1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As Sete Maravilhas de Arda A Cidade do Lago

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Décimo, 1 Dez 2007.

  1. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Esgaroth
    A Cidade do Lago

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Esgaroth, ou simplesmente Cidade do Lago, era o local onde habitava uma comunidade de Homens, conhecidos por Homens do Lago. A cidade foi construída na superfície do Lago Comprido, localizado a leste de Mirkwood. Era suportada por enormes pilares de madeira assentes no fundo do lago, e estava na sua margem oeste, junto à foz do Rio da Floresta, numa calma baía protegida por um promontório rochoso. Uma longa ponte de madeira ligava a cidade à terra.

    Os edifícios da Cidade do Lago eram igualmente feitos de madeira. As maiores casas se situavam em redor da praça de mercado, uma área redonda no centro da cidade sem construção alguma, com degraus e escadas que desciam até às águas do lago. A Grande Casa, de onde o Mestre da Cidade do Lago presidia, estava igualmente nesse sítio. O Mestre era um oficial eleito, normalmente escolhido de entre os mais velhos e sábios.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Esgaroth, por Alan Lee

    Originalmente Esgaroth era uma cidade grande, rica e poderosa. A maior parte da troca de mercadoria, principalmente vinho e comida, entre Dorwinion (perto do mar de Rhûn), pelo Rio Corrente, e o reino dos Elfos de Mirkwood, pelo Rio da Floresta, passou a ser feita através de Esgaroth. Assim, para além de pescadores, a cidade passou a ter mercadores e barqueiros, que cobravam quantias modestas por acelerar este tráfego comercial. Mas com o passar do tempo a sua influência diminuiu e se tornou mais pequena; pilhas de madeira podiam ser vistas saindo um pouco das águas, nos lugares onde outrora se erguiam casas. A situação piorou quando, em 2770 da Terceira Era, o dragão Smaug, o Dourado, chegou àquela zona e se instalou na Montanha Solitária, um pouco a norte, expulsando os Anões que lá viviam. Se estabeleceu na Montanha, fazendo incursões ocasionais até ao lago, onde semeava o pânico.

    Mas apesar de todos os contratempos, sempre alguns Homens permaneceram na cidade, e mantiveram a funcionar as suas trocas comerciais, principalmente com Thranduil e o seu povo, em Mirkwood.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O mercado da Cidade do Lago

    A Cidade do Lago ficaria mais tarde no centro das atenções, quando foi palco de alguns dos acontecimentos mais importantes do final da Terceira Era, envolvendo a morte de Smaug e a Batalha dos Cinco Exércitos.

    Bilbo Baggins, o Hobbit, e Thorin Escudo-de-Carvalho, Rei do povo de Dúrin no Exílio, durante a sua demanda até à Montanha Solitária, passaram por Esgaroth. Bilbo ajudou Thorin e os outros anões a escapar dos Salões de Thranduil usando barris vazios que eram transportados pela corrente do rio até à Cidade do Lago. Chegaram às margens perto da cidade no dia 22 de Setembro de 2941, e aproximaram-se dos guardas da ponte. A atravessaram até à cidade e à praça de mercado, onde se encontraram com o Mestre, e Thorin anunciou pomposamente que o "Rei sob a Montanha" havia regressado.

    A chegada dos Anões causou grande excitação em Esgaroth. As pessoas tinham esperança que a prosperidade voltasse assim que eles voltassem a residir na Montanha Solitária. Deram aos Anões uma grande casa onde ficar, e ofereceram-lhes grandes quantidades de roupa e comida. Quando a comitiva partiu para a montanha, cederam-lhes provisões, barcos e póneis.

    Algum tempo depois, Smaug emergiu da Montanha Solitária e desceu até à cidade. Foi primeiro avistado por Bard, cujos antepassados tinham escapado ao dragão quando este se convencera que Bilbo, que o tinha roubado, viera dali.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Smaug ataca a cidade

    Bard fez soar o alarme e o povo da cidade cortou as pontes e pegou nas suas armas. Smaug pegou fogo a muitos edifícios de madeira, e esmagou com a cauda o teto da Grande Casa. As pessoas escapavam de barco ou atirando-se para o lago. Então um tordo chamado Roäc apareceu a Bard e lhe disse que o ponto fraco de Smaug era a sua barriga, e Bard atingiu o dragão com uma flecha nesse ponto, matando-o. Smaug caiu diretamente sobre a cidade, que ficou destruída.

    Depois da Batalha dos Cinco Exércitos, Bard deu uma parte daquilo que tinha ganho do tesouro do dragão ao Mestre da Cidade do Lago, mas ele era um Homem ganancioso e fugiu com o ouro, morrendo pouco depois nos ermos. Foi escolhido um novo Mestre, mas sábio e honroso, e Esgaroth foi reconstruída, um pouco acima do local original, onde agora estavam os ossos do dragão. Pela altura da Guerra do Anel, o reino de Valle (que também fora reconstruída), governado por Brand, neto de Bard, se estendia para sul e leste da Cidade do Lago.

    Outras Informações​


    Nome

    Esgar se traduz como "cama de juncos", e Esgaroth significa "lago de juncos", pois havia grandes amontoados desta planta na margem oeste do lago.

    Localização

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A Cidade encontra-se a sul de Erebor, no Lago Comprido.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Autores

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    - Texto e tradução, revisão final.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    - Pesquisa de imagens.

    Fontes

    Websites:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Livros:
    O Hobbit, J. R. R. Tolkien
    O Senhor dos Anéis - Apêndice A: O Povo de Dúrin, J. R. R. Tolkien
    The Complete Tolkien Companion, J. Tyler
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 1 Dez 2007
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Imagem representando a Cidade do Lago

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Desenho da cidade

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Smaug destruindo casas

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Canal na cidade

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Mapa hipotético de Esgaroth
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 1 Dez 2007
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O Rio da Floresta

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Desenho original da Cidade do Lago por Tolkien

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Esgaroth

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Pintura da cidade (autor desconhecido)
     

    Arquivos Anexados:

    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Tuor

    Tuor Usuário

    Muito bom, 10º. Aliás, perfeito. Esgaroth é muito rica em imagens... podia ter tamanha riqueza em textos e histórias do local. Não sei se entra na minha lista porque ainda não a fiz, mas merece entrar. A disputa vai ser grande...
     
  5. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Só algumas coisas a serem ditas:
    Não é Lago Longo, é Lago Comprido. E não é Rio Corredor, é Rio Corrente. E não é Dale, é Valle. E não é este, é leste!

    :lol:

    São tão legais essas diferenças!! :mrgreen:

    Mas então, a Cidade do Lago tá na minha lista! Eu acho...

    Aproveitando a oportunidade, eu não consigo entender porque a população da cidade derrubou as pontes quando Smaug chegou. Smaug veio voando, então, de nada adiantaria destruir as pontes.
    Acho que ficou ainda pior, pois eles não tinham por onde fugir e acabariam afundando com a cidade.
     
  6. Tuor

    Tuor Usuário

    Nunca tinha parado pra pensar nisso, Snaga! Se o bicho vem voando, destruir a ponte por quê e pra quê?! Eles acabaram se emboscando. Mas pode ser que talvez tivessem feito isso pra fugirem pela água, pois com o desespero do povo, todo mundo ia sair por terra, e o dragão queimaria tudo, podendo cercá-los e matá-los facilmente. Viajei...
     
  7. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Aqui também é Lago Comprido, eu é que não me lembrei disse. Vou arranjar o resto também (embora não goste de ficar traduzindo nomes de cidades como Dale - para que são os dois "l"?)

    Talvez este excerto lance alguma luz sobre o assunto:

    Bom, continua não sendo muito claro, mas parece que sem a ponte eles conseguiam vantagem sobre o dragão - provavelmente porque assim ele não ousava aproximar-se tanto da cidade, com medo da água.
     
  8. Marcileia

    Marcileia Usuário

    É uma bela obra sem dúvida, há grandes chances de entrar para a minha lista!
     
  9. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Eu tava zuando. Não precisa corrigir nada. Dá pra entender perfeitamente do que se trata cada palavra.
    Só não sabia que em Portugal se falava 'este' em vez de 'leste'.
    E essa coisa dos dois 'L' em Valle, não tenho idéia do porque.

    Valeu a intenção, mas pra mim continua sem sentido. =/
     
  10. Laurelin

    Laurelin Voltei a ser um

    É bem bonito. Vamos ver como andam as maravilhas. Pode ser que entre para minha lista.
     
  11. Senhor_de_Gondor

    Senhor_de_Gondor Usuário

    É muito bonito, mas uma cidade de madeira não pode ser vista como uma maravilha, parece mais palafitas da amazônia construídas sobre um lago, não há muita grandiosidade nisto, que é bela é, mas na minha opinião não merece o título.
     
  12. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Acho que aqui não vale a grandiosidade, mas a dificuldade.
    Nem mesmo hoje encontramos cidades assim, somente casinhas isoladas e precárias nas margens de rios pelo mundo afora.
    Atolar estacas de mandeira no fundo de um lago, num período onde o mergulho era feito na raça, sem nenhum aparelhagem, não era pra qualquer um não.
    Esgaroth pra mim é como a Veneza da TM!
     
  13. Nerdanel

    Nerdanel Usuário

    Veneza da Terra Média já é exagero. Esgaroth é muito bonito e tudo o mais, mais eu também creio que, se fôssemos olhar pela grandiosidade, ela chega até mesmo a ser um pouco pobre... Não me matem, por favor!
     
  14. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Calma, amiguinho, eu sou um orc, mas sou bonzinho!
    Bom, com certeza veneza é bem mais grandiosa e toda feita em alvenaria, no entanto Esgaroth é o que chega mais próximo a ela na TM.
     
  15. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    É uma das minhas preferidas mas......
    Pra que construir a cidade no Logo. Ela poderia se chamar cidade do lago por estar ao lado do lago....
     
  16. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Questão de segurança, Mené.
    Pra invadir a cidade, só passando pela ponte.
     
  17. Larissa

    Larissa Usuário

    Sim, e é mais fácil defender uma ponte do que uma cidade inteira "aberta".
     
  18. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Deve ser uma fortaleza mesmo uma cidade em cima de uns troncos...
    fico imaginando que se fosse assim não teriamos castelos e fortalezas...
     
  19. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Não é em qualquer lugar que existem lagos grandes e fundos o suficiente para construir uma cidade assim, né?!
    Lembre-se que todos os castelos, mesmo com suas muralhas imponentes, tinham um grande fosso ao redor e, normalmente, cheio d'água.

    E é aí mesmo que está o motivo dela ser uma maravilha: é raridade.
     
  20. Senhor_de_Gondor

    Senhor_de_Gondor Usuário

    Bem, isso eu tenho que concordar que foi um bom trabalho em madeira e é lógico que ela é uma cidade perfeitamente planejada, os construtores enfiaram longas e resistentes estacas de madeira para sustentar a cidade, isso pode ter sido feito de dois métodos:

    1) Eles esperaram um período de seca do lago e fizeram as bases de sustento da cidade, para depois construí-la, mas acho isso muito pouco provável, pois não creio que o Lago Comprido secava com tanta facilidade.

    2) Usaram embarcações e avançadas técnicas de planejamento com o lago cheio para enfiar as estacas e construír as bases da cidade para só então fazê-la. Isso seria facil se as águas do lago fossem calmas, mas o lago tem sua estrutura comprida e talvez siga por ele uma correnteza, isso deve ter dificultado o trabalho, o que é uma possibilidade de essa teoria de construir a cidade com o lago cheio não ser verdadeira, mas se as águas fossem calmas isso era mais fácil, concerteza.

    Eu comparo essa estratégia com uma espada de dois gumes, a cidade podia ser bem defendida com uma só entrada mas se essa entrada fosse destruída, ela ficaria isolada e sem a possibilidade de se extrair recursos vitais como alimento(água tem de sobra) isso facilitaria o cerco.

    Mas é difícil imaginar a cidade bem defendida por ela ser feita completamente de madeira, torna-se mais fácil destruí-la.
     

Compartilhar