• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Clube de Leitura 23º Livro: A Máquina do Tempo (H.G. Wells)

Já a raça que seria algo como nobreza/empresários/burguesia vai se definhando e precisando cada vez menos pensar/exercitar virando criaturas dóceis.
No fim o operário terá que comer o patrão pra sobreviver..

A definitiva ditadura do proletariado.
 
Terminei. LIVRAÇO, e que ótima escolha para o Clube da Leitura: bem curtinho e com coisas interessantes para se discutir.

Um trecho que me intrigou, no retorno do Viajante do Tempo:

Around me was my old workshop again, exactly as it had been. I might have slept there, and the whole thing have been a dream.

And yet, not exactly! The thing had started from the south-east corner of the laboratory. It had come to rest again in the north-west, against the wall where you saw it. That gives you the exact distance from my little lawn to the pedestal of the White Sphinx, into which the Morlocks had carried my machine.
Primeiro ponto: a máquina do Tempo então tinha a capacidade de viajar exclusivamente na dimensão Tempo, correto? Ao contrário de outros filmes que usam a temática, o viajante não seria capaz de ir para onde quisesse, mas no máximo ver todas as eras que se passaram e se passarão naquele pedaço que no século XIX é uma residência londrina.

Por outro lado, a Máquina efetivamente muda de lugar no tempo "real" quando, no espaço-tempo em que ela parou, a deslocam.

Eu viajei pensando em como isso se daria na visão de quem eventualmente estivesse observando a Máquina, em seu tempo real, durante a jornada do Viajante. Ele conseguiria notar esse deslocamento? Ou apenas quando o Viajante retornasse...?

Isso tem a ver com a dúvida que eu fiquei sobre a duração do tempo "real" x duração do tempo "em viagem". O Viajante do Tempo passa bem mais tempo entre os Eloi do que se passou no tempo real desde que ele entrou na Máquina até o seu retorno, correto? Existe alguma relação de um tempo com o outro? E o envelhecimento, ocorre da mesma maneira?

É sempre complicado dar todas essas respostas quando se mexe com coisas tão abstratas e improváveis como viagem no tempo, e é provável que Wells não tenha dado essas respostas, mas queria saber se vocês fizeram alguma dedução ou se têm uma opinião sobre essas questões.
 
Ele conseguiria notar esse deslocamento? Ou apenas quando o Viajante retornasse...?
boa pergunta. Nota-se que o viajante notou algumas pessoas passando por ele durante o deslocamento e foi justamente o jardineiro entrando por uma porta (provável do jardim para a sala da máquina) e outra pessoa(o narrador,? não lembro) que entrou pela porta da frente da sala da máquina.
Neste caso o viajante notou um vulto, teve isso, vocês lembram?

O Viajante do Tempo passa bem mais tempo entre os Eloi do que se passou no tempo real desde que ele entrou na Máquina até o seu retorno, correto? Existe alguma relação de um tempo com o outro? E o envelhecimento, ocorre da mesma maneira?
Pois é, ali dessa forma entendi da seguinte maneira, ele foi e ficou no futuro vários dias mas voltou pro presente exatamente na hora que tinha saído.
Provável ter envelhecido um pouco pois todos notam seu ar de cansaço e desleixo (teve a briga final com os morlocks né?) que ele chegou no então presente.
É muita viagem essa transição temporal!
 
Primeiro ponto: a máquina do Tempo então tinha a capacidade de viajar exclusivamente na dimensão Tempo, correto? Ao contrário de outros filmes que usam a temática, o viajante não seria capaz de ir para onde quisesse, mas no máximo ver todas as eras que se passaram e se passarão naquele pedaço que no século XIX é uma residência londrina.
Exatamente, isso é bem interessante. Meu marido odeia essa abordagem, porque, segundo ele, a pessoa não fica exatamente nas mesmas coordenadas, visto que a Terra se move ao redor do sol, o sol se move em relação a outros astros etc, então é impossível a pessoa não se mover espacialmente também. Mas entendo que a Máquina faz as devidas correções nas outras três dimensões, para o Viajante não parar em um lugar aleatório do espaço sideral :mrgreen:.
** Posts duplicados combinados **
Ainda mais considerando que o Viajante vê, de fato, as alterações cósmicas nas suas últimas viagens.
 
E para onde vocês acham que o Viajante do Tempo foi, e o que aconteceu com ele? Meu palpite é que ele foi de volta para o futuro :sacou: tentar salvar Weena. Acho que ele venceu o remorso rapidamente porque tomou essa decisão, e só uma ideia fixa assim o faria voltar à máquina tão rápido, melhor provido desta vez, certamente. A intenção dele, como já tinha comentado, era trazer Weena ao nosso tempo. E sendo assim, diria que os morlocks foram mais espertos dessa vez e se banquetearam, literalmente.
 
  • Curtir
Reactions: fcm
Também compartilho da opinião de que ele foi para o futuro tentar salvar Weena.

Li apenas dois livros de H. G. Wells(A máquina do tempo e O homem invisível), e acho interessante notar como nessas duas obras existe uma oposição entre o desejo de se conseguir um feito fantástico e, por outro lado, lidar com as consequências de se alcançar tal feito.

O viajante, que queria tanto ir para o futuro, fica desesperado, tentando de todas as maneiras voltar exatamente para onde estava no início. Creio que essa "volta para o futuro" tenha muito a ver com a Weena. Como o colega acima bem disse, ele talvez tivesse o plano de viajar com ela para outra época, pois claramente ficou decepcionado com a maneira que o mundo estava naquele exato ponto.

Livro muito bom. Vale a pena ler e reler.
 
Última edição:

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.524,79
Termina em:
Back
Topo