1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

6 Romances odiados quando publicados

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 1 Out 2010.

  1. Anica

    Anica Usuário

    A lista saiu no Cracked, então vc pode ver o original (com detalhes, infelizmente em inglês) aqui -> http://www.cracked.com/article_18645_6-great-novels-that-were-hated-in-their-time.html?wa_user1=3&wa_user2=Weird+World&wa_user3=article&wa_user4=recommended

    #6. Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley
    #5. As Vinhas da Ira - John Steinbeck
    #4. O Senhor das Moscas - William Golding
    #3. O Apanhador no Campo de Centeio - J.D. Salinger
    #2. Moby Dick - Herman Melville
    #1. A trilogia O Senhor dos Anéis - J. R. R. Tolkien

    *******

    Sobre Moby Dick eu já sabia (Bartleby foi meio que uma resposta a esse fracasso), mas admirável mundo novo e o senhor dos anéis meio que me surpreendeu. :think:
     
  2. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    As Vinhas da Ira até dá para conjecturar sobre:

    [align=justify]Dez anos após a grande depressão, às voltas com a Segunda Guerra Mundial (EUA só entra em 41, mas tudo bem) e um cara resolve escrever um livro que mostra a dramática situação dos necessitados, e os desdobramentos mais perversos da exploração e do capitalismo em crise, mostrando nua, crua e chocantemente a realidade pós-crise de 29. Os conservadores, que já estavam de olho no Steinbeck desde Luta Incerta, de 36, caíram de pau em cima dele.[/align]
     
  3. Tilion

    Tilion Administrador

    O SdA não é surpresa, e como foi dito no artigo, ele foi odiado pelos críticos. O público adorou desde o início, ainda mais porque esperava uma continuação do Hobbit há anos.

    Como de praxe, não é novidade os críticos "mainstream" caírem de pau em cima de um livro que não segue a tendência literária do momento, e não conheço nenhum livro mais deslocado no tempo literariamente falando do que o SdA - 500 anos, no mínimo. Ainda assim, mesmo na época da publicação, teve aqueles que fizeram críticas positivas, entre eles o C.S. Lewis e W.H. Auden que, independente de serem amigos do Tolkien, eram figuras literárias muito respeitadas.

    Com o passar dos anos, a crítica teve que dar o braço a torcer para o livro, na medida em que foram surgindo estudos relevantes sobre ele e críticos que destruíam as críticas iniciais do livro, mostrando o valor literário inerente da obra. Ninguém fez isso melhor do que o Tom Shippey, com o seminal The Road to Middle-earth e o mais recente Tolkien: Author of the Century, sendo que neste último há um capítulo justamente refutando as críticas supostamente "bem informadas".

    Hoje, pelo menos nos países anglófonos, Tolkien faz parte do cânone da literatura inglesa e é estudado em universidades como qualquer outro autor.
     
  4. Tataran

    Tataran Usuário

    O Senhor dos anéis?? Não pode ser sério.

    O livro vendeu muito bem desde seu lançamento, ganhou prêmios, como o Internation Fantasy Award, já em 1957, e foi até adaptado para o rádio no mesmo ano em que saiu.
     
  5. Anica

    Anica Usuário

    é o que o gabriel comentou, não foi o público, mas a crítica que não recebeu bem. eu tb tinha pensado no sucesso da obra com o público e fiquei achando estranho, mas ao ler o post do gabriel lembrei inclusive dessa resenha do auden (que era uma das primeiras positivas, se eu não me engano). eu acho que a traduzi lá para a valinor, diga-se de passagem o_O
     
  6. Tataran

    Tataran Usuário

    Pois, é, Anica, mas a crítica sozinha não serve muito de parâmetro.

    São tantos os autores famosos, que vendem muito, e que são odiados pela crítica...
     
  7. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]O Senhor das Moscas me intriga também. Mas talvez eu possa arriscar a conjecturar que isso se deu por conta da alegoria presente no livro, no pós-guerra (1954), em que as feridas do conflito ainda estavam meio abertas, talvez?

    Isso ou talvez por tratar crianças com tanta crueza e agressividade, engraçado é como ele mostra a violência com que a pureza e a inocência são rapidamente substituídas pelo instinto de sobrevivência, condições extremas, individualismo etc. e tal, que leva a uma animalidade no comportamento humano.

    Apostaria mais na segunda hipótese, embora a primeira também seja plausível. Enfim, conjecturas....[/align]
     
  8. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Não sabia que SdA tinha sido alvo de críticas tão duras, esta explanação do Gabriel foi ótima, vou conferir estas obras que ele citou.
     
  9. Anica

    Anica Usuário

    aproveitando que eu comentei da resenha do auden sobre o senhor dos anéis, não fui que traduzi mas está aqui para quem tem curiosidade -> http://www.valinor.com.br/7401
     

Compartilhar