1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Primeira Guerra Mundial teve influência nas obras de Tolkien?

Tópico em 'Influências, Seguidores e Recomendações' iniciado por Roderick, 3 Ago 2010.

  1. Roderick

    Roderick Banned

    Eu gostaria de saber, como vocês compreendem as influências/interferências que a Primeira Guerra Mundial teve no contexto seja dos eventos em Beleriand na primeira era, seja nos fatos que decorreram com o fim da mesma com a posterior segunda e terceira era. Será que realmnte teve influências?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Eu acho que teve e muita! Tolkien vivenciou na pele as guerras mundiais, principalmente a Primeira, além de vários outros eventos que maracaram a sociedade mundial naquela época. Muitas transformações sociais, ideológicas, políticas, culturais. Tudo isso foi um prato cheio para Tolkien, que associado a sua arte, dom, o cara criou um mundo dentro de um mundo. Isso é coisa para poucos fazerem.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Segundo o próprio Professor, nenhuma. Nem mesmo que seu filho esteve no front. Ele mesmo já reiterou que o SdA não é uma obra alusiva ao conflito da Primeira ou Segunda Guerra. Basta comparar o Legendárium com qualquer outra obra escrita por quem vivenciou os horrores da guerra, como o Diário de Anne Frank, para perceber a diferença.

    E as fontes onde Tolkien buscou inspirações são mais antigas. Da Idade do Ferro. Nada de fuzis, Blitz Krieg ou unidades Panzer.
     
    • Bobo Bobo x 1
  4. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Nao acho que haja referências, mas que houve influências isso com certeza houve. Um fato dessa magnitude na vida de uma pessoa deixa muitas marcas. Como o próprio Professor disse, é impossível que a vida de um escritor não influencie nos seus escritos. Isso não significa que haja referências ou alegorias, mas tão somente que isso muda um pouco o jeito do autor escrever.

    Mas que influências foram essas é um fato a ser discutido.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. angiuli

    angiuli Mentallion

    Não acho que as Grandes Guerras em si tenham influenciado o professor, e sim as transformações sociais que elas acarretaram, como a consolidação da sociedade moderna e triunfo da industrialização sobre o modo de vida rural (que é muito abordado em suas obras).
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Depende da proposta do autor e do que ele deseja transmitir com seu livro. Sendo um profundo estudioso de mitos antigos, Tolkien sabia perfeitamente o que colocar ou deixar de fora de seus escritos, e era um auto-crítico ferrenho. Ele não parou de rever e reescrever o Legendarium até o fim da vida, um trabalho de mais de cinquenta anos. Duvido que alguma passagem que aludisse ao período da Guerra passasse despercebido sem que ele a introduzisse propositalmente.
     
  7. Astronauta

    Astronauta WTF Elrond?!!?

    Procure no Youtube: "Confronto dos Deuses - A Mitologia de Tolkien" em 6 partes, exibido originalmente pelo History Channel. O programa mostra como a 1ª Guerra, ou pelo menos o trauma de estar nas trincheiras e peder amigos nas batalhas, influenciou o autor.

    E também aproveite para ver como seria uma produção extremamente tosca de OSdA: elfos com barba, anões sem barba, hobbits de chapinha... certamente o documentário foi produzido antes de Peter Jackson, e com poucas consultas a ilustrações sobre as obras de Tolkien.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Elring, eu realmente não acho que existe algum texto que aludisse ao período da Guerra. Mas influências são coisas de que ninguém consegue se livrar totalmente. Nenhum trecho alude ao período da guerra, mas certas coisas que foram escritas durante a guerra podem ter um tom diferente, mas que não aluda à guerra. Não é alegoria, de modo nenhum. A alegoria faz referência ao fato em si, e esse tipo de influência não faz. Por exemplo, no SdA, o período que foi escrito durante o auge da Segunda Guerra, que é a viagem de Frodo e Sam, tem um tom muito mais "depressivo". Isso não é alusão à Guerra, de modo algum, mas é uma mudança na escrita que Tolkien sofreu por causa do ambiente em que estava.

    Esse tipo de influência não é alegoria e não é condenado por Tolkien, já que ele próprio o admite no Prefácio do Senhor dos Anéis.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. HFR

    HFR Clone

    Isso mesmo. Mas o documentário foi feito depois dos filmes. Produção de baixo orçamento, sabe como é.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Lembro-me de um depoimento do ator Christopher Lee (O Saruman da Trilogia cinematográfica) na versão estendida, em que diz que para ele é impossível não pensar que Tolkien não tenha sido influenciado de alguma forma pela Grande Guerra. O Ator aponta como exemplo as trincheiras cheias de cadáveres putrefatos dos combatentes (dos amigos e inimigos), meio submersos na água que se acumulava com as chuvas e com a neve derretida, e de como isso deve ter marcado a mente de Tolkien, a ponto de extravasar essa visão horrível e experiência nos Pântanos Mortos.

    No mesmo documentário, o autor John Garth, autor de “Tolkien and the Great War”, diz que a criação de Rohan é outra coisa que também pode ter sido influenciada pela experiência de Tolkien no primeiro grande conflito do século XX. Pouco antes de a guerra eclodir, Tolkien ingressou num batalhão chamado “King Edward’s Horse”. Foi a primeira grande experiência de Tolkien com cavalos, e uma de suas funções era domar alguns deles. Garth também lembra, e de fato é isso mesmo, que a Primeira Guerra Mundial foi uma das últimas guerras a usar cavalos em batalha. Foi a época em que o cavalo confrontou a máquina, e os corpos deles estavam nos campos, lado a lado com os soldados. Certamente essa experiência influenciou muito o Professor na criação dos cavaleiros de Rohan, pois, afinal, ele deve ter presenciado os combatentes ingleses utilizando e lutando nesses nobres animais. Uma testemunha ocular dos últimos momentos de uma arte milenar.

    Como povo e cultura, a influência para Rohan foram os anglo-saxões, mas esses não tinham uma cultura equestre. Então essa parte, a cultura da montaria, fica creditada como influência da experiência de Tolkien na I Guerra Mundial. E influência não significa alegoria, coisa que é usada, geralmente, conscientemente. Influência nem sempre é.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  11. Roderick

    Roderick Banned

    Vi o documentario muito bom! Deu para ter uma noção das possíveis influências das guerras teve sobre Tolkien.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Roderick

    Roderick Banned

    Cheguei a uma conclusão melhor ao analisar melhor o Hobbit que tinha uma narrativa bem mais light, percebemos que todos, principalmente os elfos de Rivendel, o próprio Elrond, Gandalf, até mesmo alguns anões, se mostram muito mais descontraídos... Mais alegres... felizes mesmo. Quando ele começou o que seria uma continuação, e que na verdade venho a se tornar um livro independente, na sua própria narrativa, O SDA de Tolkien começa de uma forma bem mais suave... Podemos lembrar a passagem onde uma raposa curiosa se pergunta o que hobbits estariam fazendo fora de casa. A narrativa, a meu ver, ainda é uma narrativa mais "infantil", e sim mais "light". Aos poucos, conforme o nosso mundo ia sendo levado para uma primeira grande guerra, guerra essa, onde Tolkien perdeu caros amigos... Contraiu a "febre da trincheira"... Viu a dor, a perdas desnecessárias, é lógico que a sua obra teria que tomar um rumo diferente. Ele não era mais o mesmo. Por isso não poderia voltar e simplesmente seguir escrevendo como se nada tivesse acontecido. Ele havia sofrido o efeito de participar de uma guerra! Não era mais o mesmo. Ninguém volta da mesma forma... Ele pelo menos exorcizou os seus fantasmas. Usando a sua história e seus personagens.

    Para o mal, mas, também para o bem. A guerra, a ferida de Frodo que nunca fica completamente sarada... A perda de companheiros... Tudo isso ele levou para a sua obra. Mas, levou também o amor de Beren e Luthien, baseado no fato de que sua esposa dançava e cantava para ele, durante os piqueniques que faziam enquanto ele se recuperava da febre das fronteiras... Temos a grande e verdadeira amizade/respeito de Sam por Frodo, como disse Pantalaimon... temos a união de "povos" lutando contra um mal comum. Tolkien não gostava que dissessem que seu livro era uma metáfora... O mundo foi criado por ele! Mas, ele mudou! E por tanto a sua obra também mudou. Acredito que ele tenha se surpreendido com o desenrolar da história, visto que ele diz em uma de suas cartas (não sei qual) que ele não estava pronto para a guerra que estava se formando( no manuscrito ) e, portanto ainda não sabia como lidar com ela. Ninguém pode viver uma experiência como a que ele viveu e não ser profundamente tocado. Como já disse, ele exorcizou os seus fantasmas... E ao fazê-lo levou as sua experiências para o papel...

    Conclusão: Não sei se vocês concordam mas eu acho que a primeira Guerra influenciou e muito o SDA, mesmo que Tolkien não o quisesse.
     
    Última edição: 4 Ago 2010
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. katrin.echo

    katrin.echo I'm your anti-crisis girl

    bom, tanto livro quanto na guerra tiveram conflitos (obvio). Mas semelhancas e que a Primeira Guerra Mundial tenha se inspirado no Tolkien eu não acredito nisso.
     
    • Bobo Bobo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Uma grande guerra é algo que direta ou indiretamente, pode influenciar seriamente a vida de uma pessoa, seja num maior ou menor grau, por menor que seja.

    Por mais que um escritor possa aparentemente até "separar bem as coisas" em sua obra, eu jamais descartaria essa possibilidade.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar