninada começa a chutar bolas no portão da casa eu prefiro falar com eles antes de chamar a autoridade, é o caminho natural.

    Mas eu explico o que acontece. Ao generalizar num tópico de diversão e nomear uma pessoa pra vir desvirtuar seriamente a área a pessoa veio irritada com a provocação e mandou logo um karma negativo no Morfindel e também quebrou o clima porque logo depois mais usuários estavam indispostos com a conseqüênca, resultado o tópico do Morfindel foi sabotado. E diversão tem hora e lugar... Irritar uma pessoa por irritar fazendo ela esquecer que tem um tópico só para isso não é legal e isso colocou uns contra os outros. Esse tipo de bagunça sempre que vir num tópico tem que se evitar.
     
  19. Excluído045

    Excluído045 Banned

    A parte que eu coloco é que o bem inexiste longe da verdade. Ou existe como uma moralidade que participa, em maior ou menor grau, da verdade.

    Mas mesmo crendo que a Ortodoxia é a verdade e que nela está a plenitude dos meios de salvação, JAMAIS direi quem pode ser salvo ou não. Ser ortodoxo per se não deifica ninguém. A deificação é um processo nascido do casamento, ou sinergia, da misericórdia divina e da boa vontade manifestada em boas obras e pensamentos, intenção pura.

    O mais santo, o mais deificado, aquele que atingiu a Theosis, que partilha da Luz incriada nas energias incriadas da Santa Trindade Vivificante, por puro, praticante do caminho noético, iluminado que seja, NUNCA dirá que, por estar na verdadeira doutrina dos Santos Padres e dos Sagrados Concílios, esteja salvo ou ditará limites à ação de salvação de Deus. Ninguém Lhe diz o que fazer, nem compreende Sua magnífica essência e intentos.

    - - - Updated - - -

    Que frescura hem, Akira? Dei nad karma pro morfs por conta da péssima fonte, nem me liguei que era a área de piadas, mas acabei voltando atrás. Pra que ficar batendo na mesma tecla? A discussão me parece muito boa.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Eu vejo como desnecessário xingar todo mundo (pra mim é sinal de irritação).

    Edit: É possível uma discussão ser boa e não ser pertinente. Nesse ponto mantenho o que coloquei lá em cima.
     
    Última edição: 5 Set 2012

Compartilhar