1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Pessoa em Questão - Vladimir Nabokov

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 19 Nov 2010.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    O objetivo da eternidade é buscar sua autoafirmação na memória, e o objetivo da memória é o de existir sem a busca incessante da eternidade. Proust digladiava-se numa busca constante a um tempo perdido, um tempo passado, escrito, dito, etc etc. Joyce revivia as chagas de seu passado a partir de personagens autobiográficos, bem como a partir de esboços e pedaços que ele fazia questão em entregar a seus personagens distintos. Com o mais famoso caçador de borboletas de todos os tempos, tal afirmativa não poderia ser diferente.

    Dono de um estilo mágico e único, Nabokov conseguia criar frases multidimensionais, donas duma complexidade monstruosa, ramificando-se como se fossem árvores, causando o caos do outro lado da mente do leitor com o simples bater de asas de uma borboleta. A teoria do caos é, afinal, o que Nabokov cansava de repetir em seus escritos. Este caos irônico e estilístico, refinado a um ponto que companhias de petróleo invejariam, atinge a obra de Nabokov em sua essência, espalhando-se, logo após, para todo o conjunto estrutural literário.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Anica

    Anica Usuário

    pena que o livro está esgotado :| fui procurar toda serelepe depois de ler pq fiquei curiosa, aí só achei no estante virtual =(
     
  3. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Comprei o meu pelo Estante Virtual. A edição da Companhia das Letras me agrada bastante, tornando-se uma das poucas brochutas que eu aceito em adquirir :sim: (as fotos da fotobiografia são feitas em um papel especial, o que não deixa a coisa assim tão desprotegida ou etc)
     

Compartilhar