• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

A desconfiança de Sam

Klerigo

Usuário
A respeito de Gollum, Frodo e Sam. Gollum estava seguindo os hobbits já havia um bom tempo. O primeiro contato cara a cara que tiveram, foi quando Frodo e Sam perceberam sua presença e Sméagol atacou Sam, durante a travessia dos pântanos.

Mas Frodo deu um salto e tirou ferroada da bainha. Com a mão esquerda, puxou para trás a cabeça de Gollum, agarrando-lhe os cabelos finos e escassos...

Nessa hora Frodo conseguiu tirar Gollum de cima de Sam e ambos começaram a pensar no que fazer com a criatura. A intenção de Sam era amarrá-lo e deixá-lo para trás. Mas nesse momento Frodo começa a ouvir vozes vindas do passado.

Frodo teve a impressão de ouvir, claras mas distantes, vozes vindas do passado: É uma pena que Bilbo não tenha apunhalado aquela criatura vil, quando teve chance. Pena? Foi justamente pena que ele teve...- Muito bem - respondeu Frodo em voz alta, abaixando a espada. Mas ainda estou com medo. E mesmo assim, como você pode ver, não vou tocar na criatura. Pois agora que o vejo, realmente sinto pena dele.

E após isso, Frodo decide levar Gollum com eles para mostrar o caminho, acreditando que Gollum poderia lhe ser útil. Gollum aceitou a proposta, Sam por sua vez não gostou muito da atitude de seu mestre.

Sam lhe fez uma careta e chupou os dentes; mas teve a impressão de sentir que havia algo estranho sobre a disposição de seu mestre e que o assunto estava acima de qualquer discussão. Mesmo assim, ficou assustado com a resposta de Frodo.

E assim os três caminham juntos, mas sempre com Sam não gostando da idéia de ter Gollum por perto.
Em um trecho do livro, mais adiante segue um dialogo entre Sam e Frodo a respeito de Gollum:

- Olhe aqui - sussurrou Sam para Frodo , numa voz não muito baixa: realmente não estava preocupado se Gollum podia ou não ouvi-lo. Precisamos dormir um pouco; mas não os dois ao mesmo tempo, com esse vilão faminto por perto, com ou sem promessa. Sméagol ou Gollum, não é de uma hora para outra que ele vai mudar seus hábitos, isso eu garanto. Vá dormir Sr. Frodo...
-Talvez esteja certo, Sam. Há uma mudança nele, mas que tipo de mudança, e qual sua extensão, ainda não sei ao certo. Mas agora, acho que não há necessidade de sentirmos medo. Mesmo assim, vigie se quiser.

Sam sempre se mostrou atento a tudo que Gollum fazia. Já Frodo parecia que tinha mais confiança. Seria confiança ou seria pena como ele ouviu as vozes do passado em sua mente ao ver que um hobbit se transformou nisso, pela corrupção do Um Anel? De onde vinha então, a confiança de Frodo? Sam estaria equivocado ao desconfiar tanto de Sméagol ou ele não merecia mesmo??
 

_ Sauron _

Senhor dos Lobisomens
Acho que Frodo sentiu pena de Gollum pelo que O Anel o transformou, e, como se o entendesse, por ser também portador do Anel, passou a confiar nele após o juramento, pois sabia o que era jurar pelo Anel. Acho que Sam realmente desconfiou demais, mas como Frodo confiou demais, tivemos um equilíbrio. Se não fosse Sam, Gollum talvez desistisse do seu plano de levá-los a Laracna, mas não fosse ele, Frodo tinha morrido muito antes.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Eu penso que Frodo começou bem cedo na missão do fardo a enxergar mais longe que Sam, muito mais longe até que vários outros membros da comitiva (pelo menos da parte dos Hobbits e Boromir). A cada desafio seu corpo se debilita e se sutiliza e depois da cura de Elrond nós temos a impressão de que parte do poder do elfo ficou em Frodo e que o contato com o anel e a visita a Lórien (lugar do qual as pessoas não saem inalteradas) contribuem bastante para a experiência do hobbit. Na conversa com Galadriel Sam não consegue ver o anel no dedo de Galadriel, apenas Frodo, que já está com uma visão e intuição mais aguçada que seu amigo.

Frodo quase entrou no mundo dos mortos e sentiu o ferimento encantado pelo resto de seus dias. Houve magia e sabedoria imbuídas nele de uma forma que Bilbo não pôde alcançar e ainda assim as palavras mais importantes de Bilbo, Frodo pôde lembrar no momento certo.

Pode mesmo ter sido o dom premonitório, aguçado pelas experiências do caminho. A própria Galadriel dizia que ele já era sábio o suficiente para fazer a escolha de olhar no espelho, mesmo sendo o portador do fardo.

Quando ele encontra Gollum a confiança e força interior dele tinham sido forjadas ao longo de duras penas e Frodo já era 3 vezes o homem que fora. Penso que a confiança pode ter vindo dessas coisas.
 

Klerigo

Usuário
Smeagol merecia sim desconfiança, ele traiu o pessoal no final oO

Mas durante o tempo que ele esteve com Frodo e Sam, ele cumpriu com a palavra dele, que era de guiá-los pelos caminhos menos perigosos. A traição que você se refere seria ao fato dele tentar evitar que Frodo jogasse o Um Anel no fogo da Montanha?

Acho que Frodo sentiu pena de Gollum pelo que O Anel o transformou, e, como se o entendesse, por ser também portador do Anel, passou a confiar nele após o juramento, pois sabia o que era jurar pelo Anel. Acho que Sam realmente desconfiou demais, mas como Frodo confiou demais, tivemos um equilíbrio. Se não fosse Sam, Gollum talvez desistisse do seu plano de levá-los a Laracna, mas não fosse ele, Frodo tinha morrido muito antes.

Há uma parte que Gollum diz que jura pelo Precioso em ser muito bom para os hobbits. Nesse momento, parece que Frodo adquire essa confiança com ele, pois se Sméagol jurou por aquilo que ele mais desejava, ele pensou que deveria acreditar nele.

Eu penso que Frodo começou bem cedo na missão do fardo a enxergar mais longe que Sam, muito mais longe até que vários outros membros da comitiva (pelo menos da parte dos Hobbits e Boromir). A cada desafio seu corpo se debilita e se sutiliza e depois da cura de Elrond nós temos a impressão de que parte do poder do elfo ficou em Frodo e que o contato com o anel e a visita a Lórien (lugar do qual as pessoas não saem inalteradas) contribuem bastante para a experiência do hobbit. Na conversa com Galadriel Sam não consegue ver o anel no dedo de Galadriel, apenas Frodo, que já está com uma visão e intuição mais aguçada que seu amigo.

Frodo quase entrou no mundo dos mortos e sentiu o ferimento encantado pelo resto de seus dias. Houve magia e sabedoria imbuídas nele de uma forma que Bilbo não pôde alcançar e ainda assim as palavras mais importantes de Bilbo, Frodo pôde lembrar no momento certo.

Pode mesmo ter sido o dom premonitório, aguçado pelas experiências do caminho. A própria Galadriel dizia que ele já era sábio o suficiente para fazer a escolha de olhar no espelho, mesmo sendo o portador do fardo.

Quando ele encontra Gollum a confiança e força interior dele tinham sido forjadas ao longo de duras penas e Frodo já era 3 vezes o homem que fora. Penso que a confiança pode ter vindo dessas coisas.

Sim, com certeza. Após a cura de Elrond e a saída de Lórien, Frodo evolui muito como pessoa e como você mesmo disse Neoghoster, fizeram com que ele enxergasse mais longe que alguns membros da comitiva.

Mas será que se Gollum soubesse do plano de acabar com o Um Anel, ele teria guiado os hobbits para destruí-lo ou teria feito cairem numa armadilha para pegá-lo de volta?
 

Carnildo

O Esquecido
Não, ele traiu eles levando eles para a toca da Laracna.Que com certeza não é um canto seguro.
 

Pim

God, I love how sexy I am!
Vale lembrar que Sam sempre foi desconfiado, e Frodo era mais sensato, poderado e humano. Frodo, assim como Bilbo, acreditava nas pessoas.

Um trecho que exemplifica bem isso, e desde o começo do livro, é o encontro de Passolargo com os hobbits na estalagem de Bri.

— É isso! — exclamou ele depois de uns momentos, passando a mão sobre a testa. — Talvez eu saiba mais do que vocês sobre esses perseguidores. Vocês os temem, mas não os temem o suficiente, ainda. Amanhã terão que escapar, se puderem. Passolargo pode levar vocês por caminhos que raramente são usados. Vão deixar que os acompanhe?

Houve um silêncio pesado. Frodo não respondeu; tinha a mente confusa, com medo e dúvidas. Sam franziu a testa, olhou para seu mestre e finalmente falou:

— Com sua permissão, Sr. Frodo, eu diria não! Esse Passolargo, ele nos previne e recomenda cuidado, e com isso concordo e digo sim; podemos começar por ele.
Ele vem de lugares ermos, e nunca ouvi falar bem de pessoas desse tipo. Ele sabe alguma coisa, isto é óbvio, e sabe mais do que eu gostaria; mas isso não é motivo para permitirmos que nos conduza a algum lugar sombrio, onde não haverá socorro, como diz.

Pippin se agitava e parecia inquieto. Passolargo não respondeu a Sam, mas dirigiu o olhar penetrante para Frodo, que desviou os olhos.

— Não — disse ele devagar. — Não concordo. Eu acho, eu acho que você não é exatamente o que deseja aparentar. Começou falando comigo como se fosse um habitante de Bri, mas sua voz mudou. Sam parece estar certo nesse ponto: não vejo por que deva nos prevenir para que tenhamos cuidado, e mesmo assim pedir que o levemos, sem garantia nenhuma. Por que o disfarce? Quem é você? O que realmente sabe sobre... sobre meus negócios, e como ficou sabendo?
 
C

cpm22

Visitante
Sam sempre foi ''mais centrado e responsável'' que Frodo. Ele pensava para agir, porém Frodo agia sem pensar. Sim, realmente Frodo teve pena de Sméagol, talvez ele possa realmente ter acreditado naquela criatura tão, tão nojenta. Mas Sam, além de tudo visava a vida de Frodo, ele deseja lhe proteger de tudo e de todos, que fossem contra o teu ''mestre'' e amigo. Poderia citar que Sam, teve o dom da percepção, o dom de ''perceber'' que Sméagol, não era uma criatura confiável, não totalmente pela sua terrível aparência mas, pelas atitudes, principalmente quando ele os ataca no Pantano, desde já Sam percebeu que aquela criatura não tinha um bom caráter, e que seu desejo era maléfico. Um bom guia, um bom guardião, um guerreiro, um observador ou apenas um BOM AMIGO, Sam não desconfiou-se em vão, ele foi tudo isso é muito mais. Um pequeno Hobbit que desejava apenas proteger seu amado amigo, e voltar para o condado para rever sua ''amada'', E outra Sam com sua honestidade, e inteligência provocou a irá de Gollum (Que tentou de todas as formas prejudicar sua honestidade) sua desconfiança foi necessária, desde o primeiro momento que Gollum cruzou a vida dos dois, era necessário essa confiança para que Frodo fosse protegido, e que o Um anel fosse destruído.
 

Sindar Princess

Que deselegante...
Frodo se colocou no lugar de Sméagol (que se tornou Gollum) e acredito que se penalizou perante a desgraça toda do que aquilo que carregava foi/era capaz de fazer a um ser aparentemente normal, assim como ele o era. E por este motivo, já que ele tinha que resistir ao mal do anel, acreditava que Gollum poderia voltar a ser o que tinha sido, ou seja o bom Sméagol, Sméagol bonzinho. O lado Sméagol de Gollum era no que Frodo se apegava para que ele mesmo não surtasse e não se torna-se maligno. Ele tinha que acreditar que se Gollum voltasse a ser bom, então, não teria que temer o poder do Um, pois ele sabia, desde o princípio, que aquilo o destruiria, e o pior: não sabia como, nem de que jeito: poderia ser nas mãos do inimigo, ou talvez ele se tornasse o próprio inimigo de todos.

Para Sam, Sméagol era mau. E ponto. Não havia como Sam pensar como Frodo, pois Sam só queria protegê-lo dos diálogos dissimulados de Gollum. Ele ficava atento a qualquer piscada do nosso amiguinho errante para desmascará-lo, mas nem sempre com sucesso, justamente por Frodo estar tão crente de que Sméagol poderia voltar a ser o que era e, desta forma, acreditar em sua própria salvação.
 

zorba

VAI CORINTHIANS!
Smeagol merecia sim desconfiança, ele traiu o pessoal no final oO


sim, mas todas as traições ajudaram Frodo, no fim de tudo, a destruir o anel...

Frodo era mais inteligente do que Sam, pensava mais com a razão e Sam pensava mais com o coração... essa combinação fazia da dupla insuperável e inseparável.... uma combinação perfeita para uma tarefa nada fácil como a que lhes foi desginada... :yep:
 
Na verdade todos estão corretos em uma certa medida, Sam era desconfiado, mas o era por conselho de Gandalf, a desconfiança em assuntos com o Inimigo foi aprendida duramente por Aragorn também, como de fato ele relata em Bri, e também no conselho de Elrond foi dito que em todas as longas guerras contra a torre escura a traição era sempre o pior inimigo. Frodo confiou por ver em Gollum seu futuro, uma vez que ele havia carregado o Anel e o utilizado por muito mais tempo do que Frodo. Claro que isso não quer dizer que Frodo não adquiriu muita sabedoria após ser ferido por "faca-ferrão e dente", mas ainda assim, o que mais pesou no coração de Frodo ao aceitar Gollum foram justamente as palavras de Gandalf de que Gollum ainda teria um papel a desempenhar, para o bem ou para o mal. E mesmo Frodo não confiou em Gollum, uma vez que exigiu um juramento, e um dos mais pesados e perigosos que ele poderia exigir. Se Frodo de fato tanto confiasse em GOllum nenhum juramento teria sido exigido, e apesar de tudo, Frodo sabia que o caminho dele corria ao lado do de Gollum, podemos dizer que, como disse Gandalf sobre o achado do Anel por Bilbo ter sido algo fadado a acontecer, a utilização de Gollum como guia também foi. Frodo se precaveu com o juramento e não tentou lutar com o Destino que unia seu caminho ao de Gollum
 

Dealife

Usuário
Ele ficou desconfiado por estava perdendo Frodo para o Anel e deveria ter medo que Frodo se tornasse como Smeagol.
 

Annael

Eu não sou só um
sam esteve certo o tempo todo...
desde o inicio estava óbvio que gollun os trairia
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo