• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

A Volta de Morgoth Bauglir(?)

Eruonel

The Supreme Dark Lord of Wisdom
O Akallabêth reza:
Manwë, porém, expulsou Morgoth e o trancou para além do Mundo, no Vazio que fica fora. E ele não pôde retornar ao Mundo em presença visível, enquanto os Senhores do Oeste ainda estivessem em seus tronos.


Logo Morgoth não poderia retornar à Eä enquanto os Valar se assentassem em seus tronos (ou seja, governassem Arda), porém aconteceu que:

Então, Manwë sobre a Montanha invocou Ilúvatar; e naquela época os Valar renunciaram a sua autoridade sobre Arda.


Portanto, os Senhores do Oeste ao renunciar sua autoridade régia sobre Arda, tecnicamente não se sentavam mais em seus tronos, pois não governavam Arda, apenas governavam Aman que fora retirada dos Circulos do Mundo. Arda não pertencia mais a eles, e seus tronos não pertencia ou dominavam ela.

Então porque Morgoth não poderia voltar a adentrar no Mundo? Pelo menos de forma invisível já que os Senhores do Oeste não mais governavam esta?
 

Snaga

Usuário não-confiável!!!
A Segundo Profecia de Mandos fala exatamente sobre a volta de Morgoth e o fim dos planos de Ilúvatar. Mas ela foi posteriormente descartada por Tolkien.
 

Ilmarinen

Usuário
O Akallabêth reza (...)

Então porque Morgoth não poderia voltar a adentrar no Mundo? Pelo menos de forma invisível já que os Senhores do Oeste não mais governavam esta?
Eruonel: Como Snaga falou aí em cima, Tolkien descartou a Segunda Profecia de Mandos onde Morgoth retornaria "se os Senhores do Oeste não se sentassem mais nos seus tronos", mas não o conceito da Última Batalha que tem uma das suas versões prevista na Profecia. É essa versão que foi descartada mas não o evento em si.

Nela, Última Batalha, Dagor Dagorath, que é prevista em outros rumores proféticos que correm entre os homens e se originam na sabedoria do povo de Andreth, e não nas profecias de Mandos comunicadas aos Eldar, Morgoth retornará quando recuperar parte suficiente de seu poder dispersado no Elemento Morgoth para poder, justamente, voltar em "forma visivel", ou seja recriar o seu corpo material, fana, e substituir o previamente eliminado pelo Juiz dos Valar.

Isso ocorre,pq, na versão tardia do Legendarium, ele não foi acorrentado com a Angainor e enviado para a Escuridão, fora de Eä, com os pés decepados, mas, sim, EXECUTADO por Mandos fora de Aman como um dos Encarnados e seu espírito desabrigado vaga na periferia do nosso sistema estelar mas dentro ainda do nosso Universo "ansiando por regressar".

Passagem central pertinente transcrita aí:

A guerra foi bem sucedida, e a ruína limitada à pequena (embora bela) região de Beleriand. Morgoth foi então de fato feito prisioneiro em forma física (9), e naquela forma tomado como um mero criminoso para Aman e entregue a Namo Mandos como juiz – e executor. Ele foi julgado, e eventualmente levado para fora do Reino Abençoado e executado: isto é, morto como um dos Encarnados. Ficou então claro (embora deva ter sido compreendido antes por Manwe e Namo) que, embora ele tenha ‘disseminado’ seu poder (sua maligna e possessiva e rebelde vontade) longe e amplamente na matéria de Arda, ele perdeu o controle direto disso, e tudo que ‘ele’, enquanto um resto sobrevivente de um ser inteiro, manteve como ‘si mesmo’ e sob controle era o espírito terrivelmente diminuído e reduzido que habitava seu auto-imposto (mas agora amado) corpo. Quanto este corpo foi destruído ele estava fraco e inteiramente ‘desabrigado’, e àquele tempo perplexo e ‘desancorado’ como estava. Nós lemos que ele então foi arremessado no Vazio (10). Isto deve significar que ele foi colocado fora do Tempo e Espaço, toalmente fora de Eä; mas se assim o foi então isto implicaria em uma intervenção direta de Eru (com ou sem súplica dos Valar). Isto pode, contudo, se referir inacuradamente * à extrusão ou fuga de seu espírito de Arda.

(* [nota de rodapé ao texto] Uma vez que as mentes dos Homens (e mesmo dos Elfos) eram inclinadas a confundir o ‘Vazio’, enquanto o conceito de Não-ser, fora da Criação ou Eä, com o sentido de vastos espaços dentro de Eä, especialmente aqueles concebidos para se situarem no insular ‘Reino de Arda’ ( o qual nós deveríamos provavelmente chamar o Sistema Solar).)
Você pode checar o texto onde Tolkien explicou essa mudança de concepção nesse texto traduzido do volume X da História da Terra-Média, o Anel de Morgoth

Melkor Morgoth

Então o regresso de Melkor irá acontecer no futuro distante da Terra (Arda ) nosso Mundo, e gerará os acontecimentos analogicamente correspondentes ao Apocalipse Bíblico e ao Ragnarök nórdico.

Você pode conferir as partes relevantes dos textos do Tolkien relativas a esse assunto discutidas com detalhes nesse tópico aqui.
 
Última edição:

Tar-Mairon

DARK LORD AND LOVING DAD
.

Mas, com todo o drama que envolve a difusão do Ingrediente Melkor, para tudo o que existe em Arda, a ideia de um Apocalipse/Ragnarok tolkieniano não se torna obsoleta (e a mitologia do Professor muito mais sombria e melancólica)?

Ou seja, o Elemento Morgoth disperso pela matéria é um problema insolúvel; concentrado em um ser, por mais difícil e penoso que fosse, seria algo possível de combater e vencer.

.
 

Eruonel

The Supreme Dark Lord of Wisdom
Acho que ele está tão difundido em toda matéria de Arda, seus rios, montanhas, seres, árvores, e até mesmo homens, que seria impossível elimina-lo completamente sem causar nenhum dano ao mundo, por isso já é colocado um data pra resolver isso de uma vez e como no Ragnarök e Apocalipse biblico, causar uma destruição para uma renovação.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.125,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo