1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

12 Years a Slave (12 Anos de Escravidão, 2013)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Tisf, 15 Jan 2014.

?

Sua nota para o filme

  1. 10

    16,7%
  2. 9

    8,3%
  3. 8

    41,7%
  4. 7

    25,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    8,3%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Me parece que ainda não tem título em português mas coloquei um que eu já vi circulando pelas interwebs da vida.

    O que acharam do filme?

    Filmes de escravidão costumam ser poucos, e nesses últimos anos, o tema parece que virou foco. Lincoln, Django e agora 12 Years trazem pro debate um período bem sombrio da nossa história e é maluco pensar que essa cultura segregacionista ainda era pelnamente aplicada a 30, 40 anos atrás.

    Em todo caso, até agora, 12 Years é o filme mais importante da temporada de premiações, pra mim. Se não fosse por Gravidade - e sua técnica - não teria dúvidas sobre o melhor do ano. O diretor Steve McQueen consegue realizar um filme clínico sobre a questão, sem cair em melodrama. Destaque pro elenco e especialmente pro Chiwetel Ejiofor, que entrega uma atuação absurda.

    Só achei desnecessária a participação do Brad Pitt. Ele podia ter ficado apenas como produtor. O fato dele estar lá me incomodou um pouco, ainda mais fazendo aquele sotaque à lá Bastardos Inglórios. Fora o fato de alguns pôsteres terem dado um destaque constrangedor pra ele, mas enfim. Saúdo ele por ter sido um dos grandes responsáveis pela realização do filme e ter contribuído pro Steve McQueen ter feito uma obra praticamente autoral.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Gostei bastante, mas não sei, acho que Hunger continua sendo o filme do McQueen mais impactante para mim. Nesta temporada de premiações, meus favoritos são dois que vi recentemente, Ela e O Lobo de Wall Street, além de O Passado e Antes da Meia-Noite.

    De qualquer forma, concordo que seja um filme importante, talvez o mais importante da temporada, e merecedor de toda a atenção que está recebendo. Só espero que não perca o Oscar para um filme como Trapaça que, embora divertido e palco de ótimas performances, não diz muita coisa ao final.
     
  3. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Esse eu tô querendo ver no cinema, mas vai estrear bem em cima do Oscar. :???:
     
  4. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Eu não estou conseguindo resistir a tantos screeners chovendo este ano. XD
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Vou fazer crítica parecida com Dallas Buyers, achei que depois de um filme bem focado num personagem o Steve McQueen não conseguiu dar tanta força aos inúmeros personagens nesse filme de estilo mais épico. Talvez supondo que puramente o contexto da escravidão seria suficiente pra empatizar com todo mundo que surgisse na tela.
    E apesar de ter gostado no todo do Ejiofor, achei que em muitas oportunidades ele agia teatralmente demais para um filme que buscava ser mais naturalista.

    Fora isso, seria dificil mudar completamente o roteiro já que é baseado numa autobiografia, mas pra fugir ainda mais do melodrama do que já fugiu, eu esperaria que o diretor tivesse dado mais ênfase ao período na fazendo do Cumberbatch do que na do Fassbender. Tentar explorar mais como um cara como ele que foi sequestrado, forçado a escravidão, vendido como gado, consegue ele próprio realmente defender o Cumberbatch.


    Ah, e a trilha do Hans me incomodou em vários momentos em seus tons monótonos que pouco combinava com o que estava se passando na tela.
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Escravidão é um tema que exige uma atenção especial, pois pequenos deslizes são suficientes pra comprometer o realismo do enredo, mas esse nos quesitos básicos achei aceitável.
     
  7. bregolas

    bregolas Usuário

    Eu não gostei de 12 anos. Achei o filme bem fraco, pra falar a verdade. E achei o ator principal fraquíssimo também. Ele só tem uma expressão no filme inteiro. E achei as interpretações em geral bastante exageradas, quase caricatas.

    O filme é cheio de clichês também, e arrastado. Se fosse um filme de 3 horas certamente teria dormido antes da metade. Tem uma cena que o personagem principal fica com a corda no pescoço no mesmo enquadramento durante 2 minutos (eu marquei) sem que nada aconteça além de pessoas caminhando, depois tem uma outra mais pro final que fica mostrando o rosto do personagem por 1 minuto e meio (também marquei) e uma outra bem longa também durante um funeral quando os negros começam a cantar.

    A atuação da moça também não vi nada de mais. Uma meia dúzia de aparições, uma sendo açoitada, outra violentada, sei lá, não me convenceu. Achei o final meio abrupto e sem emoção, e olha que sou bem chorão em filmes. Além do mais, sério que foram 12 anos? Pelos fatos apresentados diria que ficou um ano no máximo, fora que ninguém envelhece, nas últimas cenas é que vi alguns cabelos brancos na cabeça do Platt. E também achei os flashbacks muito mal posicionados no filme criando alguma confusão na linha temporal.

    Tem uma cena muito tosca no início, quando uma escrava sequestrada encontra seu filho também sequestrado e o menino fala "mama, mama" mas dá pra perceber nitidamente, tanto no visual quanto no sonoro que o moleque não falou nada e entrou uma dublagem ali.

    Por outro lado o figurino e direção de arte estão ok, talvez consiga uma estatueta nessas categorias.

    Gravidade continua sendo meu favorito dentre os que assisti. Ainda não vi Clube de Compras de Dallas e Cap. Phillips.
     
  8. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Pô, eu gostei dessas cenas :lol:
    Eu costumo gostar de cenas longas/lentas, desde que bem feitas, claro.

    Eu gostei no geral, mas não achei o filme excepcional. Fica atrás dos outros concorrentes à estatueta que vi até agora (Gravidade, Dallas, Lobo)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  9. bregolas

    bregolas Usuário

    Achei também os personagens deste filme bem estereotipados.
     
  10. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas a cena dele com a corda foi longa propositalmente.
    O ator que realmente foi meio overactor em muitas cenas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

  12. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Assisti hoje e gostei.

    Na cena do reencontro no final foi bem emocionante, quase que escapa uma lágrima. E na cena que a Lupita é chicoteada me deu uma agonia. Cada vez que o chicote batia arrancava muita pele. Só de pensar que alguém consiga fazer isso.

    Esse filme é um terror psicológico muito melhor que muito filme do gênero, pois imaginar passar pelo que ele passou não é fácil.

    Acho que o motivo pra ele defender o Cumberbatch seja o fator Síndrome de Estocolmo, ele foi o único branco que o tratou melhor do que qualquer outro (depois de escravizado). Mas mesmo assim no fim ele não aceitava perder o dinheiro investido. O que não o colocava muito acima dos demais senhores de escravo.

    Depois que o Fassbender apareceu eu não consegui reconhecer ele, mas sabia que conhecia, só no fim, nos créditos, segundos antes de aparecer o nome dele foi que eu percebi quem era. :no:
     

Compartilhar