1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A realidade de SDA

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Analf Ninque, 31 Jul 2004.

  1. Analf Ninque

    Analf Ninque Usuário

    Ayia mellon nin!

    Como fãn tolkinianos. sabemos que o grande mestre Tolkien participu se eu não me engano da segunda grande guerra!, participando da guerra Tolkien trouxe mais realidade ao livro! Segundo alguns, os personagems e os povos foram baseados em pessoas e povos, vou vitar um exemplo, se eu não me engano o personagem Samwise foi inspirado num grande amigo que lutou ao lado de tolkien. A questão é...quais os povos, nações, personagens reais são representados no livro (por exemplo Celtas = Elfos, etc...)

    Hannon le, cuio vae!
     
  2. Mith

    Mith This server is too busy!

    Hum, eu acho que isso é uma coisa meio errônea de se fazer. Ainda continuo falando que Tolkien tinha imaginação o suficiente para criar o seu próprio universo (o que fez muito bem), e não retirar idéias do mundo atual. :twisted:
     
  3. Eu também acho que ele se inspirou em algumas coisas, já que escrever um livro sem se basear em nada é um coisa quase ou completamente impossível!!
     
  4. Finarfin

    Finarfin Usuário

    A intenção de Tolkien era criar a Mitologia das Mitologias, portanto ele se baseou sim nas mitologias ja existentes para fazer a sua obra... naum foi tudo fruto de sua imaginação.... se você for analisar, em quase tudo que existe na obra foi tirado de alguma mitologia... o que tolkien fez foi adaptar tds essas coisas em uma unica obra... claro que tem coisas que sairam do proprio Tolkien, mas de uma forma geral, foi uma super adapitações de todas a mitlogias no mundo em uma só... o que ele conseguiu fazer brilhantemente...
     
  5. Witchking

    Witchking Usuário

    ele participou da primeira guerra mundial; seu filho, christopher, participou da segunda... axo q a influencia da guerras nas obras de Tolkien se restringe às guerras de Beleriand, enfim, a todas as guerras existentes na mitologia de Tolkien...
     
  6. Imadofus

    Imadofus Banana Hammock!

    Nas Guerras de Cartago, o exército cartaginiano (ou algo do tipo) tinha elefantes de guerra. Mûmakil, alguém?
     
  7. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Recomendo que leia o prefácio e a introdução de SDA. Ali Tolkien fala sobre isso, e os achismos de quem ou o que foi baseado em quem ou o que!! :mrgreen:
     
  8. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Analizando a obra junto de uns amigos, vemos claramente q muito da obra tem (ou parece ter) como fundamentos (inspirações) coisas religiosas, da biblia. É só prestar ateção. Afinal, pelo q sei ele era Teologo ( 8O ).
     
  9. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Ele era católico! E fervoroso, pelo que consta! E, embora existam semelhanças com a Bíblia, você também vê semelhanças com várias mitologias.

    Afinal, a idéia dele era montar uma mitologia própria.
     
  10. Nob

    Nob Usuário

    Tolkien afirma em algum lugar das Letters (não me lembro da localização exata; quando achar eu coloco aqui) que na verdade a maior influência para as guerras em Arda (principalmente a Guerra do Anel) foi na Primeira Guerra. De fato, as idéias do SdA vieram antes que a Segunda Guerra explodisse, embora seja provável que Tolkien tenha tido algum tipo de sua influência enquanto escrevia.

     
  11. bicho

    bicho Usuário

    O próprio Tolkien, no prefácio de SdA, diz que não tinha a intenção de fazer analogia a nada.
     
  12. Smaug

    Smaug Cacho

    Influência Indireta

    J.R.R. Tolkien diz que de maneira alguma faz referências diretas as guerras mundiais. Isso mesmo, ele não faz referências diretas, mas eu acredito que sejam indiretas, do subconsiente. Algo que faz a pessoa colocar aquilo na história por um impulso de inspiração, sendo assim, as geuuras foram indiretamente influenciadoras na mitologia criada por Tolkien.

    No texto A Guerra dos Glorfindels, apresentado no tópico
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    é relatado nas primeiras páginas que dos amigos de Tolkien, quase todos morreram na guerra, e sobraram pouquíssimos amigos.

    Para mim, eu concordo em dizer que Tolkien não foi influenciado diretamente na criação de sua obra, pois se fosse indireta, eria uma guerra muito diferente da narrada mitologicamente em suia obra. Mas ao certo eu digo que Tolkien foi influenciado indiretamente na criação de suas histórias, pois as referências ao nosso mundo são sútis; deixando mais a mostra a mitologia celta, nórdica e tal do que as guerras do nosso planeta.

    Em As Duas Torres esta escrito que a fumaça e/ou neblima de Isengard esta evaporando e/ou subindo aos ceus e tem uma formato de guarda-chuva, isso é: formato de um cogumelo, por sua vez associada a fumaça que subiu depois da explosão de uma bomba, como a de Hiroshima.
     
  13. Nob

    Nob Usuário

    Tolkien foi influenciado diretamente sim, e muito. As próprias mitologias que você citou são um exemplo, Sr. Cachopardo.

    O que Tolkien afirmou que não ocorreu foi a questão das alegorias. Na intenção dele não quis passar nenhuma mensagem ou referência a algum fato atual. Mas ele não diz que não houve alegorias não intencionais. A isso, Tolkien denominou aplicabilidade.

    Ah, tem um tópico muito bom sobre isso:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  14. Smaug

    Smaug Cacho

    É claro, Tolkien foi influenciado como pessoa, mas não exatamente dizendo na obra. Vamos ver: a guerra que Tolkien lutou foi uma guerra moderna: armas modernas, bombas e tal. Já as coisas escritas no SdA não fazem diretamente alguma citação à guerra.

    Bem, nas guerras narradas por Tolkien em SdA demonstram um alto poder de narração mitológico, mas não uma narração moderna como no caso de tropas foram com bombas e preparavam uma armadilha estratégicamente pensado na forma de guerra moderna de nosso mundo; mas sim estratégicamente pensado na forma da inteligência miológica que habitavam os cerebros dos combatentes.

    Sabe, o que eu quero dizer é que para a narração em si, a influência foi indireta, pois para mim a narração tem um poder mitológico, mas já na criação do contexto que envolve a história, pode ter sido sim influenciado diretamente pela guerra.

    Compreende ?
     
  15. Luna Telperion

    Luna Telperion Usuário

    Eu acredito que, ao escrever, uma pessoa utiliza, além dos seus conhecimentos, claro ( que não são poucos no caso de Tolkien), os sentimentos. A pessoa acaba colocando o que tem dentro de si numa obra. Tolkien valorizava muito a amizade e a coragem, por exemplo, e colocou isso no livro; pode ser que quando ele criou Sam estivesse lembrando do seu amigo, ou mais ou menos isso, mas não acho que tenha tido a intenção de descrever de fato este amigo com outro nome.

    "Era a primeira vez que Sam via uma batalha de homens contra homens, e não estava gostando muito do espetáculo. Ficou feliz por não ter visto o rosto morto. Perguntava-se qual seria o nome do homem e de onde teria vindo, e se realmente tinha o coração mau, ou que mentiras ou ameaças o teriam conduzido na longa marcha desde seu lar, e se realmente não teria preferido ficar lá em paz."
    ( De ervas e coelho cozido, pg. 274)

    Esse tracho, pra mim, diz muita coisa: Tolkien não queria mesmo falar sobre as guerras por que tinha passado, em que homens que nem sequer tinham motivos reais para lutar, embatiam-se ferozmente. Ele queria falar de coisas mais verdadeiras.

    Resumindo: eu acredito que Tolkien, como ele mesmo disse, não teve nenhuma intenção de fazer alegorias, e acho que ele não fez nenhuma "alegoria indireta" ou "sem querer". Mas, como qualquer pessoa que passa por uma experiência dessas, ele ficou de certa forma marcado, e quando escreveu, passou um pouco dos seus sentimentos para o livro. No meu achismo, ao ver tanta coisa ruim acontecendo, e sem absolutamente nenhum sentido, ele buscou criar uma história em que existissem valores reais; depois de ver um mundo em que as pessoas não dão valor à vida das outras, em que o interesse, a ambição, coloca países uns contra os outros, ele escreveu uma história totalmente diferente da realidade, muito melhor - eu faria isso, se tivesse a capacidade, acho...
     
  16. Ar-Alkaiser

    Ar-Alkaiser Usuário

    Tolkien não colocou somente suas experiências de guerra como todas a sua moral cristã no livro principalmente no Silma.
     

Compartilhar