1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Importancia da religião dentro da sociedade

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Sarcasmo, 27 Set 2004.

  1. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Qual a importancia da religião dentro da sociedade?

    O que leva a alguem acreditar em Deus?


    O que leva alguem depender de Deus para explicar fatos impossiveis ( milagres)?
     
  2. Ogden

    Ogden Usuário

    Curiosidade... :roll:
    Já que a ciencia não explica né...

    a mesma curiosidade relativa ao que disse acima, a impossibiliade de obter respostas, tradição, sociedade...



    Ditar regras de comportamento sobre coisas não determinadas pelas leis, ocupar a mente do povo com alguma coisa, bom, tem vários motivos...
     
  3. The Dark Elf

    The Dark Elf Usuário

    É fato! a religião anda de mãos dadas a ética.
    Grande parte do que aprendemos... até mesmo os conceitos de "certo" e "errado" são paradigmas impostos pelas religioes e a vontade de ir ao paraiso...
     
  4. >> Yavanna <<

    >> Yavanna << Usuário

    Pode-se dizer q seja sim colocar regras... mas seria mais uma indicação de como se deve viver, seguindo um exemplo de vida tido por nós como perfeito, me refiro ao exemplo deixado por Jesus. Se todos seguissem esse exemplo, como seria a sociedade? Pra mim seria mto melhor! Claro q todas as religiões têm seus pontos fracos, têm erros sim, mas eles estão aí pra serem corrigidos.

    É sentir Deus... não se pode pensar de modo racional neste tema, é uma questão de fé. É olhar ao redor, a natureza, os homens... é ver os sentimentos... é parar e pensar q de q valeria a vida se acabasse por acabasse por aki?! É acreditar em fatos inexplicaveis, principalmente os contidos na Bíblia. Ler oq tem naquelas paginas, registros historicos e fatos veridicos, e perceber q só Deus pode realizar aquilo td. Acreditar em Deus é acreditar no amor!
    No meu caso ainda tem um algo mais... acredito q se pode receber msgs do Céu, msgs do próprio Jesus, de Maria ou de qlquer outro santo... Já presenciei mtas coisas. É preciso deixar de procurar explicações, é preciso primeiramente querer acreditar.

    Eu te pergunto: o q leva alg a duvidar dos milagres?! Não é uma questão de depender de Deus para explicar fatos impossíveis, é acreditar q Deus pode o impossível, mais uma vez uma questão de fé. Acho q não seria depender de Deus para... seria mais confiar em Deus nessas ocasiões. Pelo jeito como vc questiona dá a entender q quem acredita é fraco... isso eu posso te dar certeza: não eh!
     
  5. Wildchild

    Wildchild Usuário

    Não ha importancia, alem de encher a igreja catolica de dinhero e sustentar parasitas.
     
  6. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento



    E quem disse q é a Igreja catolica especificamente. Quando eu disse a religião, eu disse TODAS. Budismo, Xintoísmo, Judiaísmo, Cristianismo, ou seja, todas as religiões em gerais.


    O fato dos "cabeças" retirarem dinheiro é outra coisa. Ignorancia é facil de manipular e exsite, infelizmente, um numero muito alto de pessoas ignorantes dentro da comunidade mundial.
     
  7. Eli Nerwen

    Eli Nerwen Usuário

    Tava discutindo isso segunda feira, se não me engano...
    Pra mim, o que sempre existiu por tras das religiões foi uma vontade de manipular as pessoas (ao menos as mais convencionais e mais antigas..). Contra os ensinamentos de Deus, Jesus e Cia eu não tenho nada contra. O problema é o que as instituições fizeram com elas. Chegaram mesmo ao ponto de modifica-las em nome de lucro. Já que religião, "milagres", o inexplicável sempre atrairam as pessoas, haveria melhor fonte de renda do que uma igreja/religião?


    As pessoas tem que se apegar a alguma coisa, sempre tiveram. Primeiro foram as lendas, os mitos, e, quando descobriram que elas não eram realmente convincentes, visto que a ciência evoluiu a ponto de poder comprovar isso, o mundo teve que se apegar a algo novamente. Daí surgiu a bíblia, Jesus... e se um dia, até mesmo esses forem desmentidos, pode ter certeza que as pessoas arrumarão algo mais para se apegarem. Sempre vai haver algo "inexplicável" no mundo e sempre haverão pessoas tentando explicá-las...
     
  8. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Talvez seja essa a última vez que entro nesse tipo de tópico. Mas bem, que seja.
    Vejamos...

    Essa é provavelmente a maior e mais popular besteira que tá rolando por aí sobre esse tema. É eufemismo para dizer "Deus não tem nexo, tem que acreditar na louca mesmo". E essa atitude, no meu ponto de vista, é risível.
    Religião É racional. Isso significa que existe uma razão por trás; não que seja provável pela nossa suposta "ciência" (que consegue ser tão dogmática quanto a mais dogmática - e popular - das religiões).
    Religião tem duas componentes: uma social (a que anda de mãos dadas com a ética) e a espiritualidade, que é INVARIÁVEL com a sociedade/governo/cultura/classe dominante (se você discorda, não está falando da mesma coisa que eu). Tem sido idêntica pelo mundo todo há mais de 5 mil anos.

    A Bíblia não expõe fatos inexplicáveis. Ela expõe princípios dentro de metáforas e parábolas, contadas como se fossem reais. É um livro que precisa de chave. Pode ser comparado a um livro criptografado, onde a forma de criptografia é a alegoria.

    Aqui você generalizou. O tópico fala das religiões, não da igreja católica especificamente. E você está falando apenas de uma parte da igreja católica.

    Exatamente! Não se pode julgar a espiritualidade/misticismo/religiosidade baseando-se numa única seita religiosa específica.

    As lendas e mitos têm um fundo de verdade. TODAS. O problema é que quase invariavelmente as pessoas interpretam as lendas literalmente, quando devem ser interpretadas alegoricamente. A religião ensina utilizando o método que se ensina para crianças. Por exemplo, para uma criança, ao invés de dizer "você não deve fazer isso, pois isso te trará prejuízos cármicos", diz-se "não faça isso, porque é feio e Papai-do-Céu fica triste". Com o tempo, a criança cresce e aprende que a verdade é mais profunda, complexa e que aquilo foi a forma que seus pais acharam para fazê-la entender que não devia fazer aquilo. As parábolas das religiões (que em todas as religiões se referem às mesmas coisas!) são análogas: no campo místico, mesmo nós crescidos e intelectuais ainda somos crianças. (Por exemplo, eu citei "prejuízos cármicos"; é uma alegoria pra adulto. Quem se acha capaz de interpretar que se esforce ;) )

    Querem um exemplo mais claro? Ok, vou citar um que li por aí.

    Um mestre religioso chamado Pitágoras (talvez vcs já tenham ouvido falar), uma vez disse: "Não se olhe no espelho com a luz de uma vela".
    Naturalmente ele não falava literalmente. Vamos interpretar: não se olhe no espelho com a luz de uma vela -> não olhe para si mesmo com uma luz fraca -> não se auto-avalie sob as luzes oriundas de uma fonte parcial, os conceitos de uma sociedade ou época. Quando avaliar a si mesmo, que seja sob uma ética centrada no bem universal, e não nos padrões de uma sociedade ou cultura. Pode-se ver que o velho matemático sabia muito bem o que estava dizendo. Infelizmente muitas pessoas pela história adentro devem ter levado bronca de seus ignorantes pais, por terem literalmente visto seu reflexo com uma vela acesa por perto. Tolos...

    Isso sem falar nas crendices populares que são deturpações de preocupações válidas. Por exemplo, realmente dá azar passar em baixo de escada, principalmente quando tem alguém trabalhando em cima dela, com ferramentas cortantes...

    Como já dizia um velho francês, "uma superstição é um cadáver de uma prática religiosa, cujo verdadeiro sentido já foi esquecido".

    Para quem é ávido em dizer "religião só serve pra dominar o povo", sugiro que gaste algum tempo livre pra conhecer religiões como a Hindú, Budista, Celta, etc. Nem toda seita religiosa segue os moldes das mais populares. Me refiro, naturalmente, à parte social; na parte espiritual não existe mais do que uma única grande religião, que - no máximo - assume várias interpretações.
    ___

    Quanto à pergunta do tópico, eu acredito que não existe sociedade sem religião. Não pode existir; não se sustenta.

    (E já que eu citei um matemático, saliento que a matemática e a religião são irmãs siamesas; surgiram entre os mesmos sábios. A religião continua encharcada de números; já a matemática tem tentado se desvencilhar da religião através dos séculos, talvez com medo da reputação...)
     
  9. Eönwë

    Eönwë Usuário

    O que leva as pessoas a acreditar em Deus? A ter uma religião?

    A necessidade de explicar a existência, de tudo e a própria. Só isso.

    Os homens não conseguem (ou não conseguiam) conviver com o inexplicado, e a religião é uma explicação simples e cômoda.
     
  10. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Se for pelo andamento da discução, irei acrescentar uma simples conclusão sobre o assunto pelo o meu ponto de vista

    Bom então o porque cada vez mais existem ateus dentro da sociedade e são logos esses que se destacam dentro da comunidade cientistica?

    Simples, é porque os ateus contestam o fato de que Deus não exista e isso leva a acreditar que não foi ele que criou o universo. Com essa base, eles tentam explicar em formas de teorias o porque estamos aqui no mundo, como surgiu e porque à tantos problemas contido na sociedade.


    Hoje em dia, lideres religiosos estão cada vez mais ambiciosos e cada vez menos possuam a fé verdadeira pra levar a palavra de seu deus a comunidade. A distorção de pregações a fim de conseguir extorquir o dinheiro das pessoas é cada vez mais comum que atualmente virou rotina.
    Só podemos chegar a uma conclusão, as pessoas recorrem a Deus com o objetivo de que os problemas da vida sejam explicados. É mais fácil acreditar que Deus quis assim do que lutar e procurar o porque de tantos problemas dentro da sociedade. Não a sociedade que não existe sem a religião e mesmo que haja um aumento de ateus, a maioria continuará a acreditar em seu Deus.
     
  11. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    As pessoas que não acreditam em Deus dizem "usar Deus pra explicar é muito cômodo".

    Talvez, a questão não seja a religião não conseguir explicar facilmente o mundo, mas o mundo não conseguir explicar facilmente a religião. Depois de estudar várias religiões, cheguei à conclusão de que é o contrário.

    Dizer que Deus não existe é muito cômodo.
     
  12. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Acho que não necessariamente, porque, ao negar a existência de Deus, você dá uma resposta supostamente fácil para um dos mistérios de hoje em dia, mas admite que existem muitas outras coisas sem explicação, pois elas até agora só foram explicadas como sendo obra divina. Se estivéssemos procurando o comodismo, iríamos atrás das respostas fáceis pro maior número de questões possível, não? :think:
     
  13. >> Yavanna <<

    >> Yavanna << Usuário

    Cuidado com o que fala, pra não falar de que vc não tem conhecimento, sou católica e conheço muita coisa dentro da Igreja da qual faço parte, e posso te garantir que esta Igreja sustenta muitas instituições do tipo creches, orfanatos, asilos, escolas... além de auxiliar muita gente até mesmo financeiramente, gente que não tem onde dormir e nem o que comer, só tem as pastorais da Igreja mesmo, vc pode nao gostar, mas a Igreja ajuda, e muito a sociedade.
     
  14. >> Yavanna <<

    >> Yavanna << Usuário

    Pode-se considerar besteira, qnto a isso nao tenho nada a falar... e não é preciso eufemismo pra se dizer Deus não tem nexo, realmente nao tem, e nao precisa ter. Se vc presenciasse metade do q eu ja vi...

    E há cada vez mais ateus chegando a conclusão de que só um Deus poderia criar o universo...

    É uma verdade :( e é lamentável... mas uma crença não pode ser julgada pelos atos destas pessoas, são seres humanos falíveis como qualquer um de nós, e só pq tem alguns títulos religiosos nao significa q nao podem errar e q nao queiram errar.


    Não buscamos Deus para entendermos nossos problemas, pelo contrário lidamos com eles normalmente, como qualquer outra pessoa, apenas buscamos forças para superar os problemas do cotidiano. Dizer que é pq Deus quis é sim facil, mas nao é o q a religiao, pelo menos nao a catolica prega, até pq a religiao prega o livre-arbríto, ou seja, vc faz o q quiser da sua vida, Deus nao impõem sua vontade a ngm.

    Parábolas sim, há muitas parábolas na Bíblia, nos Evangelhos, mas nem td é escrito através de parábolas na biblia!! Toda a parte q se fala da vida de Jesus por ex nao eh contada como parabolas, e sim como fatos veridicos, e com certeza ali tem mtas partes q poderiam ser tidas como "inexplicaveis" sim. E as parábolas nao sao tidas como fatos reais, de jeito nenhum, servem como "estorias" para se compreender alguma coisa, nao se diz q aquelas parabolas realmente aconteceram, sao apenas explicativas.
     
  15. Locke

    Locke Usuário

    Eu não acho que as pessoas precisem de uma religião fixa para viverem bem, acreditar em alguma coisa já é um ótimo inicio para ter fé e esperança. Sou católico não protestante, espiritualista e acredito em tantas coisas, que as vezes realmente e melhor me calar do que tentar explicar. Por isso mesmo não questiono os outros.
     
  16. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    A título de curiosidade:

    Gramaticalmente/etimologicamente, "católico" significa "infalível". E "ciência" significa "saber".

    Um pretende ser infalível; o outro, saber tudo. E nós, no meio, deduzindo cada qual seu caminho.
     
  17. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Uma pequena correção na sua generalização: Nem todas as religiões acreditam num deus, como o budismo ou o satanismo. Logo, a sua primeira pergunta que eu citei não pode valer para todas as religiões.

    Ou seja: ambos se baseiam em idealismos utópicos.

    Apesar de ser batizado, não sou religioso. E não vejo importância (pelo menos para mim) alguma na religião. Mas, para muitas pessoas, agora que já estão inseridas dentro de seu contexto religioso, a importância é claramente visivel, principalmente na ética e na moral. Não pode-se cometer o engano de avaliar a importância para todos. A influência e importância da religião ou da crença num deus vai variar de pessoa para pessoa. Claro que pra quem não tem religião, para quem é ateísta e afins, a religião não terá importância alguma.
    Podemos hipoteticamente pensar numa sociedade que desde o início não tivesse religião, e deduzir sobre essa perspectiva. Mas como atualmente é impossível que não existam religiões e seus seguidores, temos de analisar que cada uma delas tem uma importância básica onde ela predomina. Há muitos países que bolam seus códigos de lei fundamentados na religião dominante em sua região.
    Assim, é inegável que as religiões tem sua importância para muitas pessoas. Talvez para mim ou para você não, mas para milhões de pessoas tem.
     
  18. Dark Light

    Dark Light Eu mato quem for um

    se o mundo se basear em verdades, quaisquer que sejam, duvido que sejam verdades inventadas por seres humanos. usar religião para explicar o mundo é como jogar um dado no chão e uma pedra pra cima e dizer: "o dado deu 3, portanto vai demorar 3 segundos pra essa pedra cair". usar o mundo para explicar a religião é como dizer "demorou 3 segundos para cair essa pedra, portanto o dado deu 3"

    o mundo não precisa explicar a religião porque, como algo inventado, ela não é necessariamente verdade. e, sim: se você está em busca de saber sobre o mundo, é realmente mais cômodo dizer que deus não existe. um problema a menos para resolver. (mas eu acrescentaria: é ainda melhor não se preucupar com sua existência, ao menos por enquanto 8-) )

    utopia por utopia, prefiro a segunda 8-)
     
  19. >> Yavanna <<

    >> Yavanna << Usuário

    Católico quer dizer universal
     
  20. harmien

    harmien Usuário

    Seria uma sociedade sem vícios, sem fraqueza, chata. A felicidade franciscana tomaria conta disso! Eu odiaria..

    Pra mim não faz sentido, já perdi a perspecitva de Deus e nem por isso falta amor e acredito que tmabém não faltaria ao mundo se a imagem divina caísse.

    Acreditar na veracidade daqueles fatos é uma coisa muito mais subjetiva do que analisar a função da religião na sociedade.

    Vc exige como premissa acreditar. Concorda que uma pessoa que "acredita" pode imaginar coisas e chamar de milagres? Uma pessoa de fé cega se convence.

    Nem sempre, a própria conversão em boa parte das vezes ocorre por fraqueza. Em momentos de dor, de carência e de necessidade de um suporte acaba sendo encontrado na igreja. Sendo a causa religiosa justa ou não, ela completa a vida de muitas pessoas. E pra isso que complete uma vida já basta que a pessoa acredite piamente, não necessita de nada divino.
     

Compartilhar