1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Copa 2014 A herança de 2010 que não pode se repetir em 2014

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 14 Jan 2011.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Outro dia achei essa notícia que achei lamentavelmente triste. O Soccer City palco da final da Copa sendo cogitado pra ser usado como local de casamentos por falta de eventos.

    Fica aí o alerta pra 2014 já que teremos copa em cidades que futebolisticamente não representam absolutamente nada como Cuiabá por exemplo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Palco da final, Soccer City deve ter até casamento

    O Soccer City, em Johannesburgo, foi palco do primeiro título mundial da Espanha e de grandes emoções na Copa que terminou há uma semana. Mas agora pode ser usado até para casamentos. Os administradores dos estádios sul-africanos utilizados no Mundial buscam desesperadamente arrecadar recursos para conseguir manter as arenas, enquanto são acusados de terem criado elefantes brancos em solo africano.

    No total, o governo sul-africano gastou bilhões de dólares na construção dos estádios. Uma conta salgada também virá para a manutenção dos locais. Mas o prefeito de Johannesburgo, Amos Masondo, diz que fará de tudo para evitar que o Soccer City fique abandonado. O local promete ser usado para qualquer atividade que gere renda. "Estamos oferecendo o estádio para casamentos e até aniversário", disse o prefeito.

    A ideia é de que as salas usadas no Mundial para receber chefes de Estado sejam convertidas em locais de festa, com vista para o gramado.
    O problema é que a liga local de futebol atrai em média um público de apenas 8 mil pessoas por partida, bem inferior à capacidade de 92 mil pessoas do Soccer City. Dos 212 jogos disputados pela Primeira Divisão do Campeonato Sul-Africano entre 2009 e 2010, somente quatro tiveram um público acima de 40 mil pessoas.

    Em Bloemfontein, o estádio também corre o risco de servir a outras funções, como jogos de rúgbi. Na Cidade do Cabo, o estádio de US$ 1,2 bilhão poderia ser usado pelo time de futebol do Urban Warriors como sua casa. Mas dificilmente cobriria todos os custos de manutenção.

    Em Port Elizabeth, onde o Brasil foi eliminado, o Nelson Mandela Bay Stadium precisa encontrar um time. O clube local faliu e foi vendido para investidores de fora da cidade. "Não tenho dúvida de que, sem um time profissional, o estádio será mais um elefante branco", disse Lungsi Mooi, administrador do clube.
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Isso vai acontecer com os elefantes brancos no interior.
     
  3. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Esse post é um pedaço do meu post na área de Turismo sobre um resumo da Copa de 2010 de quem esteve lá e viu 21 jogos em 6 cidades e 7 estádios na áfrica do Sul

    O post está nesse link
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e fala tb da parte turística, mas segue a parte das impressões da África enquanto estrutura e cultura de futebol.

     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Fingol, quando você estevel lá, você sentiu se havia motivação dos sulafricanos em tornar os estádios bastante úteis (o que chamamos de arena multi-uso) ou isso ficou apenas mais na euforia?
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Não notei ninguém se preocupando com isso. A preocupação deles era de fazer uma ótima copa, só isso.

    Eles até tem times que enchem estádios como o Orlando Pirates e Kaizer Chiefs, o problema é que ambos já tem estádios.

    Uma coisa que eu notei lá foi que os times locais, mesmo os pequenos, tem ótima infra-estrutura. Eu visitei alguns clubes pq o Vasco da Gama de Cape Town estava fazendo amistosos e vi por exemplo a estrutura do Ajax de Cape Town que nem é dos principais times lá é de colocar inveja em qualquer time aqui do Brasil.
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eles tinham que dar um jeito de pelo menos remanejar alguns times de rugby senão ficará feio a ociosidade.

    Ou no caso da Cidade do Cabo que tem grande apelo turístico trazer shows de grande porte como Madonna, Stones, U2 pois a África do Sul é um destino interessante pra ser roteiro de grandes turnês.

    Eu ia até te perguntar sobre o Vasco de lá.

    Uma coisa que sempre falo zoando com amigos é que time de futebol com nome de Vasco da Gama tem muito mais haver com a África do Sul do que o Brasil já que foi contornando o Cabo da Boa Esperança que o navegador se consagrou e ficou conhecido.

    Na reportagem que tinha visto na TV eles jogavam num estádio bem pequeno. Espero que façam mais uso da estrutura que ficou da copa.
     
  7. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    É, mas o Vasco da Gama de lá tem esse nome por causa do time daqui e não por causa do navegador :rofl: Um portugues veio ao Brasil e ficou fã do Vasco, na época de Roberto & Cia. Depois foi pra Africa do Sul e resolveu fundar um time lá. Copiou tudo, até o símbolo. Pra poder manter o CRVG que tem escrito no simbolo do Vasco eles batizaram o time de Club Recreativa Vasco da Gama

    Estádio pequeno?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Zueira, esse era o campo de treinamento. O vice de futebol percebeu a nossa ironia e disse que o time não jogava ali, tem um estádio.

    Agora, o Vasco de lá é um time quase familiar. Tem as despesas ainda pagas pela colônia portuguesa local(q é relativamente grande na Cidade do Cabo) e chegou a 1a divisão pela primeira vez.

    O que mais me espantou foi a forma como nos receberam lá. Nos levaram pra ver um jogo-treino contra o Ajax de Cape Town, abriram o restaurante pra gente (e não nos cobraram por nada que consumimos) e ainda nos deram 2 camisas de presente. Tudo isso sendo recebido diretamente pelo Seu Avelino(do meio, de casaco do Vasco na foto abaixo), um sulafricano filho de portugueses que está na foto abaixo.

    Tudo isso de graça, afinal, somos todos vascaínos como ele mesmo repetia. Engraçado como uma coisa que em nada tem a ver com a outra(o vasco daqui e de lá não tem nenhuma parceria ou nada além da inspiração) era motivo pra nos unir, como se torcessemos exatamente pelo mesmo time.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mesmo que o surgimento tenha ocorrido de forma indireta, foi bom pra resgatar algo que faz parte da história daquele país que é tão multiracial e de colonizações variadas.

    A imagem que vi na reportagem da tv foi desse campo mesmo, uma arquibancada simples e bem baixa.

    No final do ano passado eu e o Fusa discutíamos em outro tópico que além de apostar no mercado sulamericano os times brasileiros deveriam arriscar fazer parcerias de intercâmbio com clubes africanos, pois numa dessas sempre pode revelar um bom jogador se destacando no brasileirão, já que o campeonato local deles não tem um nível de competividade comparável ao nosso.

    Como você mencionou que o pessoal de lá foi bem receptivo, o Vasco daqui no papel, de largada já levaria a enorme vantagem de poder viabilizar uma parceria amigável com o de lá. Se eu fosse o Roberto arriscaria numa boa apostar nesse mercado.
     
    Última edição: 17 Jan 2011
  9. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    É q o futebol lá, principalmente na África do Sul, é muito fraco. Não dá pra entender pq, mas os times locais, mesmo sendo os mais ricos do Continente não conseguem chegar muito longe nas copas continentais.
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Já achei legal que nas 2 ultimas edições do Mundial o Mazembe do Congo quebrou aquela longa sequência que os melhores da África eram sempre do norte do continente (Egito, Tunísia, Marrocos, etc)

    A África do Sul no papel tem todo o potencial pra ser a médio e longo prazo a grande potência futebolística do continente, mas ter sediado a copa não garante nada se não investir forte nas categorias de base, ter mais intercâmbio e popularizar pra valer o esporte.
     

Compartilhar