O Senhor dos Anéis: As Duas Torres será exibido com trilha sonora tocada por orquestra no Ibirapuera

As produtoras Alea Espetáculo & Artes e a americana Cami Music, em parceria com a Ingresso Rápido, trazem para São Paulo o segundo filme da saga do cine concerto original que conquistou o mundo: The Lord of The Rings In Concert: The Two Towers (O Senhor dos Anéis In Concert: As Duas Torres). O espetáculo será apresentado nos dias 17 e 18 de julho de 2022 no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Sob orientação do premiado Maestro brasileiro Adriano Machado, 250 músicos da Orquestra Sinfônica Villa Lobos interpretam ao vivo a trilha sonora do compositor Howard Shore, enquanto o filme O Senhor dos Anéis: As Duas Torres de Peter Jackson é exibido em tela gigante com imagem e som em alta definição.

Continue lendo

Nota de Repúdio

Todas as principais comunidades de fãs e estudiosos de Tolkien no Brasil se unem contra a discriminação. Confira a nota conjunta abaixo, que eu e a toda a equipe da Valinor endossamos completamente.

NOTA DE REPÚDIO

Registramos o nosso repúdio aos posicionamentos preconceituosos, sobretudo em relação à cor de pele de alguns atores do elenco da série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder, do Prime Vídeo.

Muitos desses comentários, publicados em diversas redes sociais, não constituem simples liberdade de expressão ou posicionamento crítico. Em vez disso, são discursos meramente passionais, carregados de visões subjetivas e preconceituosas, destinadas aos atores e às atrizes. As características físicas, étnicas, sociais e de gênero não prejudicam a fidedignidade de uma adaptação.

As obras de Tolkien transmitem mensagens de amizade, companheirismo, fidelidade, amor ao próximo, compaixão, inclusive a união entre povos diversos em prol de um bem comum. Lamentamos falta de sensibilidade necessária para compreender e respeitar tais valores e mensagens tão bem transmitidos pelo Professor.

Nós, enquanto Leitores, Colecionadores, Produtores de conteúdo, Membros de Tocas, Artistas, Escritores, Tradutores e admiradores do trabalho de J.R.R. Tolkien repudiamos quaisquer ideologias que, de maneira racista e preconceituosa, retratam negativamente grupos sociais, sejam eles quais forem.

Esta ação conjunta é um ato de consciência!

GRUPOS SIGNATÁRIOS

1.Calendário Tolkien

2.Círculo Nazgûl

3.Clube Literário Tolkieniano de Brasília

4.Colecionador Tolkien

5.Conselho Branco

6.Dicionário Tolkien

7.Distopia Cultural

8.Elfico Etc

9.Explicando Tolkien

10.Filhos de Durin

11.Gondor University Brazil

12.O Bolseiro

13.O Dekinha

14.O Hobbit e O Senhor dos Anéis

15.O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel

16.O Senhor dos Anéis Brasil

17.Série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder

18.Terra-média Brasil

19.Toca BA.

20.Toca CE

21.Toca GO

22.Toca RJ

23.Toca RN

24.Toca RS

25.Toca SC

26.Toca SP

27.Toca Vale do Paraíba

28.Toca Rio Preto

29.Tolkienista

30.Tumba do Balin

31.Turno da Elfa

32.Valfenda – A Última Casa Amiga

33.Valinor

34.Vila dos Hobbits

Matéria da “Vanity Fair” revela detalhes da Série da Amazon “O Senhor dos Anéis”

A Revista Vanity Fair publicou uma matéria sobre a série do Senhor dos Anéis que estreará em 2 de setembro de 2022 na Amazon Prime (teremos um teaser no Super Bowl LVI que acontece neste domingo 13 de fevereiro de 2022). Bastante texto e várias fotos da série, como uma Galadriel guerreira em sua armadura:

Galadriel, comandante dos Exércitos do Norte (?!)
Galadriel, comandante dos Exércitos do Norte (?!)

… uma Anã sem barba e…

Princesa Anã Disa (!?), interpretada por Sophia Nomvete, na entrada de Khazad-dûm
Princesa Anã Disa (!?), interpretada por Sophia Nomvete, na entrada de Khazad-dûm

.. um Elfo das Florestas diferentão de cabelo curto e pele bem escura:

O elfo das florestas Arondir, interpretado por Ismael Cruz Córdova, é uma personagem criada para a série

Há uma série de outras fotos incluindo caçadores nômades, namoro de Elfo e Humana Mãe-Solteira, Galadriel numa tempestade no mar e um Elrond como um líder politicamente ambíguo (!?).

Vou trabalhar na tradução do texto completo, mas por enquanto divirtam-se com a matéria original:

https://www.vanityfair.com/hollywood/2022/02/amazon-the-rings-of-power-series-first-look

“Obras póstumas de J. R. R. Tolkien” para Download Grátis!

Caso tenha perdido a live de lançamento, não seja bobo de novo e corra aproveitar este livro, que está com download gratuito no Portal de Livros Abertos da USP .

Sinopse

O livro foi criado a partir de um curso sobre J. R. R. Tolkien na Universidade de São Paulo, pouco tempo depois do falecimento do filho e herdeiro do escritor, Christopher Tolkien. Decidiu-se que o tema do curso seria as obras póstumas editadas pelo herdeiro. Os organizadores consideram terem cumprido o propósito de contribuir para a consolidação da obra de Tolkien, autor de O senhor dos anéis e O hobbit, dentre outras obras consagradas. Espera-se que o leitor consiga perceber os artigos não apenas como uma valiosa contribuição acadêmica, mas também como um testemunho da amplitude intelectual de Tolkien, cuja obra congrega diversas disciplinas, mas, no entanto, revela novas e sinuosas trilhas que exigem dos estudiosos disposição e paciência inabaláveis. Nessa coletânea circunscrevem-se mitos e fortes signos da narrativa bíblica, apesar da assumida ficcionalidade, que evidenciam um caráter incomum da produção de Tolkien, dinamizada por singular poder imaginativo, trazendo-nos, segundo os organizadores, “travessos Elfos, com poderes mágicos e grande ligação com a potência da luz e das estrelas que reverenciam, estão a traçar caminhos que dimensionam, para a sua época, o destino de Tolkien, sua filosofia, sua estética e seu poder criador”.

Live de lançamento de “As Obras Póstumas de J.R.R. Tolkien: Uma Homenagem a Christopher”

Cristina Casagrande, A Tolkienista, nos convida para prestigiar o lançamento do ebook “As Obras Póstumas de J.R.R. Tolkien: Uma Homenagem a Christopher”. A obra conta com a participação de muitos nomes conhecidos da comunidade tolkienista brasileira e será publicada no Portal de Livros Abertos da USP; a organização ficou por conta de Cristina Casagrande, Diego Genu Klautau e Maria Zilda da Cunha, a mesma equipe responsável por compilar “A Subcriação de Mundos: estudos sobre a literatura de J.R.R. Tolkien”, publicado em 2019.

Lançamento ebook "As Obras Póstumas de J.R.R. Tolkien: Uma Homenagem a Christopher"

A live será transmitida nesta quinta-feira, dia 18 de Novembro, a partir das 20:30 pelo YouTube.

Helm Mão-de-Martelo

Helm Mão-de-Martelo foi o nono Rei de Rohan e o último da primeira linha de seus Reis. Seu governo foi atormentado por guerras contra os Terrapardenses, que tentavam tomar Rohan. É também o personagem principal do projeto de animação estilo anime da New Line e Warner Bros,  LORD OF THE RINGS: THE WAR OF THE ROHIRRIM.

Helm nasceu em 2.691 da Terceira Era (T.E.) e era filho de Gram. Tornou-se rei em 2.741 T.E. com a idade de cinquenta anos quando Gram morreu após vários anos de guerra aberta contra os Terrapardenses, cuja base principal era a fortaleza de Isengard, a qual tinham capturado.

Durante seu reinado Helm entrou em conflito com o poderoso e arrogante Freca, dono de muitas terras. Freca era um Terrapardense com sangue Rohirrim e afirmava ser um descendente do Rei Fréawine de Rohan (trisavô de Helm). Freca tinha terras no Marco Ocidental bem como fora de Rohan – ambas as margens do rio Adorn e sua fortaleza se encontrava perto da nascente à fronteira de Rohan. Freca via o Rei Helm com desprezo e desdém, enquanto Helm desconfiava de Freca e era cauteloso para com ele.

Em 2.754 T.E. Freca tentou intimidar e coagir o Rei Helm para que este aprovasse e consentisse em um casamento arranjado entre Wulf, filho de Freca, e a filha de Helm. Freca marchou para um encontro do Conselho do Rei em Edoras com muitos apoiadores, planejando ameaçar o Rei para que este concordasse com suas demandas. Na discussão que se seguiu Helm atingiu Freca com um simples golpe de seu punho. A pancada foi tão forte que Freca morreu não muito depois. Enfurecidos, os homens de Freca deixaram Edoras e o Rei Helm declarou Wulf e sua linhagem inimigos do Rei.

Quatro anos depois, em 2.758 T.E., uma força combinada de Terrapardenses (sob o comando de Wulf), Corsários de Umbar e Lestenses invadiu Rohan. Helm foi derrotada na batalha dos Vaus de Isen e recuou para o Forte-da-Trombeta no Abismo de Helm (o qual mais tarde recebeu este nome em sua homenagem)

Enquanto Rei Helm e seu filho mais novo Príncipe Háma eram sitiados no Forte-da-Trombeta, um exército de Terrapardenses sob a liderança de Wulf também sitiava Edoras. Príncipe Haleth, primogênito do Rei Helm, liderava a defesa de Edoras. Ele foi o último a cair defendendo as portas para o Salão Dourado.

Logo após o Yule de 2.758 o Príncipe Háma, acompanhado de um pequeno grupo, saiu em busca de comida, mas ele e seus homens se perderam em uma tempestade de neve e nunca mais foram vistos. O Forte-da-Trombeta tinha um enorme chifre-de-guerra e sempre que ele era soprado Helm atacava os Terrapardenses, matando muitos. Os inimigos de Helm começaram a temê-lo durante esta época e acreditavam que ele se tornara tão terrível e feroz que matou muitos de mãos vazias. Acreditava-se que quando ele ficava com fome e não havia comida ele se alimentava de homens.

É dito que o pesar e a fome tornaram Helm ainda mais feroz. Após um dos ataques ao Terrapardenses, Helm não retornou, seu corpo foi descoberto na manhã seguinte congelado na neve, ainda em pé, olhos abertos, preparado para lutar. Isto levou à crença entre os Rohirrim e os Terrapardenses de que mesmo morto o espectro da Helm Mão-de-Martelo ainda vagava por Rohan e defendia o Forte-da-Trombeta. Helm morreu em 2.759 T.E. com a idade de sessenta e oito anos. Os Príncipes Háma e Haleth também morreram durante a guerra, ficando a coroa para seu sobrinho Fréaláf Hildeson, o qual derrotou os Terrapardenses.

Morte de Helm Mão-de-Martelo por MatejCadil

Helm foi chamado Mão-de-Martelo devido à sua grande força e habilidade com seus punhos: ele era conhecido por lutar de mãos vazias. Algumas vezes atribuído à superstição que dizia que “se não usasse nenhuma arma, nenhuma arma o tocaria”.

Um Hobbit Preto N’O Senhor Dos Anéis da Amazon

Na última semana tivemos uma entrevista concedida por um dos atores participantes da série da Amazon, Sir Lenwoth, e como ele falou! Gerando bastante discussão entre o fandom. Hobbits pretos, tribo multicultural de hobbits, forte presença feminina, série durando dez anos… confira:

Sir Lenworth George Henry é um ator, comediante, cantor, apresentador de televisão e escritor britânico. Ele é conhecido por cofundar a instituição de caridade Comic Relief e aparecer em programas de TV, incluindo o programa de entretenimento infantil Tiswas e a sitcom Chef! e The Magicians para a BBC One.  Ele apareceu no BBC Radio 4’s Saturday Live show no dia 9 de outubro, falando sobre sua vida, carreira e participação na série O Senhor dos Anéis que está sendo desenvolvida pela Amazon Prime Video.

Sir Lenworth

Sobre a participação na série ele disse:

“Nos últimos dois anos estive trabalhando n’O Senhor dos Anéis e é algo extraordinário, é o maior show televisivo jamais feito, em termos de dinheiro e pessoas envolvidas. Literalmente centenas de pessoas no set olhando pra você e tentando imaginar como você vai ficar com quatro pés de altura… eu sou um Pé-peludo, porque J. R. R. Tolkien, que também era de Birmingham, de repente haviam hobbits pretos. Eu sou um hobbit preto, é brilhante, e o que é mais notável nesta versão dos livros, é uma prequela à Era que vimos nos filmes, é sobre o começo do Condado e de todo o ambiente de Tolkien, de forma que somos uma população nativa de Pés-peludos, nós somos Hobbit mas chamados de Pés-peludos, somos multiculturais, somos uma tribo e não uma raça, então somos pretos, asiáticos e pardos e mesmo alguns Maori. É um cenário completamente novo de aventuras que semearão algumas das origens de diferentes personagens e levará pelo menos dez anos para ser contada. Por ser baseada no Silmarillion que é um mapa para o que acontecerá a seguir neste mundo na Segunda e Terceira Era.

E os escritores estão se divertindo muito extrapolando tudo isso, e será muito excitante. Existe uma presença feminina muito forte, existirão heroínas nesta evocação da história, e existirão pessoas pequenas como de costume”

Pés-peludos (Harfoots) é uma das três tribos originais de Hobbits, dito terem peles mais escuras que os demais, não terem barba e não usarem sapatos. As outras duas são os Cascalvas (Fallohides) e Grados (Stoors).