1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A dor é o cárcere d'mi alma

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por morphir, 2 Mai 2010.

  1. morphir

    morphir Usuário

    Redigi este quando eu tinha uns 14 anos, pobre em conteúdo também. O meu estilo é prosa, não poesia. Mas gosto pelo mesmo motivo do que o anterior: intensidade de sentimentos contida.

    O luar encontra-se cheio,
    Cheio como o meu coração:
    De saudade. De choro. De vazio.
    Será que quando o clamo, há recíproca?

    Óh como dói amar-te.
    Amar e ser amado,
    Fruto de um flerte proibido,
    Se me amas, por que não assumir-te?

    Por que dói tanto a ausência de sua voz,
    A ausência do seu cheiro, de sua pele.
    Por que o seu vazio não me completas ?
    Maldito és o vício que tu me deixaste.

    A dor é o cárcere d'mi alma
    A ira, acima de tudo, apossa-se de mim.
    Por que, ao tentar gritar, minhas cordas só exalam silêncio ?
    Por que, ao tentar chorar, a ângústia é maior do que as lágrimas ?

    Fatigado. Encontro-me fatigado de te amar.
    Cansado de fumar, cansado de chorar, cansado de sofrer.
    Por que é tão difícil compreender que você já não é mais jovem ?
    Por que insiste em querer embriagar-se e seguir em direção ao fim ?

    Sob ao cheio luar,
    Redijo-te esse desabafo.
    Com dor n'alma, que aprisiona teu coração,
    Com dor em meu coração, que possuis, apenas, a tu.


    [align=center]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/align]
     
  2. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Podemos sim desabafar através dos versos"Sob ao cheio luar,
    Redijo-te esse desabafo."Continue postando
    morphir.
     
  3. morphir

    morphir Usuário

    Muito obrigado, Ricardo ! Um dia quando der na veneta coloco alguma coisa aqui, ando tão viciado em alguns livros que não consigo nem levantar da cama direito ! hahaha
     
  4. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    isso aí estamos no aguardo :sim:
     
  5. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Morphir, belos versos, interessante como o amor age com todos, sempre igual mas diferente pra cada um. Estamos a espera de mais versos. Abraços.
     

Compartilhar