1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Corporação (The Corporation, Canadá, 2003)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 29 Mar 2011.

?

Sua nota:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    50,0%
  3. 8

    50,0%
  4. 7

    0 voto(s)
    0,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  11. 0

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Elenco: Mikela J. Mikael (Narrador - voz); Jane Akre; Ray Anderson; Maude Barlow; Chris Barrett; Noam Chomsky; Peter Drucker; Samuel Epstein; Milton Freidman; Naomi Klein; Susan E. Linn; Luke McCabe; Robert Monks; Michael Moore; Vandana Shiva; Steve Wilson.
    Direçao: Jennifer Abbott e Mark Achbar
    Sinopse: A partir da polêmica decisão da Suprema Corte de Justiça americana concluindo que uma corporação, aos olhos da lei, é uma "pessoa", são analisados os poderes das grandes corporações no mundo atual.

    A exploração da mão-de-obra barata no Terceiro Mundo e a devastação do meio ambiente são alguns dos fatos explorados, que entrevistam presidentes de corporações como a Nike, Shell e IBM, além de Noam Chomsky, Milton Friedman e Michael Moore.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Hobbit Bonzinho

    Hobbit Bonzinho Usuário

    Eu acho bom, e não me importo muito se é tendencioso. Considerando que a mídia está 90% do tempo despejando as mensagens ideológicas das grandes corporações, um pouco de equilíbrio faz bem. Não nego que provavelmente tem muito exagero (a maioria do Michael Moore, qual é realmente a reelevancia da Fanta ter sido originada no nazismo? O Fusca também.)
    E aquele cara que quer privatizar cada centímetro da terra está longe de ser um excêntrico maluco.


    E pra fazer um gancho com o outro tópico, Sidney Lumet:
    [youtube]url="http://www.youtube.com/watch?v=CeCMSLP3Wy8&feature=related"]YouTube - Network (1976) - Corporate Cosmology[/url][/youtube]
     
    Última edição: 11 Abr 2011
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    É relevante para explicar, pelo menos a parte da Fanta, foi uma saida que acharam para barrar a proibição de negociar com o inimigo, demonstra bem a ideologia das corporações que é de lucre, não importa o resto.
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013

Compartilhar