1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

" a realidade é uma merda "

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por carlo jorge, 30 Dez 2011.

  1. carlo jorge

    carlo jorge Usuário

    Acalme-se, olhe as apóstrofes, não foi eu quem disse essa frase, escrevi claro, mas essa frase clássica é de autor desconhecido. Digo clássica pois já ouvimos bastante, sentimos bastante e também adoraríamos muitas vezes estar fora da realidade, e sim, alí, dentro, no centro dessa ilusão de ótica por exemplo. Uma pessoa que não revelo o nome nem sobre tortura, garantiu pra mim que dentro de sua realidade, só sua, se sente cantora, se sente aplaudida no interior da música tocada no seu fone de ouvido e assim fazendo a viagem longa ficar agradável e tranquila. Imagina-se uma estrela dentro do seu carro e uma musa no seu chuveiro. Me garantiu também que em situação muito ruim, ruim mesmo, sempre imagina como será quando aquilo acabar, pra quem irá contar, se aumentará a história, se omitirá os detalhes, e quando percebe, foi-se. A situação já passou. Para essa pessoa, essa é sua maneira de sair da realidade. Compensa?


    Dizem que a realidade é para ser vivida, encarada de frente, ser contra ela quando for dura, apostar que consegue passar por cima em época de revolução, inundar a boca e a garganta com gargalhadas altas na realidade feliz. Mudar a realidade quando achar que aquilo não serve mais a você, e fazer a realidade de alguém trocar de rota quando se dá um amor em falta aquela alma.
    Preferir viver em sonho...bem; tem lá suas compensações.


    No antigamente, até profissões, algumas, ensaiavam passos para serem seguidas, essas, fora da realidade, fora de um mundo onde somente se conheciam profissões de uniformes brancos, eram dadas como fúteis, desgostos, piadas. Porem brotavam sonhos naquelas mentes que gostavam de uma realidade diferente, de viver no sonho da escrita embargado de claves e dedilhando partituras, pincelando borrões e inventando máquinas novas. Mentes que sonharam, inspiraram o mundo dos realistas, transformaram batidas sem nexo em ritmos nobres de embalo de sábado a noite.


    Ouvi dizer que para ter uma vida ruim, basta viver no mundo da ilusão - " caia na real "; dizia um deles. Pense um pouco, mas realidade do que se vive, acho impossível, se o sonho, se a ilusão, que seja de ótica, não existir, onde irá se ancorar a esperança?


    Viver em órbita é tão presente e forte em nossas vidas que as novelas fazem sucesso, filmes explodem bilheterias e heróis, como se poderia ser, fazem parte do nosso meio. Do meio adulto, do mundo grande, do mundo real.
    Um apaixonado, passa suas horas mais felizes vivendo dentro do cubo do amor? Será que não? Será que ele não é mais satisfeito no mundo vivo, intocável, porem vivo, do romance?


    A imaginação, o toque da ausência, a aventura desbaratinada, o ser insano, isso é uma arte de tocar seu caminho no lado da vida onde a corrida por dinheiro não tem vez.


    São eles, os loucos e mortos da realidade que pintam mais a vida, são os sonhadores que fogem de um mundo vil e transportam para outras almas um caminho sereno, verde, sábio e mais gostoso de se estar.


    Viva a não realidade, viva ao sonho, sim ao mundo dos autistas de emoção, viva a motivação da ilusão, o acreditar do circo, as velhas histórias, os desenhos animados e os 15 anos da moça e os 18 do rapaz.


    A realidade é uma droga; e sejamos honestos. Quem não quer estar fora dela?
     

Compartilhar