1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"Abusado" (Caco Barcellos)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por imported_Amélie, 8 Fev 2009.

  1. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Dia 30 de outubro de 2006... Uma menina boba, sorri com o livro na mão, autografado por Caco Barcellos... Na dedicatória ele encoraja o jornalismo independente e investigativo... Aquela explicação e aqueles olhos azuis calmos, não vou mais esquecer!

    ***

    O livro conta a história de Juliano VP, um morador do Morro Dona Marta, que depois de nascer e crescer perto do tráfico, se transforma em um dos bandidos mais procurados do Rio de Janeiro... É engraçado como o leitor acaba pegando um certo amor pelo personagem tão contraditório, no ódio e no carisma...
    É bacana que aqui também tem algumas passagens que nos fazem lembrar de antigas notícias do jornal, como por exemplo a passagem de Michael Jackson gravando um clipe na favela, ou das guerras entre facções rivais... Tudo isso a gente vai descobrindo em quase 500 páginas que passam voando...

    Impressões?!? Quem já leu???
     
  2. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    RE: Abusado - Caco Barcellos

    Eu já li.

    O livro é bom de ler, fiquei sabendo que o Caco passou por poucas e boas após escrever... MAS não deixa de ser um livro que torna "amigão" um BANDIDO, TRAFICANTE e ASSASSINO.

    Catso ninguém em convence que não tem milhões de boas biografias sobre policias, promotores, juízes... mas é muito mais "cool" tornar um BANDIDO um cara legal. E o livro FAZ isso ao justificar atos, humanizar alguém que só chegou onde chegou por ser um "monstro".

    Não que isso seja coisa "de brasileiro", no mundo todo tmeos exemplos disso; ams eu ainda acho que temos tão pouco sobre "heróis" mesmo que não precisamos de vilões se tornando amigáveis.
     
  3. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    RE: Abusado - Caco Barcellos

    Ahhh isso é bem verdade! Mas acho que explica, mas não justifica! E tenho uma crítica sobre essa questão dos heróis... Porque a identificação com o traficante é pela humanidade dele, enquanto os livros que são escritos sobre os tais heróis, os colocam em posição de Deus.... O bem e o mal estão dentro da mesma pessoa, cabe ao autor escolher qual viés irá explorar... Quem tem que ter sendo crítico e decidir qual ele gosta mais é o leitor (na minha opinião!)... Assim teremos liberdade de expressão/informação...

    Mesmo pq o "Juliano VP" teve o seu destino após a publicação do livro, e não foi diferente dos outros...

    O Caco teve que ficar alguns anos meio que de alerta mesmo, pq recebeu inúmeras ameaças de morte... e ele já vinha sendo ameaçado por causa do Rota 66...
     
  4. RE: Abusado - Caco Barcellos

    Amelie, fui conhecer o Caco da maneira mais absurda de todas.Ele filmava o profissão repórter no metro de São paulo e eu dormindo ....zzzz....ate que ouvi a voz dele, e quando vi estava do meu lado.So dei bom dia....e ele me respondeu todo timido :sim: ele é um tipão hein?

    Um tipão lindo e inteligente.Abusado é um livro investigativo, tom de denuncia e já tinha lido o Rota 66 que também tinha adorado.Alguem tao critico assim, me impressiona se manter na Rede Globo.Fica expressa a admiração[/php] que tenho por ele.
     
  5. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    RE: Abusado - Caco Barcellos

    Eu li esse livro também...

    Vocês estão esquecendo de falar que tem fotos muito boas de várias épocas diferentes que meio que contam a história do morro dona Marta e dos moradores... Caco foi muitos feliz no acervo...

    Acho que não dá para antipatizar com o Juliano VP, e com muita gente do morro, porque o livro conta a história daquela gente muitas vezes desde antes deles nascerem. Dá pra sentir que o "sistema" não dá a minima chance para eles e pior, não tá nem aí (até que pelo menos algum burguês tenha uma overdose).
    Além do mais o Juliano é atrapalhado, idealista e teve uma vida interressante.
     
  6. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    RE: Abusado - Caco Barcellos

    [quote='Vail' pid='36396' dateline='1234229239'

    Acho que não dá para antipatizar com o Juliano VP, e com muita gente do morro, porque o livro conta a história daquela gente muitas vezes desde antes deles nascerem. Dá pra sentir que o "sistema" não dá a minima chance para eles e pior, não tá nem aí (até que pelo menos algum burguês tenha uma overdose).
    Além do mais o Juliano é atrapalhado, idealista e teve uma vida interressante.
    [/quote]

    desculpe mas quantos moradores o morro não teve? Desses quantos viraram ASSASINOS, TRAFIOCANTES e LADRÕES e quantos são TRABALHADORES, HONESTOS e viveram o MESMO "sistema"? Vira bandido quem quer...

    Não se antipativa com o VP pq a história do livro é cpontada dessa forma. Vamos pegar um pai/mãe de uma das inúmeras VITÌMS dele e quero ver alguém alegar que "não tem como antipatizar".

    Moromuito perto da favela do Heliópolis, conheço gente pra caramba lá... e é público e notório: vira bandido quem QUER. Esse papinho (ai sim burques) que o sistema tem culpa, a socidade, blá blá blá os próprios bandidos tiram sarro!
     
  7. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    RE: Abusado - Caco Barcellos


    Digo como fato histórico, talvez não tenha ocorrido de forma tão gritante no Brasil inteiro, nem em heliópolis ou aqui (Também moro numa região meio heavy metal ) mas no Rio, sobretudo, que é uma cidade turistica, cartão de visita do Brasil, antiga capital federal, lá o Governo jogou a maioria dos marginais ( digo isso na acepção histórica da palavra) pra cima dos morros na "grande higienização" do inicio do século. Uma vez lá, como se vê bem no livro, cessou ( como até hoje se vê) a participação do poder público. A não ser é claro o policial.
    E ao governo isso nem interressa pra falar a verdade, contando que eles ficassem no lugar deles, mas eles insistem em descem pro asfalto...

    É claro que nem todos viram bandidos, mas nenhum vira médico, nenhum vira engenheiro... e alguns, não se contentam com esmolas
    (Graças a Deus existem os revolucionários, são eles que lutam e conseguem algo pra massa silenciosa, na pele de bandidos, traficantes ou que for, é a existencia deles que vai forçar o governo a incluir o morro no mapa)

    E é claro, não faço apologia ao crime se pareceu assim, mas esse Brasil retratado no livro faz, e com eficiência.
     
  8. Iago Morais

    Iago Morais Usuário

    RE: Abusado - Caco Barcellos

    Nossa! Pela sinopse e pelos comentários,é mesmo um livro muito bom!
    Já está na minha lista!
     

Compartilhar