1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

80% dos lares brasileiros podem ter internet até 2015

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por ricardo campos, 13 Out 2011.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    13/10/2011-11h58

    CAMILA FUSCO

    DE SÃO PAULO

    Ao longo dos próximos quatro anos, a internet brasileira poderá chegar a 80% doslares do país, segundo o CGI.br (Comitê Gestor da Internet).
    Hoje,35% de residências do país possuem computadores. Do total de lares, apenas 27% tem conexão à rede, segundo o conselheiro do CGI.br, Demi Getschko.
    "Hoje,4,5 milhões de domicílios possuem PCs sem internet. Entre os fatores que poderão ajudar a massificar as conexões são o triunfo de projetos como o Programa Nacional de Banda Larga, a ascensão social e ainda a criação de novos planos de acesso para incluir a população", afirmou Getschko durante a abertura do I Fórum de Internet no Brasil.
    O CGI também fez projeções mínimas de conexão para o período. Caso os programasnão sejam suficientes para popularizar a rede na velocidade esperada, pelo menos 52% dos lares deverão estar incluídos.
    O levantamento considerou ainda a expansão do acesso às redes sociais. Segundo o levantamento do CGI, há a expectativa de que os 67% dos internautas brasileirospresentes hoje nesses ambientes passem a 100% até 2014.
    Segundo Getschko, até lá, no entanto, questões relativas à privacidade e segurança da rede ainda precisam ser discutidas para garantir acesso saudável à população.
    "Precisamos criar medidas preventivas que previnam que os usuários fiquem totalmente nusperante as empresas de internet, que conhecem os hábitos de navegação, ao mesmo tempo em que não se comprometa a liberdade de uso", disse.

    LIBERDADE E QUALIDADE DA REDE
    Sérgio Amadeu, professor e conselheiro do CGI representante do terceiro setor,considerou a internet um direito humano fundamental e defendeu a liberdade darede para garantir o consumo e a produção de conteúdo criativo.
    "A web está sob ataque no mundo inteiro. Setores que chegaram atrasados na era darede querem coibir o fato de que é possível criar conteúdo sem pedir autorização para ninguém. Precisamos manter a cultura da liberdade que estáacima da cultura da autorização, e não podemos criar legislações que restrinjamliberdades", disse.
    Amadeu ressaltou ainda que políticas para a qualidade da banda larga devem ser criadasrapidamente de forma a garantir que o usuário pague pelo uso real do serviço.Atualmente a maioria das operadoras de telefonia e acesso à internet garante umdécimo de velocidade de conexão que o usuário contratou.
    "Uma das medidas mais urgentes é que a Anatel aprove critérios de qualidade pelabanda larga para garantir que o usuário receba o que pague, assim como pagapela água em sua casa e não apenas 10% do serviço", disse.
    OI Fórum da Internet no Brasil acontece até amanhã, em São Paulo, e reúne integrantes da sociedade civil, governo, reguladores de internet e usuários de rede.


    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Tilion

    Tilion Administrador

  3. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

Compartilhar