1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Anica, 26 Nov 2007.

  1. Anica

    Anica Usuário

    As Aventuras da Liga Extraordinária - Alan Moore

    Bom, como está um bafafá com o lançamento do terceiro volume da série As Aventuras da Liga Extraordinária, vou inaugurar o Quadrinhos falando dessa ótima criação do Alan Moore (uma das várias dele, aliás).

    Pense em vários personagens famosos da literatura do fim do século XIX se reunindo em uma só aventura. Pensou? Pois é, a idéia d'A Liga Extraordinária é essa. A Liga é Extraordinária porque conta com personagens como o Dr. Jekyll, O Homem Invisível, Capitão Nemo e Allan Quatermain. E o que é mais legal, no meio do caminho outras figuras aparecem também, como por exemplo o Moriarty (inimigo de Sherlock Holmes) e Dupin (de Os Crimes da Rua Morgue).

    Sim, é um prato cheio para quem gosta de Literatura, dá para passar um tempão só procurando referências ao longo da história. Aliás, para aqueles que ainda não se aventuraram no mundo dos quadrinhos, eu devo dizer que As Aventuras da Liga Extraordinária volumes 1 e 2 são um ótimo começo.

    (E esqueçam aquele filme mané baseado na HQ que saiu anos atrás =P )
     
  2. Pips

    Pips Old School.

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    Ah você já falou do filme...que é MUITO (muito [muito {muito}]) ruim.

    Eu não li, mas lembro do V narrando as histórias e falando porque é mais fodástico do que a versão de cinema.
     
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    A minha mãe cantando Sandy e Jr. é melhor que o filme da Liga. Sobre a HQ em si, é fantástica. Pena que o volume 3 não vai sair no formato arquivo que ia...
     
  4. Anica

    Anica Usuário

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    O filme chega a ser triste comparado com a HQ, e nesse caso (somando aí também o Constantine) eu entendo porque o Alan Moore tem problemas com o pessoal do cinema. Uma das coisas bacanas, para começar, é que o Moore é sutil - nada é jogado na suas cara como "Ei, essa é a Mina lá do Drácula, lembra dela, lembraaa?". É por isso que procurar por referências é tão legal, porque em alguns casos elas estão realmente escondidas. Já no filme, aquela coisa. Bum, pom, pá, poft.
     
  5. Pips

    Pips Old School.

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    Como diria meu amigo Baudrillard: "A informação devora seus próprios conteúdos". Quanto mais expôs aquilo, mais chato vai ficar, porque fica raso.

    Uma pena.

    Mas o natal ta aí, se você (anica) me tirar no amigo secreto, me dá os dois primeiros.
     
  6. Ptah

    Ptah Usuário

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    Minha HQ prefereido é a Liga justamente por que pude procurar as varias citações!!!! Aliás, me senti burrinha no segundo volume porque não tinha lido todos os livros citados (e acho que ainda não li :().

    Odeio o filme tosco que transforma a liga num samba do crioulo doido e vivo fazendo campanha para limpar a imagem da HQ com meus amigos. Obrigo todo mundo a ler ;)
     
  7. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    RE: As Aventuras da Liga Extraordinária, Alan Moore

    Realmente...aquele filme não é digno do sucesso que fez o quadrinhos da Liga...pq, meu Deus, estragaram tdo de uma vez só, ainda se fosse no segundo filme, mas deram uma porrada errada logo de primeira, no que dariam ótimos filmes! =/ é uma pena...
     
  8. Anica

    Anica Usuário

    A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Sinopse do primeiro volume:

    Eu acho que o mais genial dessa idéia do Moore foi colocar essas personagens todas numa mesma história, recheada de referências históricas e literárias. É simplesmente uma daquelas hqs que você lê e relê e sempre encontra algo novo, genial mesmo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Moore devia ganhar um prêmio (sim, mais prêmios) só por colocar Nemo e Quartermain juntos. É confrontar o explorador inglês com o Haja Indiano... simplesmente o cara é foda.
    Em fim... não tenho A Liga, mas está nos meus planos comprar, quando li foi por scan mesmo.
     
  10. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

     
  11. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Relendo os scans que eu tenho aqui em casa para fazer uma matéria, percebi que eu falei fui meio entusiasta quando falei dela pela primeira vez. Estava relendo ontem mesmo o primeiro número e, como sempre faço em releituras, fui com mais cuidado, sempre atentando para fatos que pudesse ser de alguma forma ruins para a publicação. Em fim... achei uns pontos soltos na obra que me deixaram um pouco triste com o Moore. A começar pelo fato que ele tenta humanizar personagens que já são humanos. Colocar Mina Hacker como uma jovem inglesa decidida, Quartermain como uma forma de personagem principal que está meio "apagado" e que com o tempo vai se reacendendo e se tornando o mais ufanista e (para mim o pior caso) transformar Jekyll em um médico franzino e Hyde num gorila, é acabar com três grandes obras. Quem já leu Drácula, alguma das aventuras do Quartermain e o Médico e o monstro sabe muito bem que...
    ...Mina é tímida e fraca, Quartermain nunca usaria ópio e Jekyll é atlético enquanto Hyde é baixinho e curvado.
    Tentar colocar esses personagens em postos diferentes seria uma coisa arrisca, isso acredito que o Moore já sabia, mas nem por isso deixou de tentar. O problema é que eles são personagens bons por si só, não precisava de uma releitura de suas personalidades. E esquecer o Gray foi muita maldade, era o único personagem que poderia dar uma continuidade a Liga já que ele segue, de uma forma tola, o preceito da imortalidade (eu sei que o Wilde não deixa isso claro na obra, mas...).
     
  12. Anica

    Anica Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Eu não vejo problemas no que ele fez com essas personagens, até porque resultaram em excelentes personagens. Se fosse mudar para pior, aí eu até concordaria que é um aspecto negativo. Mas o que ele faz com as personagens é uma releitura. E sério, só de lembrar de momentos como o...

    ... que o Hyde está falando amenidades e aos poucos o sangue do homem invisível começa a aparecer, nossa, muito foda. O quando Quartermain vê o pescoço de Mina e ela responde "Não são bem os dois furos no pescoço", wow.
     
  13. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Sei lá... tem certas horas que eu sou tradicionalista em relação a certas coisas. E o Moore tem essa mania feia de sempre tentar trazer humanidade para quem já tem. Fica muito legal em Watchmen, por se tratar de um conceito hipócrita de heroísmo criado nos anos 50 de que todo herói era um pilar de honra e honestidade, mas fica feio quando ele faz isso com personagem já complexos.
    A Mina do Stoker já uma personagem estranha, porque de certa forma ela continua apaixonada pelo Drácula mesmo depois dele morto. Colocar a cena dos dois, Quartermain e ela transando, foi pesado e sem sentido, até esse papo de "Não são bem os dois furos no pescoço" suou um pouco forçado. E o que ele faz com o Quartermain também e meio estranho, porque esse é um personagem bem desenvolvido também. Ele personifica o desbravador que acaba se apaixonando pelo local desbravado. Quartermain ufanista ficou feio e forçado.

    Realmente a cena do Hyde comendo o Griffin (até mesmo sexualmente) é bem hilária, mas também ultra desnecessária na concepção do personagem do Hyde, que de personalidade louca e homicida, passa a ser um sádico controlado.

    No final fico até feliz que o Moore não tenha metido a mão no Gray, provavelmente ia transformar ele num gay liberalista.
    A Liga é muito boa, como já disse merece prêmios pela iniciativa, mas agora que estou relendo, não estou vendo mais aquela grandeza toda.
     
  14. Anica

    Anica Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    ***spoilers***


    Eu acho que aí entra em questão o que você colocou, ser "tradicionalista" ou não. Eu gostei da desconstrução das personagens (Quartermain incluso), e de boa, acho que o fato de ela ter o pescoço mutilado me parece muito mais coerente do que só os dois furinhos, por exemplo. E não achei a cena dela com o Quartermain pesado e sem sentido, há um sentido, mas dentro do universo do Moore (desligado do do Bram Stoker, óbvio, porque são autores diferentes).

    Ainda acho que a HQ seria patética se Moore simplesmente pegasse as personagens e as colocassem no enredo de um grupo de homens "extraordinários" combatendo o mal. Não seria muito diferente de uma fanfic que qualquer adolescente mais apaixonado por uma obra consegue fazer.
     
  15. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Longe de mim querer reescrever uma obra como essa, mas tinha como ele fazer com os personagem originais e sem parecer fanfic. A impressão que eu tenho é que ele não pesquisou muito sobre os personagem, apenas colocou o que ele acreditava ser uma mitologia moderna da Inglaterra. Mais uma vez bato na tecla de colocar Nemo e Quartermain juntos, porque é genial, o Nemo não é ruim, mas de certa forma odeia a Inglaterra e isso é legal, porque o Quartermain apesar de dizer que não, também não concorda muito com os métodos ingleses de dominação global no final do século XIX. O Moore podia ter usado isso, assim como o amor da Mina pelo Drácula (isso ficou estranho) ou o Hyde como uma bomba preste a estourar a cada segundo. Só não falo do Griffin, porque não li nada sobre o homem invisivel.
    No mais, é claro que a intenção do Moore era chocar e sair do convencional, mas no final (mesmo que venha uma segunda Liga) o que ele consegue e escrever sobre super heróis que estão salvando o mundo. Ou seja, quis inovar e não saiu do conceito comum.
    A Liga corrupta e mudando a visão global é que seria um choque de verdade.

    E meu problema é que as vezes eu teorizo de mais sobre as coisas quando elas são simples.¬¬
     
  16. Anica

    Anica Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Panini anunciou que relançará o primeiro volume, com um monte de extras (inlcuindo roteiro do Alan Moore) no próximo quadrimestre.
     
  17. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Nooooooooooo
    Panine não!
    Cara, com a Panine não dá. As chances de eu comprar são minimas, mas vou fazer um senhor esforço.
     
  18. Anica

    Anica Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    eu acho engraçado vc odiar tanto uma coisa e sequer saber escrever o nome disso.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , breno. não é a primeira vez que vc escreve com "e", por isso o comentário.
     
  19. Breno C.

    Breno C. Usuário

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    Bom... não vou mentir dizendo que era uma piada. Mas também não faço questão nenhuma de escrever Panini certo. Enfim... valeu pelo toque, a maior parte das vezes eu digito e nem releio.
     
  20. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    RE: A Liga dos Cavalheiros Extraordinários

    [align=justify]Aqui no Brasil saíram somente os dois primeiros volumes? Há previsão para publicação dos próximos capítulo? Gostaria muito de ver os novos personagens e suas aventuras. Alan Moore está de parabéns, é preciso colhões para reunir um dream team desses.[/align]
     

Compartilhar