1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Espada Vingadora(Sir Gaiwan e The Green Knight)

Tópico em 'O Senhor dos Anéis - os Filmes' iniciado por Fingolfin, 9 Out 2003.

  1. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Aí Galera,

    alguns de vcs devem saber que Tolkien publicou o livro Sir Gaiwan and the Green Knight q se refere a uma lenda britanica antiquíssima, escrita originalmente em inglês arcaico.

    Bom, esse livro já foi pras telinhas... Seu nome no Brasil é .... **espantem-se** A ESPADA VINGADORA.

    Sir Gawain and the Green Knight teve duas versões no cinema. A primeira em 1973 tinha o mesmo nome do livro. A 2ª de 1982, dirigida e produzida pelas mesmas pessoas, tinha o nome "The Sword of Valiant: The Legend of Sir Gawain and the Green Knight" e contava além de Sean Connery com o nosso conhecido John Rhys-Davies, o Gimli, no elenco e o também conhecido David Rapaport.

    Bom, alguém já viu esse filme? Sabe como é? Se é bom? Sabe onde achar? Eu procurei em todas as locadoras q eu tenho acesso!
     
  2. Tilion

    Tilion Administrador

    Já passou aqui em Porto Alegre em um canal local, com o nome igual ao original: A Espada do Valente.

    O filme em si é interessante e, até onde eu me lembro (faz uns anos desde que passou a última vez) é bem fiel ao livro (a tradução de Tolkien do livro é fantástica... aliteração rlz! :mrgreen: )

    O Sean Connery está bem convincente como o Cavaleiro Verde, embora com purpurina demais, pro meu gosto: sim, ele não tem esse título de "Verde" do nada... ele realmente é dessa cor, armadura, armas e pele... mas ficou brilhando demais. :eek:

    Pra ser sincero, não me lembro que papel o John Rhys-Davies faz no filme. :think:
    A última vez que assisti foi antes do primeiro filme da trilogia do SdA sair (!!!) e o ator não me era lá muito conhecido tanto por nome como por atuações.

    Enfim, vale a assistida, se tu conseguir achar o filme em alguma locadora (aqui, nunca achei). :)
     
  3. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Tilion, sobre o que é a história? Tem alguma coisa a ver com gigantes, não é?
    Eu lembro que há uns tempos andei procurando saber sobre o livro e não achei resenhas.
     
  4. Tilion

    Tilion Administrador

    Bom, eis um resumo da história:

    Certa vez, na época do Natal, durante um banquete oferecido pelo rei Arthur, surgiu no castelo o tal do Cavaleiro Verde. Pela descrição que é feita dele no livro, ele realmente seria um gigante (pelo menos comparado com os homens "normais"), impressionante, todo vestido de verde, armadura e pele, inclusive seu cavalo. Todos ficam embasbacados com a aparência do cavaleiro.

    Pois bem... ele age de um modo presunçoso diante do rei e seus cavaleiros, o que enfurece esses últimos. O Cavaleiro Verde, então, com a justificativa de não perder o clima de "festividades", propõe um jogo, um desafio: que alguém se voluntariasse a desferir um golpe de machado (com o machado do próprio C. Verde, que era maior que qualquer machado já visto) no pescoço do Cavaleiro, para provar sua força. Se, caso o C. Verde sobrevivesse ao golpe, ele teria o direito de fazer o mesmo com a pessoa que o golpeara.

    Porém, todos na corte são tomados pela insegurança e pelo medo, e o rei Arthur meio que se irrita com isso. Para salvar a dignidade do rei e da corte, Gawain, sobrinho do rei, se oferece para dar o tal golpe. Arthur o elogia muito por isso, com aqueles floreios típicos de poemas do gênero.
    Gawain desfere o golpe e decepa a cabeça do C. Verde. O salão explode em vivas e congratulações mas, de repente, algo faz com que todos se calem: o corpo do C. Verde se levanta e vai caminhando naturalmente até a cabeça decepada, pega-a e coloca-a debaixo de um dos braços... e a cabeça começa a falar!! 8O

    O C. Verde congratula Gawain pelo golpe mas, como o mesmo não deu cabo da vida dele, ele tinha o direito de fazer o mesmo com Gawain. Mas, para dar uma "chance" maior ao rapaz, ele dá um prazo de um ano para Gawain se preparar para receber o golpe no pescoço, para que pudesse aprender algo que o protegesse da morte certa. Dito isso, o C. Verde parte - com a cabeça debaixo do braço 8O - e Gawain resolve se preparar para o desafio final. Ele enrola um bom tempo na corte, meio que relutando em partir mas, ao chegar perto da data marcada, ele parte e vai em busca de aperfeiçoamento, tanto físico como espiritual.

    A partir daí Gawain passa por várias aventuras, que envolvem feiticeiras, druidas, reinos encantados e toda a sorte de coisas "fantásticas". Não vou relatar mais aqui senão eu acabo contando todo o livro, e não quero estragar a leitura de ninguém. :mrgreen:

    O poema é muito bonito, além da história em si ser muito interessante. O autor é anônimo, e a tradução que li do poema (o original é em anglo-saxão) foi a feita pelo Tolkien. :grinlove:
    Esse texto é um belo exemplar da capacidade poética de Tolkien pois, ao se traduzir qualquer obra, o tradutor recria-a em parte... quando é um poema então, essa recriação é em um nível ainda maior. Tolkien mostra muita competência ao manter o poema o mais próximo possível de sua métrica original, em estilo aliterativo (em certos versos, onde a aliteração é feita com a letra "w" e aparece o nome de Gawain, ele troca a primeira letra do nome para manter a sincronia, e temos às vezes a grafia Wawain. :mrgreen: ).

    O livro não é de leitura fácil, com um vocabulário arcaico e formal (na minha edição, pelo menos, há um providencial glossário para os termos mais incomuns), mas vale o esforço (afinal, aquisição de vocabulário nunca é demais), ainda mais se for a versão do Professor. :obiggraz:
     
  5. Hellboy_theOld

    Hellboy_theOld Usuário

    Eu tinha um livro com essa história... Esse livro possuia várias historias, fabulas e lendas de diversos países, incluindo essa, da Grã-Bretanha. Era em português mesmo, era de facil leitura, mas a história estava parecida com a descrita pelo Tilion (mas, infelizmente, não tinha druidas, feiticeiros, nd! :P ). De acordo com esse tal livro, era mais ou menos assim: O tal Cavaleiro Verde chegou na corte do rei Arthur, no Natal, e provocou todos os cavaleiros presentes, dizendo que eles não eram bravos, nem corajosos, etc. O unico que teve coragem de enfrentar o Cavaleiro teria sido Sir Gawain. O Cavaleiro então propôs o desafio a Gawain, para testar a sua coragem: ele deveria desferir um golpe do machado do Cavaleiro em sua cabeça, mas, uma ano depois, no outro natal, era Gawain quem receberia o golpe, no castelo do Cavaleiro Verde. Gawain, com receio, aceitou o desafio. Ele chegou a decapitar o Cavaleiro Verde, mas o mesmo, absurdamente, recolocou a cabeça no lugar, como se nada tivesse ocorrido ( :osigh: ). O Cavaleiro então se retirou, afirmando que esperaria Gawain em seu castelo no ano seguinte. Gawain então esperou o próximo natal, ansioso, afinal, ele seria executado! Mas, mesmo assim, ele honrou seu compromisso. Debaixo de muita neve, ele viajou, um dia antes do natal, com destino ao castelo do Cavaleiro Verde. Pelo trajeto, Gawain foi interrompido por algumas pessoas, que queriam lhe oferecer conforto, comida e diversão. Gawain recusou esses luxos, e continuou o seu trajeto. Afinal, caso ele parasse, não chegaria a tempo para o desafio. Então, finalmente, chegou ao Castelo do Cavaleiro Verde. Lá, o Cavaleiro o esperava para a execução. ATENÇÃO: Se vc quiser saber o final da história, me mande uma MP (eu não quero estragar o livro inteiro aki). Hehehehe....!
     
  6. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    O tempo passou e pelo visto ninguém achou o filme.

    Eu continuo procurando, se alguém souber onde encontrar por favor me diga.
     

Compartilhar