1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Adeus Maria

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Urubu Rei, 11 Mar 2010.

  1. Urubu Rei

    Urubu Rei Visitante

    Noite de ócio e eu escrevo
    Lanço cores corrosivas no papel
    O amor
    Poema sem rima
    Metáfora mal construída
    Sem métrica ou ritmo
    Nas mãos de um poeta apressado
    Meus caminhos não são retos
    Meus versos tortuosos
    Homem imperfeito
    Mulher imperfeita
    Juntos no papel
    O verso mais perfeito do mundo
    Por que a dor como rima?
    Amor rima imperfeito
    Ela era perfeita e se foi
    Vou ficando blasé
    A fumaça de cigarro toma conta do quarto
    Ela foi embora
    Os amigos foram embora
    Até a velha cucaracha foi embora
    Companheira das noites de sábado
    E eu achava que ela era fiel...
    Mas o açúcar acabou
    Acabou-se a luz
    Acabou-se o conhaque
    O vinho azedou
    A coca perdeu o gás
    Champanhe nunca houve
    Não sobrou dinheiro nem pra cachaça
    O dono da casa veio cobrar o aluguel
    Pediu a chave de vez...
    Adeus Maria, eu também vou embora...
    Pra Pasárgada?
    Como você é antiquada Maria, por Deus...
    Vou tentar a sorte em Miami
    Se te levo junto?
    Ora Maria, não me faça rir...
     
  2. Gonzo

    Gonzo Usuário

    Eu gostei, lembrou um pouco das poesias de amor deprimentes de antigamente onde o poeta morria jovem e com tuberculose em algum quarto de hotel, mas ai aparecem as referências modernas de cucaracha, coca, pasárgada e miami, aparentando que ou você adaptou pros tempos de hoje ou está parodiando o período literário e ao contrário dos poetas antigos em vez de morrer ou desistir da vida aparece uma recuperação "Ora Maria, não me faça rir..." que pra mim foi o auge haha. Parabéns.

    abraço,
    Gonzo
     
  3. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Muito boa sua colocação Gonzo.
    Também gostei, está moderna ela.
     

Compartilhar