1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Torre Negra: O Pistoleiro (Stephen King)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por -Jorge-, 8 Jul 2016.

  1. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    O pistoleiro é um romance do autor americano Stephen King e é o primeiro volume da série A Torre Negra, sobre a qual King escreveu em 2002 que ele considerava sua magnum opus. A história centra-se sobre Roland Deschain, o último pistoleiro, que está caçando seu adversário o "Homem de Preto", há muitos anos. O romance segue a trilha de Roland através e além de um vasto deserto em busca do Homem de Preto. Roland encontra várias pessoas ao longo de sua jornada, incluindo um garoto chamado Jake Chambers que viaja com ele por parte do caminho.

    Fonte: Wikipedia
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Aqui as informações no site da editora:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    -------------------------------------------


    Como pretendo ler com a @Mireille alguns todos os livros da série (vamos ver até onde aguentamos) resolvi criar esse separado. Se alguém quiser aproveitar para acompanhar a leitura (@Mana-Yood-Sushai ? @Erendis? rs ), sintam-se convidados. Os especialistas em King, @Clara , @Spartaco e outros, o que acham desse primeiro volume?

    Já existem dois tópicos sobre a série (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e outros bloqueados
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ) mas nenhum sobre os livros em específico.
     
    Última edição: 9 Jul 2016
    • Ótimo Ótimo x 2
  2. Joe the Lion

    Joe the Lion Usuário

    Eu li há alguns anos, então não posso comentar com detalhes no momento. Muita gente não consegue passar desse primeiro livro, dizendo que ele é confuso e parado. Eu gosto muito dele. Gostei muito do clima de certo mistério do livro, que nos apresenta esse personagem fechado que é o Roland e outro bem misterioso, o Homem de Preto. Jake chega e alivia um pouco esse clima. Enfim, eu acho que o livro pode ser muito interessante se você der uma chance a ele. Lamento não poder comentar melhor, mas tô lembrando pouquíssimo dos detalhes. Leia e comente aqui o que estiver achando da leitura. Quem sabe minha memória melhore e eu participe da discussão hahah. Tentarei fazer um comentario menos raso.
    O segundo livro é melhor ainda. Vale a pena dar uma chance aos dois livros antes de desistir da série. Boa leitura pra você e pra quem te acompanhar
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Amo esta série! :grinlove:
    E sim, o primeiro livro é estranhíssimo, mas não desista, Jorge, depois as coisas vão se encaixando e quando você entrar naquele mundo vai entender tudo o que acontece.
    Espero que você continue a leitura e abra tópicos pra os outros volumes.
    Vou procurar os livros pra ir acompanhando porque é claro que misturei tudo e já não sei bem quem aparece onde e as referências (elas são inúmeras) que surgem em cada um, cinema, outros livros (do próprio King, inclusive) programas de tv, etc.
    A primeira (e mais óbvia) é a do estranho sem nome vivido pelo Clint Eastwood nos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    do Sergio Leone, seja pelas introduções escritas pelo S.King no ínicio dos livros, seja pela descrição que faz do personagem: alto, magro, caladão e com uma aparente frieza.
    Durante toda a série a imagem que fiz do Roland Deschain de Gilead foi e sempre será esta (mesmo que na filmagem t
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    pra interpretar o pistoleiro).
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  4. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Aeeeeeeee! Vamos lá nessa jornada :rolleyes:
    Comecei a ler um pouquinho do livro, e na introdução o Stephen King fala um pouco das inspirações pra série. E é justamente isso que a @Clara falou! Ele diz que ficou com vontade de escrever uma história de fantasia ao ler Tolkien, mas não tinha muito bem ideia do quê, a inspiração veio depois de assistir no cinema
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , terceiro filme da Trilogia dos Dólares, com o Clint Eastwood. :D
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  5. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Tô gostando sim, viu. Vocês falaram e fiquei com medo, mas agora não entendi como tem gente que não gosta. (Vou pro cap. 4)

    Não é tão confuso também. Temos Roland, o Lobo Solitário. Temos a história de Tull. Alguns flashes da infância de Roland: sua criação por Cort na arte da guerra com alguns companheiros. Depois o que aconteceu com Susan, a paixão de Roland:
    Foi queimada como bruxa, não? Antes disso, parece que houve uma guerra civil e usaram armas radioativas etc.
    Temos o garoto John Chambers
    que foi ressuscitado pelo Homem de Preto do pré-apocalipse, mas resta saber pra quê (enfraquecer Roland?).
    No presente, temos um mundo que parece o velho oeste.

    Um detalhe interessante é a importância da religião e da fé no livro. Parece que algumas pessoas usam o Cristianismo como forma de manipular as multidões, criando cultos, como a Sylvia Pittston e o tal Marten. Interessante esse papel de "religiosas loucas" que cabe às mulheres na obra do King, né? (pelo menos do que vi nos filmes, já que livro é o primeiro que leio). Por outro lado, temos a religião de Roland (uma religião indígena dos mannis ou um sincretismo com o Cristianismo?). Por fim, a Torre Negra, que aparece como um Deus do Velho Testamento, sendo insondável e exigindo sangue. E temos o(s) demônio(s)...

    A história apresenta várias duplicidades também: Roland x Homem de Preto, Roland x Jake, Susan x Alice, Deus x Demônio, Bem x Mal.

    Além disso, eu pulei as introduções etc. Então não captei muito bem a relação entre a história e O Senhor dos Anéis até agora...
     
    Última edição: 13 Jul 2016
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Também tô curtindo a leitura :yep:

    No início fiquei um pouco perdida com as magias - não entendia muito bem como o Roland usava (as do Homem de Preto pareceram mais "padronizadas" de certa forma).

    Ainda estou tentando entender exatamente qual a relação do "nosso" mundo (o original de Jake, Nova York etc) com o mundo "atual" onde os personagens estão inseridos. É o mesmo universo, mas no futuro? Por um lado, lá tem referências a Jesus e Hey Jude, mas por outro o Roland disse que nunca ouviu falar em cidades com arranha-céus, nem nos ensinamentos que teve quando criança. Também é dito que em Tull "a maioria dos lampiões de rua funcionava, mas não eram elétricos".
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Também tô tentando entender a relação do mundo deles com o nosso, Mireille. Pode muito bem ser de continuidade. Roland nunca saiu do seu velho oeste, do que parece ser seu país (Mejis?) e nunca viu o que restou de Nova York ou prédios altos. Ou pode ser muito no futuro e já não restou nada, mesmo que ele não consiga viajar muito longe. Parece ser muito no futuro, porque a infância dele dá uma ideia meio medieval de florestas e pradarias haha pós-industriais, mas ainda tem trilhos de trem, por exemplo. Como vemos no cap. 4. Ah! E temos as referências a Cristo e a Bíblia.

    Eita, mas quanto dessas teorias tá errado @Clara e @Joe the Lion? Será que daqui pro final não se explica muito disso? :think: Vamos ver.

    Sobre outro assunto: até ontem tinha pensado que apesar de ser um lobo solitário, Roland desenvolve uma relação de marido/amante com Alice e de pai com Jake, mas aí vem o cap. 4... E ele é só um cara obcecado demais com a Torre Negra. Será?

    E olha, tirando pelo primeiro livro, acho que a série não daria bons filmes, mas uma boa série de animação ou quando muito uma série.
     
    Última edição: 27 Out 2016
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Terminei o livro e olha, gostei bastante!

    O que foi aquele diálogo final entre o pistoleiro e o homem de preto?! Sensacional! "O tamanho contém a vida e a Torre contém o tamanho" - e toda aquela filosofia sobre o nosso universo ser o que nós percebemos ao nosso redor. "Para o peixe, o lago onde ele vive é o universo".

    "Suponha que todos os mundos, todos os universos se reúnam num único nexo, um mesmo portal, uma Torre. E que dentro dela haja uma escada, levando, talvez, à própria Divindade. Você teria coragem de subir até lá, pistoleiro?"

    Tinha começado a suspeitar que o homem de preto tinha que ser alguém relacionado ao passado de Roland. Mas eu chutaria o Cuthbert, não pensei que podia ser o Marten. Pior que olhando em retrospecto, só podia ser ele mesmo. :P Aquelas aproximações com a mãe do Roland... e falando nela, em certo momento o livro refere-se a Roland como "matricida", mas até agora este ponto não foi explorado. Fiquei curiosíssima.

    Outro ponto alto: fiquei sem fôlego com o desafio contra Cort! O falcão... muito corajoso, o rapaz! Fiquei realmente com medo pelo Roland. Tecnicamente já sabemos que ele venceu pois estamos acompanhando-o no "presente", mas sei lá. As pessoas morrem e voltam à vida o tempo todo nesse livro. :lol: Esse desafio foi meio que o "ponto de virada" na vida dele, né? Depois daí ele ficou obstinado com a Torre e etc.

    Aliás, a personalidade obstinada do Roland é fascinante, mas não dá pra não pensar às vezes que ele é meio cabeça-dura demais. Parece que quando coloca algo na cabeça é definitivo. Bom, vamos ver com os próximos desafios...

    Fiquei com gostinho de "quero mais", agora Roland terá que fazer a sua "escolha dos três" (seja lá o que isso for, exatamente), que é o título do próximo livro.

    O primeiro é jovem, de cabelo preto. Está próximo do roubo e do homicídio. Um demônio tomou conta dele. O nome do demônio é HEROÍNA.
    - O segundo?
    Ela vem de rodas. Não vejo mais.
    - O terceiro?
    Morte... mas não para você.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Também gostei bastante. Os capítulos são tão diferentes uns dos outros! Não sei como tem gente que não gosta. E a luta contra Cort é realmente um dos pontos altos

    Não achei que o Homem de Preto fosse alguém realmente físico, Mireille. Ele é responsável pela morte de Jake, é o amante da mãe, o aparente assassino do pai e conspirador Marten. Aposto que está envolvido com a morte de Susan também =P. Achei, primeiro, que era um arquétipo do mal, mas depois se vê que ele tem alguma relação com a Torre que lhe deu uma certa imortalidade e magia ou outros poderes. Não está claro se a Torre é boa ou ruim. Talvez os dois. Como Roland diz a Jake acerca do Homem de Preto (Ele não é bom nem mau. Apesar de parecer mau). Aliás (sobre o teu post anterior) não vi muito o pistoleiro usar magia. Pensava na Língua Alta (é assim? não lembro) que ele usa? Mas ele parece entender das coisas, né?

    Ah, mas parece bem claro o que aconteceu né? Ela traia o pai com o Marten. Roland descobriu, quis tomar o grau de pistoleiro com Cort para se vingar e conseguiu. Seguindo o conselho de Cort, ele esperou a vingança. Marten contou alguma mentira para o pai de Roland que exilou ele. Marten matou o pai de Roland. Roland voltou, descobriu tudo e... matricídio. Me lembrou um pouco a história de Orestes dos mitos gregos, que (spoiler!) mata a mãe (Clitemnestra) porque ela matou o pai e rei (Agamemnon) junto com o amante (Egisto). Tem também relação com Édipo, né? Já que em um ponto Roland diz que os três eram um triângulo amoroso e conserta "ou quatro se eu me incluir" (indicando certa quedinha pela mãe =P).
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    É difícil definir quem é realmente "físico" :think:. Por exemplo, o Jake era físico? Eu acho que sim (apesar de já ter morrido há muito tempo)
    Verdade, não lembrava dessa parte! Tinha achado estranho ele matar a mãe pq parecia que queria juntar todas as forças pra se vingar do Morten, não dela (quero mais detalhes da vingança XD). Mas enfim, faz sentido mesmo!
     
  11. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Depois esqueci o que queria dizer com o "físico"... =P

    Acho que você tem razão em relação ao Jake. Mas acho que falei no sentido de que o Homem de Preto age como os agentes de Matrix, "incorporando" nas pessoas para fazer o mal, lançar a semente da discórdia, como fez com os habitantes de Tull, na cidade do Roland e também na própria mente do Roland, trazendo Jake de volta.

    Aí ele não teria uma existência real, temporal, mas pode existir em vários lugares e tempos. Vai ver ele é só o avatar, a manifestação, de algo real por trás... Sei lá. Só teorizando (e imaginando a @Clara e o @Joe the Lion rindo nos bastidores dessas viagens...).
     
    Última edição: 23 Jul 2016
    • Ótimo Ótimo x 1
    • LOL LOL x 1
  12. hquest

    hquest Usuário

Compartilhar