1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Paixão de Cristo (The Passion of the Christ, 2004)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Fosco Cachopardo, 14 Jul 2003.

  1. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    (13:50) Não satisfeito com a polêmica que causou no ano passado, Mel Gibson traz A Paixão de Cristo novamente aos cinemas. Mas quem perdeu a exibição do longa pela primeira vez vai, agora, ver menos cenas de violência.



    A nova versão, intitulada The Passion Recut, traz entre cinco e seis minutos a menos. “Não há cenas novas, os cortes estão limitados aos aspectos mais violentos do filme, se este é o termo correto”, disse o produtor Bruce Davey, parceiro de Gibson na Icon Entertainment. “A cena do açoite, em particular, foi substanciavelmente ajustada”, completa.



    Originalmente lançado na quarta-feira de cinzas, o longa deve voltar na Páscoa, em grande circuito. A primeira versão rendeu, inicialmente, mais de US$ 370 milhões nos estados Unidos. Quem a evitou por causa da violência poderá conferi-la desta vez. Mas a censura continua a mesma: R, que obriga os menores de 17 anos a estarem acompanhados de um responsável adulto.



    Fonte: Cinema em Cena


    :eek:
     
  2. Quisito

    Quisito GOD

  3. Exiledark

    Exiledark Usuário

    agora cortado.... :think:
    ainda afirmo: filme lixo dos lixos.

    Tô indo locar "A Meia-Noite Levarei Tua Alma" quem vai querer assistir?
     
  4. Myamoto Musashi

    Myamoto Musashi Usuário

    Vendo o novo filme dos Cavaleiros do Zodiaco, vi q ele melembrou um filme. Adivinha qual...

    É bem parecido. Só q é mais de um. Eles são todo-poderosos e apanham q nem cachorros o filme inteiro.
    E tb tem varios efeitos, de olhares humanos e tal.
    Só faltou a camera lenta :lol:
     
  5. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Eu não o considero abertamente anti-semita porque o Gibson jamais teria a audácia necessária para chegar a este ponto, claro. Mas que ele tem elementos que claramente parecem sublinhar a questão histórica de anti-semitismo justificável pelas linhas do papo furado de "o que teriam feito a Jesus", isto parece claro. O conhecido incidente do Gibson não ter retirado uma determinada passagem de Mateus 24:27, passagem esta que sempre foi uma das justificativas histórias para o anti-semitismo, mostra isto bem. Entidades judaicas e cristãs pediram para ele tirar a passagem do filme. Mas ele, ao invés de pisar firme para manter a passagem tal qual estava, ou então ter a decência de atender aos pedidos de maneira geral, nãoooo... ele tirou a legenda, mas manteve a passagem...! Khaless do céu, além de não ter as bolas para pisar firme pelo que supostamente acredita que é o certo, ainda quer dar uma de espertinho e imaginar que ninguém iria notar ou se importar com isto? Bah.
     

Compartilhar