1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Bela da Tarde (Belle de jour, França/Itália, 1967)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 10 Ago 2015.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    40,0%
  2. 9

    20,0%
  3. 8

    20,0%
  4. 7

    20,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse:
    Séverine (Catherine Deneuve) é uma jovem rica e bonita, porém infeliz. Ela ama seu marido (Jean Sorel), um médico, mas eles não são tão íntimos quanto ela deseja. Ela procura um discreto bordel, comandado pela Madame Anais (Geniviève Page), para realizar suas fantasias eróticas e e conseguir o prazer que seu marido não consegue lhe dar. Ela trabalha como prostituta à tarde e à noite retoma a vida de casada.

    Direção: Luis Buñuel

    Elenco: Catherine Deneuve, Jean Sorel, Michel Piccoli

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidades

    - Em muitas cópias legendadas, uma fonte em itálico é usada para ajudar o público a distinguir as fantasias de Séverine da realidade.

    - Seguido por Sempre Bela (2006).

    - Foi usado um vestido com velcro na cena de estupro para que o som da roupa se abrindo soasse mais alto.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Me expliquem isso. Sempre tive raiva do Alceu Valença e não sabia que o próprio filme traduzia assim. Jour não é "manhã" em francês? Por que diabos traduzem "belle de jour" como "bela da TARDE"?!
     
  3. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Então, @Eriadan , "jour" é "dia". Não precisamente tarde ou manhã. Acho que "bela de dia" não ia funcionar bem, não ia chamar tanta atenção - aliás, ela sempre trabalha depois do meio-dia, logo... :lol:
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  4. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Ahhh rapaz, agora ficou melhor! :lol:
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Manhã seria matin.
    Que originou o nosso matinê.

    E até onde eu sei não existe tarde (o período) em francês. Se usa après-midi.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Dia desses eu pego obsessão com o Buñuel e assisto a tudo dele... Por enquanto só vi Um cão andaluz :lol:
     
  7. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Simão do Deserto. A Via Láctea.

    (É que eu sou herege, sabe?) :lol:
     
  8. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Ah, com filmes eu não vejo problema, tem sempre a parte estética que salva - fosse assim não gostaria do Trier, por ex. assim como um monte de gente, hehe

    Penso assim, obras de arte em geral não são possuidoras de verdades absolutas, mas trazem à tona questionamentos importantes e refletir sobre estes, concordar ou não está a cargo do espectador que se propuser a ver (e ler) a obra...

    Mas isso tudo c sabe e sei que vc só tá me zuando :P
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Todos os filmes do Bunuel são divertidissimos.
     
  10. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Lembrei daquele da Chantal Akerman, "Jeanne Dielman, 23 Quai du Commerce, 1080 Bruxelles".
     
  11. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu acho esse da Chantal sensorialmente melhor que Belle de Jour.

    Apesar de ter alguma temática similar, Belle de Jour é um filme mais redondinho no sentido de ser um drama relativamente complexo envolvendo diversos personagens, tramas, suspense, etc. Nesse sentido, a mensagem central comportamental da personagem principal pode ficar um pouco diluído no meio disso tudo.
    Jeanne é mais seco. Evoca no espectador todos os sentimentos que a personagem sente. Direção de arte perfeita ao montar uma casinha arrumadinha mas claustrofóbica. Figurino perfeito de uma mãe quase tipo vovó apática. Muito close up. E isso cria uma empatia com a personagem tão forte que até no climax do filme você nem sequer questiona o ato dela mesmo que tenha sido racionalmente ilógico e sem sentido.

    Mas não é um filme do tipo divertido. Se não me engano passava das 3 horas. Nunca recomendo porque sei que vou ser muito xingado.
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  12. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Acabei sabendo da Chantal só de uns poucos meses pra cá, depois da morte dela ( :/ é a vida), e peguei esse pra ver mas ainda adio pela metragem, hehe

    Enfim, finalmente vi esse do Bunuel, e me impressionou a força do filme. Ao contrário de vc, não achei diluído não. Quero dizer, o filme tem sim um aspecto bem impressionista, fica tudo muito aerado mesmo, o que eu achei que contribui para o efeito de incerteza sobre o que é verdade e o que se passa no psicológico da Sevérine. Nisso também achei a montagem espetacular, uma situação crível se soma à outra mais surreal que se soma à outra dúbia, e assim vai até que vc já está meio que hipnotizado pelo andamento do filme e vc sai dele com essa impressão forte, essas imagens recorrentes etc... Desses filmes que crescem depois que vc vê... Confesso que no início estava meio cético sobre o potencial dele, mas acabou me vencendo... Agora quero ver pelo menos os ultimos dez filmes do cara :)
     
  13. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Clássico. Gostei muito deste filme.
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Catherine Deneuve na época do filme, com 24 aninhos apenas. Que beleza!
    Numa lista dos meus preferidos do cinema europeu dessa década fica no meu top 3 fácil.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar