1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A verdade lançada ao solo (Paulo Rosenbaum)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Meia Palavra, 7 Fev 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Escrever sobre religião, fé e dogmas é uma batalha árdua, primeiro por se tratar de um assunto que mexe com pessoas que acreditam cegamente e aqueles que a negam, sem contar em diversas teorias filosóficas que tentam provar os benefícios e os malefícios, todavia, todas tem um ponto em comum: posicionar o homem em um papel fundamental na Terra. E desse ponto partem, se tudo é criado quem criou o tal do criador? É nesse ponto que vemos um cenário construído por Paulo Rosenbaum, médico e poeta, entrelaça acontecimentos entre os séculos XIX e XXI, onde filosofia, religião e segredos se chocam.

    É interessante notar que de um contexto totalmente religioso da primeira parte possamos partir para uma segunda parte que mistura dois caminhos perigosos: Yan e Sibelius estão presos nos alpes e o resgate parece impossível e nesta situação extrema temos um choque entre acreditar que ainda existe Alguém acima do poder do homem para salvá-los e sobre o sentido que a vida tomou para chegarem até lá. Nesse ponto temos o problema de um diálogo truncado, de difícil associação com a realidade, afinal, em uma situação extrema, é bem difícil que duas pessoas conversem de maneira civilizada ou racional.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar