1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A questão da tradução

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Ana Lovejoy, 11 Abr 2003.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Achei que aqui foi levantada uma questão interessante sobre tradução que pode dar boas discussões. O tradutor é um intérprete? É possível fazer uma tradução sem dar seu próprio tom (e conotação) ao texto?
     
  2. Avenger

    Avenger Usuário

    A princípio acho q quem traduz tem q fazer alguma interpretação. Pelo menos é essa a conclusão a que cheguei depois de fazer várias traduções para ganhar uma grana. Foram traduções de documentos, trabalhos escolares, livros, revistas...

    Como se sabe, nem todas as palavras ou expressão de uma língua tem correspondente as de outras línguas. Esse é um caso óbvio de onde tem q se interpretar um pouco o texto.
    Outro caso óbvio de interpretação é akele q se ve nas transmissões ao vivo do Oscar, quanto um ator faz um trocadilho em ingles. Ou mesmo qdo se le um trocadilho em uma revista ou livro. Se vc traduzir literalmente fica simplesmente ridículo e sem sentido.

    Pra se fazer uma tradução o mais fiel possível ao original tem-se q conhecer muito bem ambas as línguas, a de origem e de destino. Não só a gramática, mas o "jeito de pensar" em cada língua.
    A língua portuguesa é extremamente rica em palavras para expressar praticamente qualquer coisa e quando faltam palavras o povo inventa. Já a língua inglesa da qual tenho um conhecimento razoável, visivelmente tem bem menos palavras, porém eles compensam essa escasses de palavras com uma tremenda criatividade ao combina-las. Acho q todos já ouviram falar dos phrasal verbs, são uma amostra disso. Fora isso há muitíssimas expressões que eles usam que se forem traduzidas ao pé da letra não tem sentido e muitas vezes também não tem similar em portugues, por exemplo.
    Por isso afirmo q é nescessário saber 'pensar' em ambas as línguas que se está trabalhando e não somente saber traduzir palavras. Sem essa habilidade a qualidade da tradução fica bem comprometida se for para algo 'sério' (como um documento).
    Tudo depende de quão fiel tem de ser a tradução....
     
  3. Prime Nazgûl

    Prime Nazgûl Usuário

    Acho o mesmo q vc, Avenger.

    Mas eu sou contra traduções d musica, pq sempre acabam perdendo a sonoridade ou o sentido, quando não os dois. E isso é uma aplicação da teoria acima.
     
  4. BlackBeard

    BlackBeard Usuário

    Tb acho a mesma coisa q o avenger, o cara falou tudo.

    E tb sou contra de se traduzir letras do ingles pro portugues, acho q perde muito do "clima" (isto se a letra for boa), um bom exemplo é vintage whine do skyclad q eu penei pra enteder o minimo, é cheia de trocadilhos e etc.
    acho q se traduzisse naum sobraria nada.

    I'll paly Bacchus for the evening,
    pray, be seated - take your places.
    Should my manna seem displeasing,
    offend your airs and graces,
    I've a list long as your arm,
    (The connoisseur's selection),
    such bitter whines - a quaff of qualms,
    awaiting your inspection.

    The bubbles burst - this aint sham-pain
    I've watched hopes wither on the vine
    The fruits of labours toiled in vain
    I reap soul-grapes at harvest time.

    Anno 1999 - a classic year for Vintage Whine.

    CHORUS:

    Since it's drawn - I must sup the cellarage of sorrow,
    yet fate refills my tarnished cup each time I drain the dregs.
    Their poison cannot kill me - new strength from it I'll borrow,
    my maudlin is a caudle that would fill a thousand kegs.

    Here's one for the road - afore ye go,
    drink deep sweet lads and lasses.
    Those blighted crops you gladly sow,
    shall one day fill your glasses.
    Brood for decades - pure hate distilled,
    then bottled-up much longer.
    Revenge - a draught I'll serve you chilled,
    when time has made it stronger.

    Non-cordial - it's bile bouquet.
    Laments ferment the patience schnapps
    Cask full of mulled futile dismay
    My well-aged rage - you've turned the taps.

    Anno 1999 - a classic year for Vintage Whine.

    CHORUS:

    Since it's drawn - I must sup the cellarage of sorrow,
    yet fate refills my tarnished cup each time I drain the dregs.
    Their poison cannot kill me - new strength from it I'll borrow,
    my maudlin is a caudle that would fill a thousand kegs.

    Anno 1999 - a classic year for Vintage Whine
     
  5. Luthien_Star

    Luthien_Star Usuário

    Ninguem poderia ter dito algo melhor que o Avanger. Até vou desistir de digitar a minha própria opnião, que seria mera cópia da dele...
     
  6. Tem um livro que reúne várias traduções do mais que clássico poema "O Corvo" do gênio Allan Poe.
    Uma das traduções é a do organizador do livro, e acho que também poeta, Vínicius Alves.
    Ele tem um texto explicando sua tradução. Ele não entende muito bem inglês, mas conhecia bem o significado do poema....
    Segundo ele próprio, o que ele fez foi uma "tradusom", ele pegou o significado do poema e a sonoridade e remontou o poema.
    A maioria das traduções (Machado de Assis, Fernando Pessoa, entre outros tantos...) substitui o "Nevermore" por "Nunca Mais", uma tradução correta, mas que acaba com a sonoridade do poema....
    Vinícius Alves substitui por "Não Agora", depois de perceber que a tônica de "Nevermore" era na junção de "OR" (nevermORe - não agORa) que segundo ele lembra o crocitar de um corvo....

    Quem quiser ler esta e todas as outras traduções de "O Corvo" entre em:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  7. eu evito ficar traduzindo td q vejo, eu soh ouço, ou leio, e interpreto mentalmente, como se fosse em portugues msmo...mas qdo eh preciso traduzir, ai tento colocar do jeito mais proximo q fica do significado, mas sempre perde um pouco dele

    tem ateh um erros engraçados de tradução, naum me lembro onde li mas me lembro de alguns erros:
    na legenda de um filme, qdo os atores diziam:let's make a toast! aparecia :vamos fazer uma torrada! o certo eh vamos fazer um brinde!

    num livro o kra confundiu o significado da palavra general, no livro era no sentido de geral, mas o tradutor colocou general como general de exercito!
    :lol: :lol: :lol: :lol:
     
  8. Prime Nazgûl

    Prime Nazgûl Usuário

    Na musica "Carolina IV" do Angra tb tem "made a toast". Eu sempre achei q era torrada mesmo. :roll:
     
  9. Cibele

    Cibele Usuário

    O tradutor reescreve o texto... é impossível ser imparcial nessa questão. Portanto, sim, ele dá seu tom ao texto...
     
  10. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    É complicado se manter imparcial em uma tradução, mas o tradutor sensato faz o possível para não fazer a tal da "traição". Acho que o caso mais ingrato de tradução cabe aos que traduzem poesia: ter que manter o mesmo ritmo e ainda assim manter o sentido não é tarefa fácil.

    Dá para tomar por exemplo o caso d'O Corvo que o Narag-Burk comentou. O tradutor tem que se dobrar em dois para manter o ritmo (que é mais importante para o poema do que pensam muitas pessoas) e o sentido. Tem ainda um caso que eu sempre comento lá no Literatura, da tradução da Ilíada e da Odisséia. Para manter o ritmo, tem tradutor que chega a inventar palavras de modo que o sentido e o ritmo fossem preservados. 8O
     
  11. Coiote

    Coiote Fallin´

    eu concordo com o Avenger....
    mas voltando com o q a Ana disse,eu acho q naum tem jeito vc traduzir uma coisa e naum dar o seu toque,afinal pra vc traduzir vc tem q INTERPRETAR.
    o pior eh aquelas traduçoes grotescas tipo traduzir bastard como bastardo hehe :mrgreen:
     
  12. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Realmente um tradutor vive um eterno dilema!
    Como o Avenger falou lá em cima, o ideal é vc "pensar" como os falantes da lingua de destino, mas é impossível fazer isso de um modo perfeito, sendo falante nativo de português... Então o lance não é bem pensar, mas conhecer o propósito da tradução e adaptar o q for necessário para facilitar a compreensão do público-alvo, mantendo o sentido do texto original.

    Alguém falou em traduções de músicas... Eu acho q é possível sim traduzir uma letra de música, assim como se faz com um poema! Como a Ana citou, mudam-se palavras, troca-se a ordem, exclui-se alguma informação e até se adicionam outras, tudo isso pra se manter o ritmo e o sentido original! Não dá é pra fazer uma tradução linear e simples, como se a letra fosse um simples texto!
     
  13. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    Traduzir não é difícil. Até eu consegui traduzir um poema do William Blake. Mas o dífícil mesmo é traduzir o texto sem modificar a intenção do autor. Afinal, cada língua possuí sua sonoridade, e o que é agradável em inglês não é em português.

    Traduzir músicas é errado no sentido de se querer obter um equivalente. Pois músicas usam e abusam de linguagem conotativa, difícil de ser traduzida.
     
  14. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Ah tá! E a poesia tbm não???
     
  15. Psychedelic Furs

    Psychedelic Furs Usuário

    Por isso que eu acho que as coisas nao devem ser traduzidas, pelo menos tentar nao traduzilas, por exemplo, eu estudei no internacional, aqui em curitiba, onde as materias e o meio de comunicasao com os amigos eh td pelo ingles, e eu reparava que eu recebia todo tp de informasao em ingles e entendia ela em ingles mesmo na minha cabesa, pq c vc tenta passa pro portugues vc c perde intero e as vezez muda de um jeito ou de otro o significado da frase...

    pelo menos pra mim eh assim...
     
  16. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Então, Guile... pra vc q cresceu numa comunidade praticamente bilingue é bem mais fácil "entender" em inglês... Mas nem todo mundo teve essa sua sorte! Muitas pessoas têm vasto conhecimento em áreas técnicas como engenharia, por exemplo, mas não sabem falar outra lingua senão o português... Pra uma pessoa assim as traduções são importantes... Se não houvesse traduções boas, os intercâmbios de informação estariam comprometidos!
     
  17. Psychedelic Furs

    Psychedelic Furs Usuário

    Poisé... mais o previlegio ( como se escreve previlegio ? heheh ) eh deles !
    eu curtiria mt consegui passar as coisas pro portugues e tal mais me enbanano todo !
     

Compartilhar