1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Torre Negra V: Lobos de Calla - Stephen King

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por -Jorge-, 29 Jan 2017.

  1. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Depois de sair de uma Topeka alternativa e escapar do mago Randall Flagg, o ka-tet de Roland chega à vila de Calla Bryn Sturgis, onde encontram o Padre Callahan, personagem conhecido de outra história de King - A Hora do Vampiro (Salem's Lot, em inglês). O povo da cidade pede aos pistoleiros que o defenda da ameaça dos Lobos — cavaleiros mascarados que surgem uma vez a cada geração para roubar metade das crianças do local e devolvê-las semanas depois, física e mentalmente incapacitadas. Enquanto isso, na Nova York de 1977, a Corporação Sombra planeja atacar o terreno baldio onde floresce a Rosa, manifestação da Torre Negra no mundo atual.

    Da Wikipedia:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    ----
    A história melhora bastante nesse volume, hein?

    Retrospectivamente, acho que o me irritou muito no volume 4 foi a súbita interpolação do passado de Roland no meio da história principal. Achei meio desnecessário mesmo e agora tendo a atribuir aquilo a falta de um plano do King na escrita da série, já que ele levou 30/40 anos escrevendo...

    Se alguém me pedisse indicação, diria para ler o primeiro livro, salta para essa interpolação do volume 4 e só aí voltar pra ordem normal, né? A "escolha dos 4", Blaine etc. Aí fica legalzinho. Muito Jornada do Herói mas tudo bem.

    Já sobre o volume 5 em si, temos uma versão do King dos Sete Samurais/Sete homens e um destino. Já dá pra entender melhor como ele estruturou os livros também, com linguiça no meio e as partes importantes no começo e no fim, então não me irritei. As histórias aqui são interessantes e pertinentes também (Callahan, Lady Oriza, do grand-père de Tian Jaffords, James Jaffords e a relação com a rosa na Nova Iorque de 1977).

    Parece também que os personagens ficam pulando de filme em filme. No anterior era O Mágico de Oz; nesse, Os Sete Samurais/Sete homens e um destino. Dá pra dizer que no volume 3 seria algum spaghetti western? Talvez só na parte do Eddie...

    Não gostei muito do final. Parece que vai ficar meio meta-ficção, né? "Tudo é ficção" Todas as realidades são parte da grande história" algo assim. Meio A História Sem Fim... Mas provavelmente só vamos ver isso no último volume, já que o próximo só tem 300 páginas e pelo título deve ser dedicado só a desfazer o rolo da Susanah (tô achando que ela vai morrer, hein... =/)

    @Mireille , sinta-se intimada a comentar!
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    :lol:

    Eu gostei muito do livro. Confesso que quando fui lendo, pensei: gisuis, esse volume vai ser só um grande filler e não vai caminhar em nada a história principal. Mas ainda bem que no fim das contas caminhou.

    Verdade. A história do padre Callahan funciona, mesmo sendo "emprestada" de outro livro. Todas essas subtramas conseguiram me prender a atenção!

    Eu meio que já tava esperando que as revelações do final fossem ser aquilo... a descrição da espada me deixou bolada pensando nisso, e no final era :lol:. Mas ainda acho o castelo do Mágico de Oz a maior bizarrice de todas!
    Acho que ele não vai explicar essas conexões do nosso mundo com o mundo de Roland... só deixar entendido que existem vários portais e pontos em que os mundos se conectam e que por isso acaba "vazando" coisas de um pro outro, pessoas que caminham entre eles e etc.
    Aqui cabe lembrar que de novo temos Stephen King como personagem de um livro de Stephen King :-P Salem's Lot é um livro que existe dentro do universo deste livro, será que vão explicar como a "história real" de Callahan foi parar de forma escrita? Nesse caso não cabe a explicação de ser um vazamento, uma vez que o Callahan veio do nosso mundo e o livro também.

    Acho que ela não morre! Na verdade não tinha nem pensado nisso :o! Tinha achado um pouco forçado aparecer outra personalidade pra ela ??, apesar de fazer sentido e ser um catalizador na trama. Eu gostei de todo o plot Detta/Odetta, então tenho boas expectativas pro próximo livro.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar