1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Clube de Leitura 14º Conto - Mujique Marei (Dostoiévski)

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Molly Bloom, 19 Fev 2019.

  1. Molly Bloom

    Molly Bloom Usuário

    Conforme
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , o conto escolhido para a 14ª edição do Clube de Leitura é Mujique Marei, do Dostoiévski.

    A discussão começa no próximo sábado, 23/02/2019.
    Enquanto isso, fique à vontade para escrever sobre o autor, edições disponíveis, entre outros assuntos relacionados, evitando referências a pirataria e sites suspeitos.

    Lembrando que todos podem participar da discussão, sempre levando em conta as
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
  2. Spartaco

    Spartaco James West

    A edição que eu tenho do conto em tela se encontra no livro "Contos Reunidos", que foi lançado pela Editora 34. A tradução de Mujique Marei foi feita diretamente do russo pela psicóloga paulistana Priscila Marques.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Spartaco

    Spartaco James West

    E aí @Glitnir , vai participar? Quem mais?
     
  4. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Eu aqui e cá.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Spartaco

    Spartaco James West

    O conto O Mujique Marei foi escrito por Fiódor Dostoiévski em 1876 e consta no Diário de Um Escritor.

    É uma narrativa com passagens autobiográficas de seu tempo na prisão, em que recorda um episódio acontecido com ele durante sua infância, quando ele tinha nove anos de idade.
     
  6. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Adorei o conto. A ideia do enquadramento da cena como uma memória na prisão foi bem acertada porque conversa com os temas religiosos do autor. Fiodor agora se encontra num momento crítico de sua vida e experimenta o inferno da prisão russa, cercado de outros tantos ali condenados por diferentes motivos, justiçáveis ou não. O mundo da prisão é seu mundo, um mundo onde a violência é arbitrária mas constante. O resgate da lembrança, no entanto, faz ele perceber que nem tudo é ruim. Num mundo onde tudo parece conspirar para o mal, os marginalizados e excluídos ainda têm forças para resistir e não soçobrar - por que não ele, então? A dignidade que ele quer manter se espelha na figura de um simples mujique, menosprezado, que o conforta emocionalmente. O mujique redime o mundo representado no lobo que o garoto pensou ouvir sobre. A memória não só o conforta - pois coloca o mujique como um ideal russo - como o faz compreender melhor o sofrimento do detento polonês - afinal, o sofrimento que Mirecki sofreu nas mãos dos russos justifica seu ódio por eles.

    Aliás, dica para entender um pouco mais sobre Mirecki:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    É um trecho das memórias de Simon Tokarzewski, detento que passou pelo mesmo período na prisão que Dostoievski.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. Spartaco

    Spartaco James West

    Também gostei do conto. Dostoiévski consegue em poucas páginas nos emocionar com uma história singela. Além disso, o autor, intencionalmente, coloca uma recordação no centro de outra, combinando-as; compreendemos que se trata de dois acontecimentos, que compõe uma recordação, pois um dos acontecimentos (o primeiro) está apenas dentro de outro, mais tardio em termos temporais, mas sem o qual não haveria necessidade de recordar o primeiro.

    Enfim, apesar de um texto curto, ele é profundo e emocionante.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Spartaco

    Spartaco James West

    E aí, ninguém mais leu esse conto do Dostoiévski? O que acharam?
     

Compartilhar