1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Interdição de Galadriel

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Northern Lad, 1 Fev 2003.

  1. Northern Lad

    Northern Lad Usuário

    Depois da Queda de Morgoth, aos noldor que restaram foi permitido o regresso para as Terras Imortais, à excessão de alguns protagonistas da revolta, dos quais somente Galadriel restava, e ela teve de ficar na Terra-média; ou talvez seu retorno tenha sido permitido, mas ela se recusou devido ao seu orgulho e vontade de governar (os textos aonde Tolkien fala sobre esse assunto nao sao muito coerentes :? )...

    De qualquer forma, ela não poderia voltar para lá. Se passaram eras até a Guerra do Anel. Devido aos seus serviços contra Sauron e acima de tudo por ter recusado o Anel quando este lhe fora oferecido fizeram com que a Interdição fosse retirada. E ela finalmente pode retornar.

    Agora me expliquem. Como é que ela ficou sabendo que poderia voltar??
    Será que os próprios Valar falaram em sua mente? Eles tinham esse poder? Pq nenhum mensageiro deles foi enviado no fim da Guerra do Anel. Será que essa história da interdição era posterior a redação do SDA mesmo? Mas então pq no Namárie ela diz que "todos os caminhos mergulharam fundo nas trevas" ?

    E outra coisa... Quando ela finalmente partiu dos Portos Cinzentos, aonde ela ficou? Em Eressea ou em Valinor? Será que os tios Valar deixaram ela voltar pra sua terra natal?
    Bem, eu acho que ela ficou em Eressea primeiramente, e depois de muito tempo, ela deve ter voltado a Valinor...

    Mas entao, tai... Quem explica? :osigh:
     
  2. Máscara Negra

    Máscara Negra Usuário

    Quanto mais antigo o elfo, maior sua sabedoria, isso qualquer um percebe. Galadriel nasceu em Valinor, sendo portanto, muito antiga e muito sábia. A minha teoria é que dentro dela cresceu um sentimento de perdão semeado pelos Valar. Afinal, sua interdição era por ela desejar poder na Terra-Média, e, negando o Anel, ela negava também esse desejo. Quer maior demonstração de arrependimento?
    Quanto a ir a Valinor ou Eresseä, eu acho que tanto faz, não ia fazer diferença mesmo. Ainda assim, acho que foram direto à Valinor...
     
  3. Mulder

    Mulder Usuário

    Bem, eu vou dar minha modesta opnião:

    -Como ela soube? Bem, talvez ela soubesse quando poderia voutar, mas não tinha mais esperanças nesse momento. Creio que ela sabia que poderia retornar quando sauron fosse derrotado. Mas talvez ela já estivesse sem muitas esperanças, falou aquilo no Namarië. Eu realmente não conheço muito desse fato.

    -Onde morou? Provavelmente ficou em Tilion. Sei que a descendencia dela é em grande parte Vanyar. Ela provavelmente ficaria com eles. Onde eles ficam? Não sei... quem sabe seja em Tilion mesmo :wink:

    Já que o topico é Galandriel mesmo, eu vou contribuir com a minha pergunta: O que o Gimli fez com o fio de cabelo da galandriel? não me lembro de ter lido nada a respeito e em nehum dos livros. Ele colocou mesmo em um Cristal indestrutivel? :o?:
     
  4. Minas Ecthelion

    Minas Ecthelion Usuário

    Esse interdição da Galadriel, acho que o momento que ela ficou sabendo que poderia voltar(quer a interdicao foi rompida) foi quando Frodo ofereceu a ela o Anel, e ela recusou. Tanto que ela fala que passou no teste e que agora poderia se redimir e voltar ao Oeste. Nao tenho certeza, pq faz muito tempo que li, mas acho que tem isso no Contos, ou pelo menos fala um pouco disso. Acho que Galadriel ficouem Eressëa, mas só acho, nunca li em nenhum lugar, mas acho que ja vi gente falando isso aki no forum ou em textos mesmo
     
  5. Northern Lad

    Northern Lad Usuário

    Máscara: Sim, ela se arrependeu, nao ha duvidas quanto a isso. A questao é como ela ficou sabendo que, de fato, havia sido perdoada. Talvez, como voce disse, cresceu dentro dela um sentimento de perdao... Talvez ela tivesse tido essa sensaçao. Mas eu acho que a Interdçao dela era muito séria para ser quebrada por uma "sensaçao".

    Mulder: O Gimli disse que colocou num Cristal, e que esse cristal seria guardado como tesouro de sua familia. Depois que ele foi pras Terras Imortais, provavelmente esse cristal ficou sendo uma herança para sua familia, ou talvez ele o tenha levado consigo...
     
  6. Máscara Negra

    Máscara Negra Usuário

    Sim, mas essa sensação de que falo, teria sido semeada pelos Valar, como eu disse, e ela saberia disso.
    Eu acho que Gimli não levou o fio com ele, afinal, lá ele estaria com Galadriel em pessoa.
     
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    Creio que a interdição já havia sido suspensa (em parte) ao final da Guerra da Ira. Eönwë provavelmente fez este comunicado aos Eldar.

    Porém, creio que, se ela retornasse naquele momento, seria submetida a um julgamento pelas suas ações na rebelião de Fëanor (foi exatamente isso que Eönwë disse a Maedhros e Maglor... e os filhos de Fëanor se recusaram a voltar por causa disso e pelo seu orgulho colossal).

    Galadriel não era menos orgulhosa, de modo que preferiu a continuar na Terra-média ao invés de retornar ao Reino Abençoado. Essa permanência dela serviu como uma "penitência", tornou-a sábia e fez com que ela refletisse sobre suas ações passadas, de modo que o arrependimento tomou conta dela.

    O episódio com o Anel foi o ponto decisivo nesse processo, e creio que aí ela definitivamente deve ter sido "perdoada", a ponto de voltar para Valinor sem precisar passar pelo "julgamento".
     
  8. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Eu não sei como Galadriel soube, mas do jeito como a história é contada no SdA dá para dizer *quando* ela soube. Logo depois de ela ser tentada pelo Anel em Lothlórien, ela disse: "Eu passo no teste. Irei para o Oeste, e diminuirei, e permanecerei Galadriel". Foi naquele momento que ela descobriu. Como, acho que a gente só pode especular, o livro não diz muito que ajude a esclarecer isso.

    O problema com essa idéia é que ainda parece restar alguma dúvida para Galadriel nas duas canções que ela canta na despedida da Sociedade.

    No caso da primeira canção (em Westron) parece que ela tem alguma ansiedade com relação à viagem. No caso do Namárië (Quenya), ela diz que para ela Valinor está fechada, embora Frodo talvez possa chegar até lá. "Now lost for those (returning?) from the East is Valimar", mas "maybe thou shall find Valimar" (nota minha).

    Sobre os caminhos que mergulharam nas trevas, acho que toda a segunda parte do Namárië é uma referência à ocultação de Valinor na Primeira Era, depois da partida dos Noldor. O livro diz que o Namárie fala de eventos pouco conhecidos na TM. Esse episódio pode bem ser um deles.

    Eu acho que Galadriel ficou em Eressëa. A gente já discutiu esse assunto. Não dá para eliminar totalmente uma possibilidade ou a outra, mas a hipótese de Eressëa tem mais evidências.
     
  9. Olwë

    Olwë Usuário

    Ela conhecia a profecia de Mandos.
    Quando recusou o Anel finalmente a compreendeu inteiramente.
    Se quando ouviu a Condenação do Norte pela primeira vez ela já fosse capaz de compreendê-la com tal profundidade, teria seguido os passos de Finarfin e nem teria vindo para a Terra-média.

    Aí é que está: a interdição era uma mistura de ordem com profecia. No caso de Galadriel isso fica muito nítido. Ela só poderia voltar quando demonstrasse humildade para voltar; e ao voltar ela demonstrava essa humildade.

    É um paradoxo, certamente. Mas o orgulho é uma coisa paradoxal mesmo. Os noldor foram proibidos de voltar a Valinor enquanto fossem orgulhosos. Finarfin foi o primeiro a diminuir e voltar. Galadriel foi a última.

    Eu não gosto de jogar confete nos outros, mas tenho que reconhecer de vez em quando: excelentes os posts do Tilion e da Swanhild. :D

    PS: Mulder,
    Tilion é um maia, o timoneiro da Lua.
    Tirion é o topônimo ("A Grande Torre de Vigia", cidade dos elfos na colina de Túna, em Aman).
     
  10. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Só pra esclarecer: Tá no Contos (na versão mas
    ie aceitavél da história dela) que Galadriel ficou em Tol Eressëa. provalvemente com a família de sua mãe, e com seu avô, Olwë.
    E acho que Galadriel foi a última a voltar por orgulho.
     
  11. The Man T.

    The Man T. Usuário

    Isso faz sentido, mas e se Galadriel estivesse errada achando que fora perdoada, ou se tivesse tentado retornar antes, o q aconteceria? Naufragaria no meio do mar?

    Qto a habitação dela, eu axo q se os Valar a perdoaram e a permitiram voltar, ficar em Eressea ou Valinor nao faria diferença. E ela deve ter escolhido Valinor, é claro.
     
  12. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Como já disseram, se ela voltasse em algum momento da Segunda ou Terceira Era, provalvemente sua entrada seria permitida. pois seria julgada, e inocentada, pois a Hoste de Finarfin nada fez em Alqualönde.
     
  13. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Aquela ansiedade dela, nos últimos versos da canção em Westron (tá, no livro está em Inglês, mas dentro da história ela foi cantada em Westron, certo??) é muito interessante. Afinal, havia Círdan e seus navios. Que dúvidas ela podia ter de que poderia fazer a viagem, depois do que ela fala na passagem do espelho?

    Não acredito que Galadriel tivesse realmente dúvidas de que a viagem podia ser feita e que ela a faria. Mas havia outra coisa. Na primeira canção (a que me causou mais dúvidas) ela fala o tempo todo sobre coisas que ela tinha governado de acordo com a sua vontade. Ela conta que as coisas aconteciam do jeito que ela queria quando ela cantava. Mas no final, ela fala sobre cantar para que uma coisa muito maior do que todas as anteriores aconteça: a partida dela da TM. E ela põe isso em dúvida, contra todas as evidências que ela mesma tinha de que isso aconteceria. Tem uma grande dose de humildade aí, no reconhecer que desta vez ela estava cantando para que uma coisa importante acontecesse, uma que talvez ela não conseguisse a não ser aceitando a piedade dos Valar.

    Legolas, não acredito que Galadriel partiria sem estar certa. Era algo muito sério, e ela não ia querer pagar esse mico. Quando ela disse que ia partir, ela tinha certeza de que podia fazer isso e que seria aceita de volta no final.
     
  14. Mulder

    Mulder Usuário

    OPsssssssss, acho que tah na hora de ler de novo o Sill :mrgreen: Mas, enfim, eu quis dizer essa cidade que vc falou :obiggraz: .
     
  15. Primeiro de tudo: quando um post da Swanhild e do tillion não é ótimo? (e tou jogando confete pq acho que ele e ela merecem...)

    e segundo.. acho que a galadriel era sábia o suficiente pra entender que a interdição era como quando uma mãe chega pro filho e diz assim: 'Quando você achar que merece desculpas você pode descer do seu quarto'

    ou seja, você como filho sábio e honesto (nao é o caso de muitos) vai realmente pensar nisso, acho que a interdição era assim no fundo... a galadriel nao era qualquer uma pra ficar uma semana: "eu volto ou nao?" e voltar.... se ela fala que ela passou no teste (que alias é um um teste pessoal e não imposto) e fala que irá diminuir é porque ela considerou muito isso...
    ela mesmo se interdiz e liberta....

    mais um devaneio insano levado a vocês por: Donato Joker incorporated (c)... :lol:
     
  16. Northern Lad

    Northern Lad Usuário

    Poxa, eu tenho orgulho de participar desse fórum! :D
    Talvez fosse isso. Talvez a Interdição ao seu retorno não fosse algo tão concreto... Porque, mesmo que os Valar mandassem uma cartinha pra Galadriel dizendo: "olha, vc tá perdoada, pode voltar"... Ela não voltaria, por causa de seu orgulho. Realmente, só quando ela recusou o Anel ela percebeu os erros que tinha cometido, e se arrependeu. O que vcs acham?

    Ah,e quanto ao lugar, novamente... Outro dia eu tava pensando assim: o Frodo, que não era elfo nem maia, foi para as Terras Imortais para cuidar de suas feridas, causadas durante a sua demanda. Será que pelo simples fato de ele estar nessas terras que não morrem ele estaria curado? Será que as agitadas Avallone, Tirion ou Valimar eram o lugar certo pra ele? O lugar mais adequado para ele ficar seriam os Jardins de Lorien. E merecidamente. Frodo foi com Galadriel. Será que eles se separaram no caminho?

    Acho que a gente nunca vai saber disso direito. Mas eu acho mais legal pensar que ela foi pra Valinor :grinlove:

    Ah, Nemesis... Esse trecho do Contos, é o que o Cristopher acha. Mas nao é pq ele acha isso que é o certo....
     
  17. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Laurelin, em qualquer das versões do porque Galadriel permaneceu na TM discutidas no Contos, uma coisa a gente pode dizer com certeza: a volta dela envolveu uma decisão pessoal e um gesto de humildade. Se ela ficou na TM porque os Valar proibiram a sua volta, ela teve que aceitar o perdão e o direito de voltar dado por eles. Se ela ficou porque quis (tanto faz se foi por causa de Sauron ou por ambição pessoal), ela deu o braço a torcer ao mudar de idéia, e talvez ela tenha tido que pedir para ser aceita.

    Nesse caso, melhor do que dizer que o ban não era concreto, é dizer que ele podia ser revertido. O ban era concreto, claro, mas os Valar tinham poder para suspendê-lo, e acredito que eles estavam dispostos a fazer isso por Galadriel se ela abandonasse o orgulho.

    Frodo foi para Eressëa, isso é dito na carta do Tolkien que está citada no início da História de Galadriel e Celeborn, no Contos. A gente não sabe direito se Galadriel foi para Eressëa ou para Valinor, mas pessoalmente eu acho que ela foi para Eressëa, porque os Valar não iam querer que os elfos que retornassem (Noldor e Sindar) levassem para dentro de Valinor a experiência que eles haviam tido na TM. Os elfos que retornaram para Valinor - Finrod e Glorfindel, que eu me lembre - passaram primeiro por Mandos. E os Sindar, que nunca se rebelaram contra os Valar, também foram apenas para Eressëa.

    Sobre a luz de Valinor e o efeito dela na duração da vida dos mortais: Concordo que a idéia de que um mortal teria sua vida encurtada em Valinor tem um fundamento fraco. Andei pesquisando isso ultimamente e não achei nenhuma justificativa exceto essa do Beren que o Olwë citou. Com base nesse argumento, dá para dizer que os mortais teriam de fato sua vida encurtada se vivessem em Valinor, mas sob a luz das Árvores. A luz de Valinor depois daquela época era a luz do Sol e da Lua mesmo, pois não tinha restado nada das piscinas em que Varda guardava a luz das Árvores. Essa luz não afetaria a duração da vida dos mortais.

    Mas mesmo assim, há excelentes motivos para dizermos que as terras imortais eram apenas para os imortais. O Tolkien deixou um texto excelente explicando isso no HoME 10 (que aliás seria um belo texto para estar na Valinor). Nesse texto, ele parte da premissa de que a natureza dos fëar dos mortais é deixar Arda, e a partir daí ele analisa todas as possibilidades do que aconteceria com um ser encarnado vivendo em Valinor com um fëa desse tipo. Se o hröa desse encarnado morresse, ele se sentiria frustrado e desprezível por não poder aproveitar por mais tempo uma terra tão boa e por estar destinado a morrer num lugar onde mais nada morre. E se por acaso o hröa se mantivesse vigoroso e prosseguisse vivendo, ele aprisionaria o fëa, que ou seguiria adiante suportando o tormento, ou abandonaria o hröa, que então se tornaria uma aberração vivente ou seria destroçado pela violência do processo de saída do fëa. Em qualquer caso, ia ser algo bem desagradável.

    Eu não quero falar sobre mortalidade neste tópico, só quero reforçar que a teoria que Andreth coloca a respeito da mortalidade humana no Athrabeth *não é* a verdade do que aconteceu. A verdade dentro do legendário é que os homens já eram mortais quando despertaram em Hildórien. Como o Tilion citou, isto aparece de maneira consistente nas Cartas.
     

Compartilhar