1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Insustentável Leveza do Ser (Milan Kundera)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Anica, 1 Fev 2009.

  1. Anica

    Anica Usuário

    A Insustentável Leveza do Ser de Milan Kundera foi publicado em 1984. Foi adaptado para o cinema pelo diretor Philip Kaufman sob o nome de The Unbearable Lightness of Being.

    Enredo: A história acontece em Praga e em Viena, em 1968, e atravessa algumas décadas. Narra os amores e os desamores de quatro pessoas: Tomás, Teresa, Sabina e Franz. É permeada pela invasão russa à Checoslováquia e pelo clima de tensão política que pairava na Praga daqueles dias.

    ***

    Acho que foi uma das experiências mais marcantes que tive com literatura. Ganhei o livro de presente de 15 anos mas deixei largado na minha estante por 3 anos, quando finalmente o li. E falou tanto para mim naquele tempo que eu sabia passagens de cor. É simplesmente lindo, imperdível.
     
  2. Daniel Cowman

    Daniel Cowman Usuário

    Até hoje é meu livro predileto. É um livro fascinante e bem original. Gosto tanto que tenho medo de assistir a adaptação que fizeram pois ouvi falar que é terrível.


    Aliás, fica a dica para quem gosta desse livro: Assistam aos filmes "invasões bárbaras" e "Declínio do império americano". Acho a atmosfera bem próxima e nos faz pensar bastante sobre questões tão tolas que nos pertubam. Moralidade por vezes tola que temos que nos prejudica e impede de vermos as questões mais importantes.
     
  3. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Uma amiga me deu de presente... e.... bem tem algumas das mais belas imagens literárias que eu já tive o prazer de ler.
     
  4. Com certeza uma ótima obra..eu descobri o livro por acaso, e quando vi que era um escritor Tcheco Eslováquio, eu fiquei mais impressionada ainda. Kundera tem um jeito próprio de falar as coisas que estão nas entrelinhas, ao mesmo tempo que narra o psicológico dos personagens..ele deixa uma crítica sútil.Gostei muito desse autor :sim:
     
  5. racer

    racer Usuário

    esta ai um livro que tenho de ler novamente.
    li ele no "inicio" das minhas aventuras literaria. não entendi nada.
     
  6. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Não gosto da palavra gênio, mas se gostasse usaria ela pro Kundera. É o único romance dele que eu li, fora esse só li contos. Mas é muito bom: eu acho a passagem em que ele fala do 'sorriso de Karenin' uma das melhores coisas que eu já li.
     
  7. Jô Oliveira

    Jô Oliveira Usuário

    Ele consta no hall dos meus três livros preferidos. É, sem dúvida, um livro de cabeceira. Eu nunca acreditei nessa expressão até lê-lo. É um livro pra ser citado e recomendado sempre e a todo mundo. Vale mto a pena.
     
  8. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Cansei de ouvir sobre esse livro mas nunca li (shame on me ). Todo mundo elogia, mas acho que foi questão de timing mesmo. Pra mim, ainda não fluiu. Quem sabe mais pra frente.
     
  9. Pips

    Pips Old School.

    Na minha primeira leitura eu não gostei. Na segunda achei tão bom, mas tão bom que me arrisquei a ver o filme. E acho que os dois são distintos, existe a leveza do ser no livro e existe a leveza do ser no filme. Eu recomendo.
     
  10. anna denon

    anna denon Usuário

    Eu sou suspeita para opinar, pois amo o Milan Kundera e esse livro influenciou a minha vida mais do que eu sou capaz de perceber.......de ler tudo o mais que ele tinha escrito a ter Praga nos meus planos de viagem por anos. Para quem nunca leu o Milan, uma boa é começar por 'Risíveis Amores' que são estórias curtas e dão bem a noção de como ele escreve. Quem amar vai ter muitas horas de puro deleite garantido (A Imortalidade é imperdível).
    O filme é outra coisa.......concordo com o Pips.........não vá esperando ver o livro a telona.......deixe as expectativas de lado, curta Praga e as boas interpretações com um saudosismo distante e descompromissado que vc também vai gostar do filme.
     
  11. alidifarfalla

    alidifarfalla Usuário

    Mais um dos meus preferidos. Essa passagem é realmente excelente. Gosto muito dos sonhos de Teresa também. Um livro muito bom. O filme também me agradou bastante, apesar de cortar muita coisa do livro. Recomendadíssimo!
    E eu adoro o final apesar de ser... (ixi, melhor não contar!)
     
  12. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Esse livro é tão bem recomendado que está na minha lista de livros para ler o mais breve possível. E o melhor é que tem na biblioteca da facul, assim que terminar uns que emprestei vou ler esse.
     
  13. Liv

    Liv Visitante

    Nossa, é bom demais! Estou adorando o livro, o estilo do Kundera e as reflexões que ele faz, é ótimo! :amor:
     
  14. Pips

    Pips Old School.

    O estilo dele deixa essas reflexões mais tateáveis. Ainda não li nenhum outro livro dele.
     
  15. Liv

    Liv Visitante

    A minha parte favorita é

    quando ele fala de merda e da morte do filho do Stálin

    coisa de gênio, heim.
     
  16. vanda canavarro

    vanda canavarro Usuário

    Tive alguma dificuldade em terminar de ler este livro.
    Achei alguns capítulos apaixonantes mas outros bastante entediantes.
    Talvez seja exactamente essa a mensagem que o autor pretenda transmitir, a dualidade entre o peso e a leveza em cada detalhe da nossa vida.
    apesar de definitivamente não ser o livro da minha vida, vale a pena ler.
     
  17. Liv

    Liv Visitante

    Queridones, seguinte...

    Quero escrever sobre esse livro para o blog do Meia Palavra, só que eu achei ele ótimo² e gostaria de uma ajudinha de vocês para passar isso para o papel. Quem quiser escrever algumas linhas e me mandar por mp, terá o seu nome postado no blog com um "obrigadão" junto! :dente: E aí, quem topa colaborar?
     
  18. Pips

    Pips Old School.

    Liv, assista o filme e capte umas idéias. Não se esqueça que Kundera dá dicas de tudo que o influenciou na obra. Fala bastante sobre o inconscientes, os sonhos, o eterno retorno, etc.
     
  19. Liv

    Liv Visitante

    Ah, tem o filme, né? É de que ano?
     
  20. Pips

    Pips Old School.

    [imdb]0096332[/imdb]
    XD
     

Compartilhar