Cair Andros

Fortificada por Túrin II, o 23o Regente a governar Gondor, durante o 30o século da Terceira Era, Cair Andros era uma ilha no Rio Anduin logo ao norte da Torre Branca que guardava a entrada para as terras de Gondor e Rohan.
 

Era uma ilha e fortaleza espetacular, modelada como um enorme navio com a alta proa apontando para a nascente do Anduin. A correnteza do Anduin quebrando com violência contra a sua “proa” explica o seu nome, que significa “navio-da-grande-espuma”. Durante a Guerra do Anel, Cair Andros foi ferozmente defendida pelos Homens de Gondor, mas finalmente caiu sob o domínio das forças de Mordor. Entretanto, após a decisiva Batalha dos Campos de Pelennor e a retirada dos exércitos de Sauron, Cair Andros foi retomada por Gondor.

 

Está envolvido com a obra de Tolkien desde 1999 – fundador da Calaquendi, fundador da Valinor, fundador do Conselho Branco (Sociedade Tolkien) e presidente por três mandatos. Participou da publicação em livro do Curso de Quenya e é autor do Modo Tengwar Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *