1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A ameaça de Aragorn às portas de Edoras

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Éomer, 30 Set 2010.

  1. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Eu estou relendo ADT e encontrei essa passagem a qual não tinha reparado muito das outras vezes em que li. Estão Gandaf, Aragorn, Legolas e Gimli tentando chegar até Theoden, que está sob domínio de Saruman. Para que possam entrar no castelo é preciso que deixem sua armas no exterior de Meduseld, e então se cria um impasse pois Aragorn não quer entregar Anduril, mas acaba fazendo isso com a intervenção de Gandalf. Mas não sem antes ameaçar de morte qualquer um que tivesse coragem de brandir a espada, como podemos ver nessa passagem:

    "- Aqui a coloco - disse ele -; mas ordeno que não a toquem, nem permitam que qualquer outra pessoa ponha as mãos nela. Nessa bainha élfica está a Espada que foi Quebrada e foi forjada de novo. A morte virá para qualquer um que brandir a espada de Elendil, a não ser o seu herdeiro."
    ADT - O rei do Palácio Dourado - p. 535

    Pois bem, vocês acham que Aragorn relamente cumpriria a promessa: matar a pessoa que empunhasse sua espada sem o seu consentimento ou ele estava apenas querendo amedontrar? Ou a ameaça poderia ser uma maldição? Ele, apesar de ser um guerreiro poderoso, também era misericordioso e acredito que não gostaria de iniciar um combate com os homens de Rohan. Enfim, qual a opinião de vocês?
     
    Última edição: 30 Set 2010
  2. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Acho que um homem que brandisse a espada dele seria ou muito imprudente/inocente (uma criança por exemplo) ou mal intencionado.

    Creio que no 1º caso ele seria misericordioso, e no 2º não.

    Mas acho que as palavras dele foram mais simbólicas, ao mesmo tempo imbuídas do poder que as palavras na obra de Tolkien possuem.
     
  3. zorba

    zorba VAI CORINTHIANS!

    não acho que Aragorn mataria alguém que tocasse em Andúril, creio que sua frase foi mais uma maldição, por assim dizer...
     
  4. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Acredito que não!

    Aragorn tem o dom da sabedoria e do discernimento em entender alguém pegando a espada por curiosidade e alguém pegando com maldade.

    Em sã consciencia, alguém aqui acha que ele mataria alguém por por a mão na espada? Eu acho que não. Unica exceção era Grima. Esse sim Aragorn poderia matá-lo.
     
  5. Roger

    Roger HEXACAMPEÃO BRASILEIRO!!!!!!!

    Sempre vi essa parte mais como uma maldiçao mesmo, embora nao tenha nenhuma confirmação disso nas obras.
    Claro, Aragorn nao mataria qualquer um que pegasse sua espada, a nao ser que estivesse mal intencionado com ela, talvez um ladrão.
     
  6. Bom, primeiramente não acredito que se trate de uma ação de Aragorn, ou seja, ele não mataria a pessoa, mas a morte viria a essa pessoa, o que nos leva à outra opção, Aragorn teria amaldiçoado a espada. Isso eu acho improvável, ele não lançaria maldição alguma sobre sua espada, apesar de Isildur ter lançado maldição semelhante sobre o povo de Erech (perdoem se a escrita está equivocada). Poder para lançar tal maldição ele teria, mas acho que não o faria, entretanto a própria espada Andúril ou Narsil vem de uma longa linhagem de espadas poderosas e, como bem sabemos se nos lembrarmos de Gurthang por exemplo, essas espadas podem (apesar de não der dito isso explicitamente no SDA), apresentar algum nível de vontade própria, sem mencionar que os elfos podem ter colocado esse "alarme" uma vez que a bainha da espada, feita para protegê-la foi feita em Lórien e portanto provavelmente carrega os encantos daquela terra.

    Em resumo, eu acredito que a morte viria para quem brandisse a Espada de Elendil que não fosse seu herdeiro, não uma morte mediada por Aragorn, ou por maldição dele, mas simplesmente porque a espada era poderosa de mais para ser manuseada por mão mortais que não a de seu legítimo dono, algum tipo de defesa uma arma tão poderosa deveria ter contra o manuseio por pessoa estranha, já imaginaram se o Rei dos Nazgûl utilisasse a Andúril no lugar da clava dele...
     
  7. Nuno-510

    Nuno-510 Usuário

    Eu penso que Aragorn estava apenas a amedrontar os soldados de Rohan, e talvez estive-se a invocar uma maldição.
    Em relação a misericórdia Aragorn é bondoso, pois ele não gostava de derramar sangue, dos povos livres da Terra-média a não ser o sangue dos orcs que era merecido.
     
  8. Nunca tinha parado pra pensar nisso com calma: se era uma maldição, ou ele realmente tinha a intenção de fazê-lo.

    Agora, penso que ele realmente faria, pois sabiam que Rohan já não era mais a mesma; já tinham desconfiança de que a Mão-Branca estava agindo ali.
     
  9. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    Concordo que a espada pode sim ter vontade própria... (Turin que o diga!) Mas, não acho que tenha sido uma maldição. Vejo como uma ameaça para impedir maiores problemas caso alguem tentasse pegá-la. Sei lá... quando eu empresto um livro, só falto ameaçar de morte a pessoa pra que ela tenha cuidado e não o devolva com algum estrago...rssss... brincadeirinha :lol:
     
  10. Carnildo

    Carnildo O Esquecido


    Quoto o que vc disse, mas comigo no eh brincadeira, eu chego a ficar perto do pescoço do cara.Mas eu acho que ele não iria matar deliberadamente a pessoa que pegasse a espada.Mas ele podia estar pondo uma maldição.Tolkien deixou tanta coisa para nós discutirmos 8-O
     
  11. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    Então, se por algum motivo nós trocassemos livros e desse alguma coisa errada, seriam maldições e espadas voando pra tudo que é lado.
    Ahahah :briga:
    Isso me faz pensar em contratar um seguro de vida...
    Vamos ser amigos, então :abraco:
    E concordo com vc sobre a vastidão do mundo Tolkien "vc pode "aprender" tudo sobre ele, mas ele sempre irá nos surpreender"...
     
  12. Ehtyaron

    Ehtyaron filho de Eruantano.

    Acho que Aragorn saberia identificar quem ousaria manuseá-la sem intenção e o tolo que teria más intenções.
    No segundo caso, ele mataria.

    Ao mesmo tempo que em sua fala, ele não especifica o modo que essa morte viria, uma "boa" maldição cairia sobre o indivíduo; pois conforme meus conhecimentos praga de Rei de Gondor pega mesmo, um exemplo é quando o Rei das Montanhas jurou lealdade à Isildur diante da Pedra de Erech, na Colina de mesmo nome.
     
  13. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    Bom, mas ele ainda não era rei.
    Tinha a linhagem, sangue real e autoridade...

    Mas, tecnicamente, ainda não era rei... :obiggraz:
     
  14. Nao era o cargo de Rei que o fazia ser Rei.
    Rei ele era, apesar de sem coroa,
    E foi Rei como somente Isildur o fora antes dele
     
  15. Náring

    Náring Mad Hatter

    Acho que quando ele disse aquilo, eles queria mais impedir que alguem mal intencionado pegasse a espada. Não devia ser do seu interesse se um tolo a tocaria por curiosidade.
    Dessa perspectiva, acho que ele mataria sim.
     
  16. Carnildo

    Carnildo O Esquecido

    Mas mesmo se uma pessoa sem maldade, sem mas intenções pegasse, acho que ele tambem ficaria mto puto.Pense, se um colar de ouro vem de seu tataratataravo até vc e vc tem que deixar ele com pessoas desconhecidas... vc fica trancado....
     
  17. -Ulisses-

    -Ulisses- O Mais Ladino dos homens

    Concordo, não acho q ele esta jogando uma maldição naquele momento, mais sim avisando de uma maldição q a espada tinha por si propria. Talvez, além de avisar sobre a maldição, ele tambem estivesse dando uma especie de ordem a espada, de que se alguem a usasse, a maldição deveria ser "ativada" contra essa pessoa.
     
  18. Leniel

    Leniel Usuário

    Acho q o mais provavel era eles estar simplismente assuntando os soldados ao entregar a espada, apesar da ideia de maldição tambem ser bastante asseitavel.
     
  19. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Não creio que a espada tinha alguma maldição desse tipo. Para mim isso era uma jura de morte que Aragorn tinha com certeza toda intenção de cumprir. Não existem paralelos no nosso mundo que nos permita comparar a importância e a significância daquela espada na história mundial, exceto pela mitológica Excalibur, e ela provavelmente é tão fictícia quanto a Narsil/Andúril.

    Artefatos no mundo de Tolkien são tão cheios de solenidade que, creio eu, Aragorn mataria qualquer um que ousasse respirar perto da Andúril. Não é tanto vontade dele quanto é a obrigação dele. Me lembra o sentimento que um amigo meu (que não é egiptólogo) teve ao visitar a múmia da Cleópatra em Londres. Ele sentiu um clima de "estupro" da memória daquela pessoa e da memória do próprio Egito. Ele sentiu como se ela não só não devesse ser exibida daquela forma, como também deveria estar em Cairo. Eu acho que, no fim das contas, nós não somos tão equipados quanto os seres da Terra-média para respeitar esse tipo de solenidade que grandes pessoas e grandes artefatos merecem. Eles se tornam objetos de estudo, não de respeito.
     
  20. Leniel

    Leniel Usuário

    Cara, vc esta certo, os ocidentais tem a maninha de achar q tudo no mundo pertence a eles, inclusive a historia de outros povos.

    Mas sera q Aragorn reamente mataria a pessoa q pegasse a espada? Vai q essa pessoa só fez isso por curisidade, sem segundas intenções, e nem vontade de desrespeitar as odens de Aragorn, sera que matar essa pessoa seria a melhor solução? Continuo achando que era mais uma ameaça.
     

Compartilhar